Planalto teme que votos de Rosa e Fux no TSE influenciem STF

Segunda feira 12 de Junho, por Juliana Ribeiro,//Foto: Fellipe Sampaio / STF

O esforço do governo é controlar o ambiente político para que uma eventual denúncia de Rodrigo Janot seja submetida ao plenário do STF

Apesar da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de  absolve por 4 x 3 chapa e mantém Temer na Presidência,o Palácio do Planalto teme que os votos dos ministros Luiz Fux e Rosa Weber, a favor da punição, influenciem o ambiente no Supremo Tribunal Federal (STF) se a Procuradoria Geral da República oferecer denúncia contra Michel Temer (PMDB). Por isso, o esforço do governo é controlar o ambiente político para que uma eventual ofensiva de Rodrigo Janot seja submetida ao plenário do STF.

A Corte só pode analisar uma denúncia se a Câmara autorizar. Para tanto, é necessário que pelo menos 2/3 dos deputados votem pela apuração. A avaliação da equipe de Temer é que, diferentemente do TSE, não é possível traçar estratégias para garantir vitória e prever resultados no Supremo.

Nas contas do governo, apenas Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, ex-ministro da Justiça do atual governo, são votos tidos como favoráveis ao peemedebista.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas