Senado ignora decisão do Supremo e mantém Aécio na lista de senadores em exercício

Segunda feira 12 de Junho, por Juliana Ribeiro, Foto Divulgação

O nome do tucano ainda permanece no painel de votação e na lista dos senadores em exercício no site da Casa

O Senado Federal descumpre há 20 dias a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) das funções parlamentares. O nome do tucano ainda aparece na lista de senadores em exercício no site da Casa e no painel de votação. De acordo com a Folha, o gabinete de Aécio também tem funcionado normalmente. Se comparecesse a uma sessão, ele estaria apto a votar. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), não se manifestou sobre a questão. A Mesa do Senado ainda não debateu o tema, embora alguns senadores tenham pedido reunião do colegiado a Eunício. Na próxima semana pode haver uma reunião do colegiado sobre o assunto. Na decisão de 17 de maio, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo, determinou que Aécio fosse suspenso das funções parlamentares e de qualquer outra função pública, impedindo-o também de encontrar réus ou investigados e de deixar o país. A assessoria do tucano disse que ele está afastado de suas funções legislativas, conforme decisão de Fachin. Não se sabe ainda se Aécio continuará recebendo sua remuneração de R$ 33.763 e os demais benefícios.


EXÉRCITO ESTÁ ATENTO À CRISE, MAS SEU COMPROMISSO É COM A LEGALIDADE

Segunda feira, 12 de Junho,por Juliana Ribeiro / Foto Divulgação

MILITARES MONITORAM TUDO, MAS USAM COMO ‘ARMA’ A CONSTITUIÇÃO

Os que imaginam os militares ansiosos para retomar o poder, podem desistir da ideia. No Exército, como nas demais forças, prevalece por exemplo o compromisso – reafirmado como mantra pelo comandante, general Villas Bôas – de respeitar a Constituição, a Justiça, a lei e a ordem. E utilizando como “armas” a informação e a inteligência. Impressiona como os atuais generais, em cargos de chefia e comando no QG do Exército, têm clareza de tudo o que ocorre no campo político.

O comando do Exército tem se caracterizado em Brasília pelo diálogo permanente com políticos da esquerda à direita, jornalistas etc. A violência dos protestos preocupa os militares, mas eles se sentiram usados quando chamados para conter o último badernaço de Brasília.

No Exército, muitos se ofenderam com a associação que políticos fizeram entre a presença deles nas ruas à ideia absurda de “golpe”.

Matéria Relacionada

REUNIÃO NO QG DO EXÉRCITO PARA DISCUTIR POLÍTICA INQUIETA O CONGRESSO


Jhully Portela (PMDB) convida a população de Irajuba, para Audiência Pública no Plenário da Câmara Municipal

Segunda feira, 12 de Junho,por Juliana Ribeiro, em Politica Foto -Reprodução Facebook- Matéria atualizada ás 00:02hs

Audiência  Pública, Será realizada nesta (Segunda feira  dia 12 de junho), onde vai debater Projeto de Lei nº 02 do legislativo que Cria premio por desempenho a profissionais da Saúde

A vereadora Jhully Fontana Portela da Silva, de 31 anos (PMDB), a enfermeira e agora política se tornou a segunda mulher eleita no município, para exercer o mandato  e ocupar um cargo político em defesa do povo em Irajuba,  ocupando a segunda colocação na lista dos vereadores eleitos a qual a mesma obteve  281 Votos nas eleições municipais ocorrida em 2016, em seu primeiro mandato a frente no Legislativo Municipal, A vereadora  que faz parte da bancada de oposição ao Atual Gestor Jeronimo Santos (PSD), vem se destacando juntamente com os demais representante  da oposição o qual os mesmos vem realizando seus  trabalhos a fim de fiscalizar a gestão publica e viabilizar ações em pro da população do município de Irajuba.

Jhully Portela, em contato com a redação do blogcafénobule, diz que é de fundamental importância o referido projeto de lei onde a mesma já conta com 04 votos da base aliada e espera contar com o apoio dos vereadores da bancada da situação a fim da aprovação do referido projeto de lei que tramita no legislativo Municipal, Sendo assim  ao mesmo tempo a edil, convida a população de Irajuba, e as autoridades locais, onde no uso de suas atribuições legais, e em concordância com o presidente da casa legislativa, e demais autoridades regionais para participarem da AUDIÊNCIA PÚBLICA  que será realizada no dia 12 de junho (segunda – feira) às 17h00 no Plenário da Câmara Municipal, localizado à Praça Santo Antônio, 136 – Centro, onde será discutido o Projeto de Lei nº 02 do legislativo,do  prêmio por desempenho, que dispõe sobre a criação no município de Irajuba – Ba.

Redação Bcbule

Inscrições para concurso da Embasa terminam nesta segunda

Segunda feira 12 de Junho, por Juliana Ribeiro, Foto Divulgação Matéria atualizada ás 00:01hs

No total, são 600 vagas de nível médio, técnico e superior, com salários que variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31

Serão encerradas às 23h59 dessa segunda-feira (12) as inscrições para o concurso da Embasa, cujas provas objetivas e discursivas acontecem no dia 9 de julho. O certame seria realizado no dia 7 de maio, mas uma notificação do Ministério Público causou o adiamento da seleção e a consequente reabertura das inscrições.

O concurso, que não acontece desde 2015, teve mais de 128.861 inscritos até o encerramento do primeiro prazo de inscrição (5 de abril). No total, são 600 vagas de nível médio, técnico e superior, com salários que variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31. As inscrições devem ser realizadas pela internet, no endereço eletrônico www.ibfc.org.br, até as 23h59min. As provas serão realizadas no dia 9 de julho, nas cidades de Salvador, Barreiras, Feira de Santana e Vitória da Conquista. O valor de inscrição é de R$ 60,00 para as funções de nível médio, R$ 80,00 para as funções de nível técnico e R$ 120,00 para as funções de nível superior.  Informações atualizadas sobre o concurso podem ser consultadas no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

As vagas de nível superior são oferecidas aos profissionais com formação em ciências contábeis; análise de sistemas, processamento de dados, ciência da computação, engenharia de computação ou sistemas de informação; engenharia civil ou engenharia de produção civil; engenharia sanitária ou engenharia sanitária e ambiental; e engenharia elétrica. As vagas de nível médio-técnico são destinadas para técnicos em edificações e técnicos em eletromecânica. Já para o nível médio, há vagas para agente administrativo, agente operacional, assistente de laboratório e operador de processos de água e de esgoto.

EDITAL / PUBLICAÇÕES

“Os candidatos que vierem a ser admitidos farão jus à remuneração, às vantagens e aos benefícios que estiverem vigorando a época das respectivas admissões, nos termos da legislação pertinente e do acordo coletivo de trabalho vigente”, explica a gerente da Unidade de Gestão de Pessoas da Embasa, Cássia Fortuna. O prazo de validade do Concurso será de 6 (seis) meses, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Embasa, ser prorrogado uma vez por igual período, por conveniência administrativa da empresa.

Fonte via Ascom Embasa

GILMAR ATACA SUPOSTAS INVESTIGAÇÕES CONTRA FACHIN (E ELE PRÓPRIO)

Segunda feira 12 de Junho por Juliana Ribeiro em Brasil/STF /Foto: Marcelo Camargo Matéria atualizada ás 00:01hs

MINISTRO REPELE INVESTIGAÇÕES ILEGAIS CONTRA O JUDICIÁRIO

PARA GILMAR MENDES, INVESTIGAÇÕES SÃO ILEGAIS E DEVEM SER COMBATIDAS

Vitória supera Atlético-MG e consegue primeiro triunfo no Brasileirão

Domingo 11 de Julho por Camila Matos/Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

Com gols de Kieza e Neílton, rubro-negro faz valer mando de campo, em volta do Barradão, e conquista primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro

Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

O Vitória, enfim, conquistou seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro bateu o Atlético-MG por 2 a 0, neste domingo (11), no Barradão, e chegou aos quatro pontos. Os gols foram marcados por Kieza e Neilton.

Em seguida o time do  Vitória perde dois Jogadores para o duela contra o Botafogo , já o  técnico Alexandre Gallo,  não poderá contar com dois jogadores para o duelo diante do Botafogo, quarta-feira (14), às 19h30, no Barradão, válido pela sétima rodada do Cameponato Brasileiro. O volante Willian Farias e o atacante Paulinho receberam o terceiro cartão amarelo no triunfo por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, neste domingo (11), dentro de casa. Com isso, Renê Santos e Fillipe Soutto brigam pela vaga de Farias. Já Paulinho é reserva do time.   A equipe comandada pelo técnico Alexandre Gallo tem quatro pontos e ocupa provisoriamente a 18ª posição.  O Vitória se reapresenta na tarde desta segunda (12), de olho no confronto contra o Botafogo.


Em Salvador Ato contra Temer reúne 10 mil no Farol da Barra, diz CUT

Domingo 11 de Julho por Camila Matos/ em Politica / Foto: Divulgação/ CUT-BA

PM não fez estimativa de público; protesto reuniu mais de 20 atrações musicais, como Daniela Mercury, Baiana System e Mano Góes

Cerca de 10 mil pessoas marcaram presença no ato contra o presidente Michel Temer (PMDB), neste domingo (11), no Farol da Barra, em Salvador, de acordo com a Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUT-BA). A Polícia Militar não fez estimativa de público.

O evento, organizado pela Frente Brasil Popular, foi iniciado por volta das 15h20 e contou com apresentações musicais de nomes como Pedro de Rosa Morais, Daniela Mercury, Baiana System, Márcia Castro, Mano Góes, Gerônimo, Zelito Miranda e Márcia Short.

Discursos inflamados, gritos de “Fora Temer” e pedidos de eleições diretas marcaram as manifestações, que contaram ainda com faixas e cartazes de protesto contra o peemedebista, cuja chapa com a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foi inocentada na última sexta-feira (9) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A CUT convoca mais uma greve geral no país para o próximo dia 30 de junho.


SE FOR CANDIDATA, DILMA DEVE SER BARRADA EM 2018

Domingo 11 de Julho por Camila Matos/ em Politica / Agencia Brasil
TSE MANTEVE DIREITOS, MAS ELA FOI CONDENADA EM ÓRGÃO COLEGIADOTSE MANTEVE DIREITOS, MAS ELA FOI CONDENADA EM ÓRGÃO COLEGIADO

Sem definir se fica ou não no governo, PSDB vive crise de identidade

Domingo 11 de Julho por Camila Matos/Foto Reprodução

O dilema sobre continuar ou não apoiando o governo Michel Temer jogou o PSDB na maior crise de sua história, um ano antes de a sigla completar 30 anos. O partido informou que iria se decidir após o julgamento da chapa Dilma/Temer no TSE, ocorrido na última sexta-feira (9) que absolveu os políticos. Se sair da base de apoio de Temer,  a agremiação ganhará a pecha de traidora, já que apoia o presidente desde sua posse interina em 2016.
O PMDB já disse que não apoiará um candidato tucano à Presidência em 2018 se for abandonado agora, e há um fato com que a classe política não contava quando eclodiu a crise da delação da JBS: o cenário em que Temer resiste até o fim do governo. Se ficarem, os tucanos abraçam um Temer infectado pelo vírus da impopularidade, às vésperas de 2018.
De favorito para a sucessão do peemedebista, o PSDB passou a incógnita após ter sua cúpula atingida pela Lava Jato –seu presidente, Aécio Neves (MG), foi afastado do mandato de senador e corre o risco de ser preso. Não é casual que o nome do prefeito paulistano, o novato João Doria, esteja à manga como saída de emergência: sem respingos da Lava Jato, encarnando o “novo” e ligado a um grupo vital no PSDB, o do governador Geraldo Alckmin (SP).
Por sua vez, se sobreviver às citações na Lava Jato, Alckmin se vê candidato, e torce para que Temer fique para evitar a ascensão de um presidenciável já no Planalto. O governador sempre manteve distância do governo, e pode usar isso à frente.O fato de a pressão pelo desembarque ter sido iniciada por parlamentares jovens é reflexo do óbvio: eles terão de enfrentar o eleitor. Aqui e ali ameaçam deixar o partido, mas poucos acreditam em uma debandada, talvez de 10 dos 46 deputados.
Segundo um integrante da cúpula, toda essa incerteza torna imperativo tirar caráter decisório da reunião ampliada que acontecerá na segunda (12) em Brasília, incluindo a Executiva Nacional, congressistas e governadores.
BCbule ;Com informação da Folha de São Paulo 

Eike Batista quer vender lancha avaliada em R$ 20 mi para não pagar manutenção

Domingo 11 de Julho por Camila Matos/Foto Reprodução

A defesa do empresário Eike Batista pediu autorização à Justiça para vender a lancha avaliada em R$ 20 milhões. O pedido foi feito ao juiz Marcelo Bretas. De acordo com a coluna Radar Online, a intenção é encerrar as despesas com manutenção da embarcação. O valor obtido com a venda da lancha será bloqueado. Eike cumpre prisão domiciliar após decisão do ministro Gilmar Mendes, em abril.