Dilma perde apoio da Assembleia de Deus

Quarta, 12 de Agosto de 2015 – 10:17 Fotos: Ichiro Guerra/Divulgação/VEJA

assemblia de DEUS

O Partido Social Cristão (PSC) anunciou a saída da base aliada do governo da presidenta Dilma Rousseff (PT).  O comunicado foi feito ontem na terça-feira (12) pelo líder do partido no Senado, Eduardo Amorim (SE).

O PSC é o braço da igreja Assembleia de Deus no Congresso Nacional, maior segmento evangélico do país, com 12 milhões de fiéis, e o segundo maior do Brasil, atrás da Igreja Católica.

“O partido fez uma convenção recentemente e tomou essa decisão. Já vinhamos fazendo uma oposição de fato, mas vamos continuar fazendo oposição de forma responsável e construtiva”, afirmou o senador.

Amorim disse que o país vive um momento difícil e a população está “sofrendo muito” com a crise no país. “O partido tomou essa decisão pelo caminho equivocado que o governo vem tomando, não só na economia, mas em diversas outras áreas”, afirmou o senador.Na Bahia, o PSC é aliado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).


Suíço coloca fogo na própria Ferrari porque queria modelo mais novo

(Fotos: Reprodução/Polizei) Quarta Feira 12/08/15 as 08:45, Atualizada por Csenna

Um suíço pediu para três amigos colocarem fogo em sua Ferrari 458 Italia, avaliada em 240 mil francos suíços (R$ 855 mil), para pode receber o dinheiro do seguro e, assim, comprar um modelo mais novo do esportivo de luxo.

Suíço coloca fogo na própria Ferrari porque queria modelo mais novo  (Foto: Reprodução/Polizei Augsburg)           Suíço coloca fogo na própria Ferrari porque queria modelo mais novo 

O quarteto foi julgado na última quarta-feira (5) por um tribunal de Augsburgo, na Alemanha. Durante a audiência, o jovem disse que recebia entre 5 mil e 10 mil francos suíços (entre R$ 17,8 mil e R$ 35,6 mil) por mês de mesada de seu pai.

Além disso, ele contou que tinha outros 15 carros de luxo, incluindo um Lamborghini, tudo recebido de presente de seu pai. Mesmo assim, o jovem disse que não estava satisfeito com a Ferrari 458 Italia e queria um modelo mais novo.

Jovem foi multado e pegou 1 ano e10 meses de liberdade condicional (Foto: Reprodução/Polizei Augsburg)

Jovem foi multado e pegou 1 ano e10 meses de liberdade condicional (Foto: Reprodução/Polizei Augsburg)

A promotoria havia pedido um ano e seis meses de prisão para os quatro cúmplices, mas o juiz aplicou uma pena mais leve. O rapaz pegou um ano e dez meses de liberdade condicional, além de multa de 32 mil francos suíços (R$ 114 mil).

Os outros três acusados foram condenados entre 14 e 16 meses de liberdade condicional.

O jovem é filho de um empresário da região de Zurique. Na época do incidente, em 2014, o rapaz pediu ajuda de três cúmplices para fraudar o seguro. O plano, no entanto, não deu certo, pois câmeras de segurança flagraram eles colocando fogo no carro.

Ele contou que tinha sido aconselhado por um vendedor de carros a fraudar o seguro. Ele arquitetou um plano com os amigos para atear fogo em seu carro, mas, achando que não seria descoberto, ele decidiu fazer isso após cruzar a fronteira com Alemanha. Fonte Mataria do Do G1, em São Paulo


Pela 1ª vez, Feirão do Nome Limpo será realizado no interior baiano

Quarta, 12 de Agosto de 2015 – 08:18 Por Csenna Pela 1ª vez, Feirão do Nome Limpo será realizado no interior baiano
Foto: Divulgação
Consumidores inadimplentes do interior da Bahia terão a chance, pela primeira vez, de participar do Feirão do Nome Limpo e do TJ Concilia, que permite a renegociação de dívidas e conciliações judiciais. Organizados pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL), o evento ocorrerá a partir de setembro em Salvador, Vitória da Conquista e Feira de Santana. Os locais e as empresas participantes ainda não foram confirmados. A estimativa é de que 57 milhões de brasileiros estão com o nome sujo e, segundo o presidente da FCDL-BA, Antoine Tawil, o período antes do Natal é o melhor para a regularização. “Este ano mais uma vez estamos nos empenhando  em trazer para o evento grandes bancos e financeiras, e os fornecedores de energia e água para poder, mais uma vez, ajudar o comércio em vésperas de dezembro. É preciso devolver essas pessoas em situação de inadimplência ao mercado”, afirma Tawil. Segundo o A Tarde, o TJ Concilia e o Feirão do Nome Limpo estão previstos para os dias 23 a 25 de setembro, em Vitória da Conquista; 21 a 23 de outubro, em Feira de Santana; e 23 a 27 de novembro, em Salvador

Festival de Inverno Bahia: “Skol up Bar”, estrutura de bar sustentada por um guindaste

12 de agosto de 2015, 06:57  reproduzido por Csenna – Foto Materia Blog Anderson

DSC_0980

Uma estrutura de bar montada à cerca de 30 metros de altura, sustentada por um guindaste, será uma das sensações do Festival de Inverno da Bahia. A ação é promovida pela cerveja Skol máster do evento. O Skol up Bar foi apresentado na tarde desta terça-feira (11), em primeira mão, aos jornalistas e formadores de opinião de Vitória da Conquista

ober bar b anderson

Os comunicadores puderam subir e ver a cidade através de um ângulo diferenciado. Durante o Festival, o equipamento proporcionará uma visão especial do palco. A 11ª edição do Festival de Inverno da Bahia acontece nos dias 28, 29 e 30 de agosto, no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista.Fonte Blog do Anderson


“Governador ainda não disse pra que veio, apenas cobre rombo deixado pela gestão anterior”, diz Leur Jr.

Quarta Feira, 12 de Agosto de 2015, as 06:47- Reproduzido por Csenna

leur jr

As falhas do governo Rui Costa (PT), junto à ausência de perspectivas para a concretização de grandes obras no estado, como a Ponte Salvador – Itaparica, os novos aeroportos nas cidades do interior, além das instalações como a Jac Motors, que viraram apenas promessas foram citadas pelo deputado estadual Leur Lomanto Jr. (PMDB), ontem à noite, durante entrevista concedida a rádio Tudo FM. O peemedebista analisou os oito meses da gestão e deu destaque a falta de investimento no combate a violência no estado, além das intervenções paralisadas. Segundo ele, o governo anterior deixou lacunas de planejamento, além de um rombo financeiro que impacta na administração atual.

“O governador ainda não disse pra que veio, tentando cobrir o rombo deixado pela gestão anterior. Em 2014 para ganharem a eleição liberaram convênios para prefeitos, investiram absurdamente em propaganda, quebrando o estado”, disparou.

O deputado disse que “não vai faltar pressão” para que a CPI das obras paralisadas seja instalada na Assembleia Legislativa. A população precisa saber para onde foram as verbas, e porque tantas obras no estado estão paradas. Somente nos estudos da ponte Salvador-Itaparica foram R$ 90 milhões. Cadê as dezenas de escolas em todo o estado que tiveram as ordens de serviço lançadas em 2013 e inicio de 2014 e até hoje não foram entregues? E os hospitais como o de Seabra e o de Jequié que o governador prometeu entregar no primeiro semestre deste ano ? questionou.

Leur Jr. lembrou o atraso de R$200 milhões em repasses às construtoras, recursos oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb) que teriam sido desviados e não aplicados na melhoria da educação do estado. fonte Tudo Fm/Via Blog parceiro Jr Mascote !


Articulação política mira atração de Suíca para base de ACM Neto em Sa

Quarta, 12 de Agosto de 2015 – 06: 32 reproduzido  por Csenna
Articulação política mira atração de Suíca para base de ACM Neto em Salvador

Foto: Divulgação
Após o retorno de Kiki Bispo e Beca para a base aliada do prefeito ACM Neto, articuladores do gestor devem mirar mais um petista, o vereador Suíca. Segundo interlocutores do prefeito, a ideia é aproveitar o momento em que Suíca está “muito magoado, chateado e doído” com o governo do estado – o Sindilimp, controlado pelo vereador, está com entreveros com a gestão de Rui Costa depois de sucessivos problemas de pagamento de terceirizados nos diversos órgãos estaduais. No último dia 25, os dirigentes sindicais Ana Angélica Rabelo e Edson Conceição foram presos durante o protesto no centro da capital baiana, o que ampliou a tensão entre Suíca e o governo estadual. Dentro do PT, no entanto, não é considerada a hipótese de saída do vereador do partido, a exemplo do que aconteceu com Henrique Carballal e J. Carlos Filho. A rusga de Suíca é tratada como pontual e tendo como direcionamento o governo, não o partido. Porém, é baseada nessa animosidade que a articulação política do prefeito tentará atrair o petista 

Governo deve perder mais aliados por paralisia e falta de articulação, diz oposição

Terça, 12 de Agosto de 2015 – 06:27  por CsennaGoverno deve perder mais aliados por paralisia e falta de articulação, diz oposição
Foto: Divulgação
O deputado estadual Pablo Barrozo (DEM) afirmou que até as eleições de 2016 o governo deve perder mais aliados por falta de articulação política e paralisia no interior. A declaração do oposicionista vem depois que os vereadores de Salvador Kiki Bispo e Beca saírem do PTN e retornarem à base do prefeito ACM Neto (DEM). “A estratégia do governo do estado de priorizar as obras em Salvador com recursos da gestão passada não está dando certo. Primeiro porque a aprovação do prefeito ACM Neto cresce a cada dia e a população reconhece o trabalho na capital. E segundo porque esse é um governo que não tem articulação política e que faz propaganda com ações que não são novas”, criticou Barrozo. Segundo o democrata, até o final de setembro o PT deve perder ainda mais aliados. “Os deputados reclamam que não existem obras no interior, que está tudo paralisado porque o governador está obcecado com as eleições em Salvador. Acredito que a debandada vai ser ainda maior”, especulou.fonte assessoria Alba

Dilma atua para recompor base de apoio na Câmara

Terça Feira 11 de agosto de 2015, por csenna,    ás 21:33      Foto Reprodução:

A presidente Dilma Rousseff começou a atuar para recompor sua base na Câmara, após dois partidos, o PDT e o PTB, anunciarem rompimento; nesta terça (11), ela se reuniu com o presidente do PDT, Carlos Lupi, e com o líder do partido na Câmara, André Figueiredo, e pediu que a legenda volte a compor a base aliada do governo, sinalizando, inclusive, que a bancada da sigla poderá indicar um novo nome para o Ministério do Trabalho, pasta atualmente gerida por Manoel Dias; o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes, também se encontrará com a presidente e ouvirá dela o pedido para que o partido volte à base aliada; a sigla comanda o Ministério do Desenvolvimento Econômico, com Armando Monteiro ; Dilma se reunirá ainda com líderes do PRB e PSD, siglas cuja parte das bancadas têm votado contra o governo. fonte 247


Após denúncia de ameaças, Argolo estuda delação premiada na Lava Jato

Por Marivaldo Filho  – Via Csenna , matéria reproduzida do Boção News

O Bocão News noticiou, com exclusividade, o depoimento do publicitário Aricarlos Nascimento, que trabalhou o ex-deputado Luiz Argolo, e afirmou, em juízo, que foi ameaçado pelo deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP-BA). Após tomar conhecimento do depoimento da testemunha, Argolo estuda a possibilidade de propor uma delação premiada nas investigações da Lava Jato.

“Ele [Mário Negromonte Jr.] me disse que se Luiz ficasse pianinho, quietinho, assim que ele saísse de Curitiba, ele logo, logo seria ajudado para ter um retorno breve à vida política. Mas se não tivesse já sabia o destino do delator”, afirmou a testemunha em documento obtido pelo Bocão News.

Na semana passada, os advogados de Argolo foram ao Ministério Público Federal e, de acordo com informações da Folha de S. Paulo, os promotores sinalizaram positivamente para a possibilidade para o ex-parlamentar preso na Operação Lava Jato desde abril deste ano. A reportagem do Bocão News tentou contato com o deputado Mário Negromonte Júnior, mas as ligações não foram atendidas.


Controladoria lança novo programa de fiscalização dos recursos públicos federais

, as 19:36, por Csenna

cgu

A Controladoria-Geral da União (CGU) lançou, no dia  (10/08), o Programa de Fiscalização em Entes Federativos. A iniciativa utilizará uma nova metodologia (matriz de vulnerabilidade) para selecionar as unidades da Federação (Estados, Municípios e Distrito Federal) que serão avaliadas quanto à aplicação dos recursos transferidos pela União. A primeira edição do Programa, que contempla a fiscalização de 45 municípios (ver lista), começa hoje e será realizada durante o segundo semestre de 2015.Fonte CGU