Festival de Jazz do Capão une sustentabilidade e boa música no coração da Chapada Diamantina

| FOTO: Divulgação/Festival de Jazz do Capão |
festival-de-jazz Capão
O Festival de Jazz do Capão, um dos eventos musicais mais aguardados na Bahia, é gratuito e tem como mote integrar amantes do jazz a diversas atrações musicais nacionais e locais no recanto ecológico do Vale do Capão, distrito de Palmeiras, na Chapada Diamantina. Este ano o festival acontece nos dias 18 e 19 de setembro. A programação ainda não foi divulgada, mas sairá em breve. No momento, os organizadores do evento estão em diálogo com a comunidade do Vale do Capão para juntos garantirem uma festa harmoniosa e produtiva para a natureza da região. Esse tipo de iniciativa, na percepção do diretor artístico do evento, Rowney Scott, sinaliza para a possibilidade de um desenvolvimento sustentável para a Chapada, com “eventos qualificados, que façam circular cultura e educação, atraindo um público qualificado, amante da arte e da natureza”.
Evento ocorre nos dias 18 e 19 de setembro no Vale do Capão, na Chapada Diamantina

FOTO: Divulgação/Festival de Jazz do Capão |

foto 1

Esta é a quinta edição do Festival de Jazz do Capão, que acontece nos dias 18 e 19 de setembro

Além de boa música e boa produção, o Festival é também um evento conscientizador da necessidade de preservar a natureza

Em nota divulgada nas redes sociais, os organizadores do evento recomendam a todos interessados em ir para o Festival de Jazz, que evitem o uso do automóvel, se locomovendo de ônibus até o Capão, ou ainda, compartilhando os veículos. Evento totalmente gratuito, o festival se empenha na promoção de campanhas que garantam não só o mínimo impacto ambiental do evento, como também a conscientização do público para a necessidade de preservação da natureza e respeito à cultura local.

Cmo chegar
O Vale do Capão está a aproximadamente 470km de Salvador, a 70 km de Lençóis e a 18 Km (em estrada de terra) da cidade de Palmeiras, Chapada Diamantina. Recomendamos que você venha ao Festival de ônibus, mas se preferir utilizar o seu carro, sugerimos viajar em grupo com seus amigos, para diminuir o impacto ambiental no Capão, que fica na porta de entrada do Parque Nacional da Chapada Diamantina (Parna).Fonte JChapada.


Antônio Carlos Magalhães será homenageado no Centro Administrativo de Salvador

Foto: Geraldo Magela / Agência Senado      por Csenna     Quinta, 30 de Julho de 2015 – 09:10
acm senado
O ex-senador Antônio Carlos Magalhães prestará o seu nome ao futuro Centro Administrativo de Salvador, de acordo com projeto de lei de autoria do vereador Leo Prates (DEM), aprovado na Câmara Municipal de Salvador nesta quarta-feira (29). O Centro se chamará Prefeito Antônio Carlos Peixoto de Magalhães em homenagem à sua gestão na prefeitura de Salvador, entre 1967 e 1970. O centro administrativo faz parte do planejamento do prefeito ACM Neto (DEM) para modernizar a gestão da cidade. Bn

Governador Rui Costa tem aprovação de 57,1%, diz pesquisa

Quinta, 30 de Julho de 2015 – 08:55
Foto: Divulgação
A gestão do governador Rui Costa (PT) é aprovada por 57,1% do eleitorado baiano, apontou levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta quinta-feira (30). O estudo entrevistou 1.284 pessoas de 68 municípios do estado, espalhados por sete regiões, e é o primeiro deste que o petista assumiu o cargo há sete meses. A pesquisa aponta ainda que 36,7% avaliam a gestão negativamente, enquanto 6,4% não responderam, e que há uma impressão de descolamento entre Rui Costa e a presidente Dilma Rousseff (PT). Entre os baianos, a presidente foi bem avaliada por apenas 13,2%, enquanto o índice de reprovação foi de 84,4%. O instituto também questionou aos entrevistados se achavam a atuação de Rui Costa acima, abaixo ou dentro do que esperavam de seu governo. A maioria (55%) considerou sua performance dentro do imaginado, quando o resto se dividiu entre pior (19,7%) e melhor (18,6%). Os resultados mostram ainda que o governo estadual é melhor avaliado entre o eleitorado masculino e entre as idades de 45 e 59 anos. O levantamento mostra ainda que, de forma espontânea, a maioria dos baianos vê a saúde como o maior problema do estado. Ao todo, 35,1% dos ouvidos citou a área, seguida por segurança pública (22,6%), desemprego (14,3%) e corrupção (9,3%). A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 26 de julho. O Paraná Pesquisas já havia divulgado, nesta quarta (29), um levantamento sobre a aprovação da gestão do prefeito ACM Neto em Salvador

BC sobe juro para 14,25% ao ano e indica manutenção no futuro

Alexandro Martello Do G1,    em Brasília –  Atualizado em 29/07/2015 21h04 – por Csenna

BC sobe juro para 14,25% ao ano e indica manutenção no futuroInflação está pressionada por tarifas e dólar alto, apesar de atividade fraca.Após polêmica com Serra, diretor do BC opta por não participar da reunião.

  Copom taxa de juros Selic 14,25% (Foto: Editoria de Arte/G1)

Os juros básicos da economia brasileira subiram de 13,75% para 14,25% ao ano, um novo aumento de 0,50 ponto percentual, segundo decisão tomada nesta quarta-feira (29) pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Foi a sétima elevação seguida da taxa Selic, que atingiu o maior patamar desde julho de 2006, ou seja, em nove anos – quando estava em 14,75% ao ano.

Ao mesmo tempo, a autoridade monetária também indicou que os juros devem permanecer neste patamar nos próximos meses. “O Comitê entende que a manutenção desse patamar da taxa básica de juros, por período suficientemente prolongado, é necessária para a convergência da inflação para a meta no final de 2016”, informou a instituição, em comunicado à imprensa.

Com uma taxa mais alta de juros, o Banco Central tenta controlar o crédito e o consumo, atuando assim para segurar a inflação, que tem mostrado resistência neste ano. Por outro lado, ao tornar o crédito e o investimento mais caros, os juros elevados prejudicam o nível de atividade da economia brasileira e, também, a geração de empregos.


O Galo canta, vai Corinthians !

Atlético vence São Paulo por 3 a 1 e dispara na liderança do Brasileirão (Reprodução / SporTV)

NO MINEIRÃO

                       Atlético vence São Paulo por 3 a 1 e dispara na liderança do Brasileirão

Lucas Pratto fez os três gols do time mineiro.

Tigres e River Plate empatam sem gols no México no 1º jogo da final (Christian Palma / AP Photo)

DECISÃO DA LIBERTADORES

                                 Tigres e River Plate empatam sem gols no México no 1º jogo da final

Argentinos decidirão título em Buenos Aires.


Padilha diz que Dilma vetará reajuste a aposentados que ganham acima do mínimo

Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil       por Csenna,  Quarta, 29 de Julho de 2015 – 21:10
Padilha diz que Dilma vetará reajuste a aposentados que ganham acima do mínimo

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, confirmou nesta quarta-feira (29) que a presidente Dilma Rousseff vai vetar o reajuste aos aposentados que ganham acima do mínimo, aprovado pelo Congresso, no início do mês de julho. Um dos responsáveis pela articulação política do governo, o ministro Eliseu Padilha disse que “esta conta é impagável” e “a solução é vetar”. “Não tem outra saída”, emendou. Hoje vence o prazo para a presidente Dilma Rousseff decidir o que fazer com o projeto que, originalmente, pretendia apenas prorrogar até 2019 a política de valorização do salário mínimo. No entanto, os deputados estenderam, na Câmara, o mesmo reajuste, acima da inflação, também para as aposentadoria, pensões e benefícios pagos pela Previdência a quem ganha acima do mínimo. No Senado, o texto que promovia recuperação do mínimo e que reajustava as demais aposentadorias foram separados, permitindo que a presidente Dilma Rousseff vetasse apenas a parte que o Planalto considera “insustentável” para as contas públicas. Nesta quarta, Dilma vetará esta parte que estende para todos os aposentados o cálculo da mesma reposição do mínimo. O gasto estimado pela Previdência é de R$ 9,2 bilhões extras por ano.

Sandro Régis diz que gestão de excelência consagra ACM Neto

Por/ Samuelita S.Santana     Quarta 29 de julho 2015 ás 20:19             Foto Reprodução SANDRO                                                                       Dep Sandro Regis ( Dem)

A aprovação do prefeito ACM Neto (DEM) por 82% da população de Salvador é resultado de uma gestão de excelência, comprometida com a qualidade de vida da comunidade e com a aplicação responsável dos recursos públicos. Essa é a opinião do líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis (DEM) que parabenizou o prefeito pelo resultado da pesquisa divulgada nesta terça-feira, 28, pelo Instituto Paraná e também aos soteropolitanos pelo reconhecimento a um trabalho que vem sendo apontado como sério e eficiente. Sandro Régis lembrou que por dois anos consecutivos ACM Neto foi eleito o Melhor Prefeito do país, o que torna, segundo ele, inquestionável a sua competência administrativa. ” Enquanto ACM Neto consagra a sua eficácia e popularidade na Bahia, mais de 70% dos brasileiros desaprovam o governo do PT e lamentam a desastrada gestão de Dilma Rousseff que afunda o país numa crise econômica, política e moral sem precedentes”, comparou o democrata. Fonte Comunicação   LIDERANÇA DA OPOSIÇÃO / MINORIA


ACM Neto bate Wagner, Pinheiro, Pelegrino, Alice e Lídice, aponta pesquisa

Foto reprodução/                           por csenna quarta  29 de julho de 2015 ás 08:46

ACM-Neto-25

Se a eleição fosse hoje, o prefeito ACM Neto (DEM) venceria qualquer um que tentasse tomar das suas mãos a chave do Palácio Thomé de Souza. Levantamento do Instituto Paraná Pesquisa, divulgado nesta quarta-feira (29) pelo jornal Correio 24 Horas mostra que o gestor soteropolitano seria reeleito com uma ampla vantagem aos principais nomes que já foram ventilados em uma possível disputa nas eleições de 2016.

Conforme pesquisa, em um cenário em que os adversários do democrata fossem o ex-governador Jaques Wagner (PT), a senadora Lídice da Mata (PSB) e a deputada federal Alice Portugal (PcdoB), ACM Neto venceria o pleito com 61,5% dos votos. Wagner marca 11,8%, Lídice 9,3% e Alice 4,4%.

Em um segundo cenário, com o secretário Nelson Pelegrino (PT), com Alice e com Antonio Brito (PTB), ACM Neto crava 66,6%. Pelegrino marcou 10,6%, Alice 7% e Brito 2%. No terceiro cenário, com o senador Walter Pinheiro (PT), Neto mantém o índice com 66%. Lídice marca 10,6%, Alice 5,4% e Pinheiro 3,9%.

Na espontânea, quando não são divulgados os candidatos, segundo a Paraná Pesquisa, ACM Neto é o mais lembrado, com 27,1%, Pelegrino aparece com 0,9%, Lídice 0,6%, Alice 0,5%, Pinheiro 0,4% e Brito 0,3%. “Não sabem” o índice é de 61,9% e em “Ninguém” e de 7,3%.


Em caso de impeachment da Dilma, como seria o “governo Temer”?

Foto aquivo Gov/DF                          por: CsennaTerça, 28 de Julho de 2015  as 23:20

DF - DILMA/DESFILE - POLÍTICA - A presidente Dilma Roussef e o vice Michel Temer durante o desfile do Dia da Pátria, na Esplanada dos   Ministérios, em Brasília.    07/09/2014 - Foto: ED FERREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
Presidente Dilma Roussef e o vice Michel Temer

Uma reportagem de Mario Simas Filho e Josie Jeronimo, na edição desta semana da revista “Isto É”, revela especulações de bastidores para um eventual governo de Michel Temer. Trechos a seguir, já voltamos:

“Enquanto tenta promover a articulação política do governo, na condição de principal líder do PMDB, Temer trabalha para apresentar ao País uma nova alternativa de poder, uma vez que já anunciou que a legenda pretende ter candidato próprio em 2018. Sob seu comando, o programa nacional do partido que vai ao ar em cadeia de rádio e tevê no dia 28 de setembro irá repetir o slogan “não são as estrelas que me guiam, são as escolhas que vão me levar” e em seguida dirá: “As escolhas falam por nós”. Na prática, uma espécie de declaração de independência em relação ao PT. Nada impede, porém, que a separação, a princípio marcada para 2018, seja antecipada. (…) Temer recebeu 77 parlamentares, acomodados nos intervalos das agendas com governadores, empresários e representantes do Judiciário. A muitos deles, o vice tem dito que, caso o governo se inviabilize politicamente, não será ao lado de Cunha e Renan que ele buscará a recomposição nacional. Ele pretende aglutinar quadros como o ex-senador Pedro Simon, os ex-ministros do STF Carlos Ayres Brito e Joaquim Barbosa, e o empresário Josué Gomes, filho do ex-vice-presidente José Alencar. “Em nenhum instante ele fala em impeachment, mas deixa muito claro que caso venha a governar, seja agora ou em 2018, pretende fazer um governo que não fique refém de Cunha ou de Renan”, disse na manhã da quinta-feira 23 um dos interlocutores do vice-presidente. (grifos nossos)

Havendo impeachment de Dilma Rousseff, e a depender do cenário, de fato quem assume o governo é Michel Temer, atualmente Vice-Presidente – daí a importância até mesmo fundamental de saber como seria um eventual governo tocado por ele.

Claro que o alcance midiático de alguns nomes serve para reforçar ainda mais as especulações. Joaquim Barbosa aceitaria? Parece difícil. Mas sinalizar um convite, assim dessa forma, é algo que acentua ainda mais a boataria sobre a queda da Presidente.Fonte Isto é


Nilo afirma que ACM Neto não tem oposição em Salvador

Foto /Reprodução                              por CsennaTerça, 28 de Julho de 2015  as 22;24NMacelo

Pela análise do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PDT), o prefeito ACM Neto (DEM) nada de braçada frente a sua oposição em Salvador, principalmente com o foco na Câmara de Vereadores de Salvador. “Quando você joga sem adversário você faz gol toda hora”. Essa foi uma das frases utilizadas pelo deputado para exemplificar a situação.  Em entrevista no estúdio do Bocão News, o ainda pedetista afirmou que a ala opositora do chefe do Palácio Thomé de Souza é “ligth”.

“ACM Neto não tem oposição, é muito light. Na Assembleia, por exemplo, Rui Costa tem uma oposição muito aguerrida. Toda hora é crítica, é discurso e isso eu não vejo na Câmara. Não vejam isso como uma crítica a vereador, pois não sou parlamentar municipal, mas reconheço que Neto está jogando muito solto”, afirmou.

Nilo ainda exemplificou um caso que poderia ter sido abordado pelos opositores e passou despercebido.  “Eu vi nos noticiários que tivemos algumas escolas em Salvador que tiveram o início das aulas atrasadas por conta de obras e reajustes e isso, com certeza, se tornaria uma crítica política. A televisão colocou como algo positivo, pois ele entregou novos materiais, mas não noticiou com muita eficácia que houve atraso”, disse.

O presidente do legislativo baiano ainda mencionou aqueles que ele considera bons vereadores. “Temos bons parlamentares, a exemplo de Edvaldo Brito, Waldir Pires, Gilmar, Suíca… são bons, mas não vejo criticas construtivas, determinadas, participativas contra Neto”, discorreu.

O fato de familiares de ACM Neto ter uma rede de comunicação soa a Marcelo Nilo como algo favorável ao democrata que deve concorrer à reeleição a prefeitura de Salvador