Neto provoca Rui por ausência a debate: ‘Parece que ficou com medo’

Quinta feira, 04 de Setembro, por Matheus Morais / Rayllanna Lima / Romulo Faro

“O debate de ontem foi tão claro que Rui Costa me parece que ficou com medo e não vai mais para o último debate”, disse o democrata

Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Em entrevista coletiva na noite desta quarta-feira (3), na cerimônia de entrega de uma praça no bairro Vila Canária, o prefeito ACM Neto (DEM) ironizou a ausência do governador candidato à reeleição, Rui Costa (PT), ao debate da TV Aratu (SBT) marcado para as 11h de quinta-feira (4).

“Zé Ronaldo foi tão superior no debate (da TV Bahia, na terça-feira, 2) que Rui Costa já anunciou que nem vai para o debate de amanhã. Pela primeira vez ficaram claras as fragilidades do governador. Como é fácil entrar em campo e não ter adversário. Você ganha por W.O. Até hoje o que nós tínhamos era a propaganda do governo. O debate é o momento mais importante para fazer o confronto. O debate de ontem foi tão claro que Rui Costa me parece que ficou com medo e não vai mais para o último debate”, provocou ACM Neto.

O líder democrata ainda acredita na virada de seu candidato nesta última semana de campanha. “Ninguém vai assumir derrota de véspera e nem deve cantar vitória de véspera, porque muita coisa pode acontecer até dia 7 de outubro”.


Bahia vence Botafogo nos pênaltis e faz história na Sul-Americana

Quinta feira, 04 de Setembro por Juliana Ribeiro em Esportes

Tricolor conquistou vaga nas quartas da competição após ser derrotado por 2 a 1 no tempo normal e contar com brilho do goleiro Douglas nas penalidades

Reprodução: TV Bahia
Reprodução: TV Bahia

Foi no sufoco, mas o grito tricolor prevaleceu. Após ser derrotado pelo mesmo placar pelo qual venceu o jogo de volta, 2 a 1, o Bahia derrotou o Botafogo nos pênaltis e conquistou a histórica vaga para as quartas-de-final da Sul-Americana pela primeira vez na sua história.

Em partida muito movimentada, o Botafogo abriu o placar com gol de Rodrigo Pimpão aos 26′ e viu o tricolor empatar com Edigar Junio aos 33′. Aos 40′, Luiz Fernando fez o segundo gol da equipe carioca e deu números finais ao placar graças as intervenções do goleiro Douglas, que garantiu o Bahia na disputa por pênaltis.

Nas penalidades, a estrela de Douglas brilhou ao pegar dois pênaltis, de  Marcinho e Moisés, e acertar o canto de cinco das seis cobranças. Pelo lado do Bahia, Gilberto, Zé Rafael, Allione e Nílton acertaram enquanto Jackson errou. Nas alternadas, coube à Flávio bater o pênalti da classificação.

O Bahia enfrentará o Atlético Paranaense nas quartas de final da competição com datas e ordem dos mandos a definir.


Mais de 60% dos eleitores de Marina e metade dos de Alckmin pensam em mudar o voto

Quarta, 03 de Outubro por Juliana Ribeiro
Mais de 60% dos eleitores de Marina e metade dos de Alckmin pensam em mudar o voto

Foto: Reprodução / GGN

Cerca de 48% dos eleitores de Geraldo Alckmin (PSDB) e 62% dos eleitores de Marina Silva (Rede) pensam em mudar seu voto. De acordo com os dados da pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (3), os eleitores de Ciro Gomes (PDT) também não estão tão convictos: 43% cogitam trocá-lo.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo,  26% do índice de eleitores de Ciro Gomes cogitam votar em Fernando Haddad (PT). Já 20% dos eleitores de Marina também vêm Haddad como uma segunda opção; 21% dos eleitores de Alckmin pensam em votar em Marina Silva e 20% em Jair Bolsonaro (PSL). O estudo apontou que, atualmente, Ciro Gomes tem 11% da preferência do eleitorado; Alckmin, 9% e Marina, 4%. Os três estão empatados tecnicamente.

A segunda opção preferida entre homens é Ciro Gomes e entre mulheres, Geraldo Alckmin. Fernando Haddad é a segunda opção mais cogitada entre pessoas até 24 anos e Jair Bolsonaro, entre aquelas com mais de 60 anos. Os eleitores mais convictos são os que declararam voto em Jair Bolsonaro (84%) e Fernando Haddad (82%).

A pesquisa ouviu 3.240 pessoas em 225 cidades no dia 2 de outubro. Registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-03147/2018, a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e a chance da pesquisa de retratar a realidade brasileira é de 95%.


ACM Neto nega boicote à campanha de Zé Ronaldo

Quarta feira, 03 de Setembro por Juliana Ribeiro

“Não procede. Que fique claro. Não existe isso de forma alguma”, respondeu o líder democrata a questionamento do bahia.ba

Matheus Morais / Rayllanna Lima / Romulo Faro
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Presidente nacional do Democratas, o prefeito de Salvador, ACM Neto, negou na noite desta quarta-feira (3) que tenha ‘abandonado’ a campanha de seu correligionário Zé Ronaldo na disputa pelo governo da Bahia.

“Li isso agora há pouco em alguns sites. Não procede. Que fique claro. Não existe isso de forma alguma. Eu tenho que conciliar minha agenda administrativa com minha agenda política. Amanhã teremos também agenda administrativa e à noite eu vou ao Rio de Janeiro acompanhar o debate ao lado de Geraldo Alckmin. Sexta e sábado eu estarei com minha agenda política toda aqui. Portanto, sigo normalmente na campanha, conforme havia sido traçado o planejamento. Não voto em quem não acredito. Continuo acreditando que Zé Ronaldo é o melhor para a Bahia e vou firme nesse propósito”, respondeu ACM Neto a questionamento do bahia.ba, na chegada para cerimônia de entrega da Praça Inêz Santos Lima, no bairro Vila Canária.

Ele reiterou que ficou “surpreendido” com a declaração de apoio de Zé Ronaldo ao candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, contrariando a aliança de seu partido com Geraldo Alckmin, do PSDB. “Eu ontem fui surpreendido com a declaração de José Ronaldo. Ele não combinou isso comigo. Nós não tínhamos nenhum conhecimento a respeito dessa decisão dele. Eu não concordo com a decisão dele. Tenho que ser claro. Democratas tem que ter outro pensamento”.

ACM Neto admitiu a dificuldade de Alckmin na disputa pelo Planalto, mas reafirmou apoio do DEM até o fim. “Quando apoiamos o Geraldo, sabíamos que não seria fácil a eleição com ele. Talvez fosse mais fácil apoiar outro candidato. Continuo tendo certeza que Geraldo é o quadro mais preparado dos candidatos que nós temos para presidir o Brasil diante do cenário que nós temos hoje. Pode ser que a maioria dos eleitores não pensem igual a mim, e eu tenho que respeitar. Sou acima de tudo democrata. Nem sempre eu vou estar do lado da maioria, às vezes estarei do lado da minoria”.


Apesar de ter direito, Lula é impedido pela Justiça Eleitoral de votar no próximo domingo

Quarta, 03 de Outubro por Juliana Ribeiro
Apesar de ter direito, Lula é impedido pela Justiça Eleitoral de votar no próximo domingo

Foto: Paulo Pinto

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) negou um recurso apresentado pela defesa de Luiz Inácio Lula da Silva para que o ex-presidente possa votar no próximo domingo (7). O ex-presidente está preso em Curitiba desde 7 de abril. A legislação eleitoral permite aos presos o direito ao voto, mas são necessários 20 presos para que uma urna eletrônica seja instalada no local.

A Polícia Federal não informa quantos reclusos desejam votar na carceragem de Curitiba, onde Lula está custodiado. Na decisão do juiz eleitoral Jean Leeck é dito que o ex-presidente tem direito a votar, mas não tem como realizar o deslocamento dele até a zona eleitoral. Diz ainda que não compete a Justiça Eleitoral a restrição da “sua liberdade de ir e vir”. O próprio TRE-PR já havia negado, no dia 19 de setembro, pedido do petista para poder votar. Na decisão, o presidente do tribunal Luiz Taro Oyama alegou que alguns requisitos tinham de ser cumpridos, entre eles haver no mínimo 20 eleitores aptos a votar no local.


Eleitores de Bolsonaro são os que mais usam redes sociais para se informar, aponta Datafolha

Quarta, 03 de Outubro de 2018 – 09:40

Eleitores do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, são os que mais utilizam as redes sociais como meio de informação entre os quatro mais bem posicionados nas pesquisas, segundo levantamento do instituto Datafolha, divulgado nesta terça-feira (2).

De acordo com a pesquisa, 81% dos eleitores de Bolsonaro têm perfis em redes sociais. Nesse quesito, o capitão só perderia para João Amoêdo (Novo), que tem 96% dos seus eleitores cadastrados nessas plataformas. Ciro Gomes (PDT), tem 72%; Fernando Haddad (PT), 58%; e Geraldo Alckmin (PSDB), 53%.

Entre os eleitores de Bolsonaro, 61% dizem ler notícias no WhatsApp, e 40% afirmam compartilhar notícias de política na plataforma. Com Ciro, são 46% e 22%, respectivamente; Haddad, 38% e 22%; e Alckmin, 31% e 13%.

No Facebook, 57% dos eleitores do candidato do PSL dizem que leem informações sobre o assunto e 31% compartilham conteúdo político. Para Ciro, são 50% e 22%, respectivamente. Haddad, 40% e 21%; e Alckmin, 31% e 14%.


Big Data: Rui Costa ,Crava 57% e José Ronaldo 16% na corrida ao Palácio de Ondina

Marcos Mendes (Psol) tem 3% e supera João Santana (MDB) e João Henrique (PRTB), em patados com 1%; Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO) somam juntos 1%

Fotos: Divulgação/ bahia.ba/ Edição bahia.ba
Fotos: Secom/ bahia.ba/ Edição bahia.ba

Mais uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (3), encomendada pela RecordTV Itapoan ao Instituto Real Time Big Data, aponta a reeleição do governador Rui Costa (PT) ainda no primeiro turno com 57% dos votos.

O candidato do Democratas, José Ronaldo, que surpreendeu até o prefeito de Salvador ACM Neto ao declarar voto em Jair Bolsonaro para presidente, durante o debate da TV Bahia, manteve os 16% apresentados no último levantamento.

Marcos Mendes (Psol) tem 3% e supera João Santana (MDB) e João Henrique (PRTB), em patados com 1%; Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO) somam juntos 1%. Brancos e nulos representam 13% e indecisos são 8%.

O instituto Real Time Big Data ouviu 1.200 eleitores na terça (2) em entrevistas por telefone. A pesquisa foi registrada no número BA-01122/2018 no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3% para mais ou para menos.


Rui Costa se surpreende com apoio explícito de Zé Ronaldo a Bolsonaro: ‘Tomei um susto’

Quarta, 03 de Outubro , por Ailma Teixeira
Rui Costa se surpreende com apoio explícito de Zé Ronaldo a Bolsonaro: 'Tomei um susto'

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

A declaração de Zé Ronaldo (DEM) quanto a seu voto para presidente no primeiro turno das eleições surpreendeu o governador Rui Costa (PT). “Tomei um susto”, confessou Rui, logo após o debate na Rede Bahia, no início da madrugada desta quarta-feira (3).

Embora a relação entre o candidato democrata e o capitão já fosse repercutida pela imprensa, essa é a primeira vez que o ex-prefeito de Feira de Santana confirma seu apoio ao presidenciável (veja aqui). Como membro do Democratas, Zé Ronaldo aparecia como apoiador do candidato Geraldo Alckmin (PSDB), um dos maiores críticos de Bolsonaro nesse período de campanha eleitoral.


Zé Ronaldo surpreende em debate: ‘A vontade de mudança é Bolsonaro’

Qurta feira 03 de Setembro por Matheus Morais / Romulo Faro

“Estou ouvindo das ruas que o candidato hoje para derrotar o PT é o Bolsonaro. Então, se eu desejo derrotar o PT, eu evidentemente que…”, disse o democrata

Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Não era novidade sua apatia ao candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, mas o postulante do Democratas (DEM) ao governo do Estado, Zé Ronaldo, surpreendeu no debate da TV Bahia nesta noite, ao dizer que “a vontade de mudança é Bolsonaro”, em relação ao candidato do PSL.

Na saída do debate, questionado, ele desconversou sobre sua declaração, mas acabou reafirmando sua posição ao se declarar “anti PT”.

“Eu estou dizendo o que eu estou ouvindo das ruas. Eu sou anti PT. Eu vou fazer o que for melhor. Alckmin é anti PT. Bolsonaro é anti PT e Zé Ronaldo é anti PT. Todos os candidatos que são anti PT… Eu estou defendendo o votos nesses candidatos. Eu só não defendo o voto no PT. Estou ouvindo das ruas que o candidato hoje para derrotar o PT é o Bolsonaro. Então, se eu desejo derrotar o PT, eu evidentemente que… Não estou aqui pedindo voto. Meu partido tem um candidato, mas estou colocando o que estou ouvindo das ruas


Datafolha: Rejeição a Haddad cresce 9 pontos e chega a 41%; Bolsonaro tem 45%

Terça, 02 de Outubro por Camila Matos
Datafolha: Rejeição a Haddad cresce 9 pontos e chega a 41%; Bolsonaro tem 45%

Foto: Reprodução / Agência Brasil

A mesma pesquisa do instituto Datafolha, divulgada nesta terça-feira (2) que mostrou o crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) e a ampliação da sua vantagem para Fernando Haddad (PT) na liderança da corrida eleitoral, mostrou um aumento significativo, de nove pontos percentuais, na taxa de rejeição ao petista.

O ex-prefeito de São Paulo viu sua rejeição crescer de 32% na sexta para 41%. A nova taxa representa empate técnico com o índice de Bolsonaro, que numericamente ainda é o mais rejeitado, com 45% – um ponto percentual a menos do que no levantamento anterior.

De catorze pontos, a rejeição aos dois candidatos agora representa quatro pontos. O número de eleitores que declararam não votar em Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) também oscilou positivamente. No caso da ex-senadora, cresceu de 28% para 30%; no do ex-ministro, foi de 21% para 22%. Geraldo Alckmin (PSDB) se manteve rejeitado por 24%.