Irmão Lázaro diz ter sido vítima de preconceito racial dentro da Câmara

Segunda, 10 de Setembro, por Juliana Ribeiro

O deputado federal Irmão Lázaro, candidato ao Senado pelo PSC, conta que foi vítima de preconceito racial dentro da Câmara dos Deputados.

“Existe um elevador que é exclusivo para parlamentares, fui entrar e um funcionário me barrou dizendo que o elevador era exclusivo para parlamentar. E eu perguntei a ele qual o motivo de que o levava a acreditar que eu não seria parlamentar, se era porque sou negro”, descreveu o candidato em entrevista ao jornal A Tarde.


Rosa Weber envia recurso de Lula ao STF e nega mais prazo para substituição em chapa

Segunda, 10 de Setembro

Presidente do TSE, Rosa Weber | Foto: Roberto Jayme/ Ascom /TSE

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, negou pedido do PT para aumentar o prazo para substituição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chapa que concorre à Presidência e enviou o recurso da defesa do petista ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Weber ainda manteve a validade do indeferimento da candidatura até o STF tomar alguma posição sobre o caso. A defesa de Lula questiona a decisão do TSE de barrar o petista nas eleições com base na Lei da Ficha Limpa – o ex-presidente foi condenado em segunda instância e, por isso, enquadrado.

Os advogados do ex-presidente argumentaram que o limite de dez dias só deveria contar a partir do fim dos recursos pendentes contra a decisão do TSE. O prazo máximo seria 17 de setembro. Para a ministra, no entanto, com a admissibilidade do recurso, avaliou a ministra, não há “perigo na demora” de análise do caso, uma vez que o STF pode tomar a decisão antes do dia 11.


Em pesquisa feita após ataque, Bolsonaro aparece na liderança com 30% das intenções de voto

Segunda, 10 de Setembro por Juliana Ribeiro

O levantamento foi realizado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número BR-01522/2018 e realizada entre os dias 8 e 9 de setembro

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 30% das intenções de voto em pesquisa FSB/BTG divulgada pelo site O Antagonista nesta segunda-feira (10). O levantamento foi o primeiro realizado depois do ataque sofrido por Bolsonaro na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Na segunda posição aparece Ciro Gomes (PDT), com 12% das intenções de voto. Em seguida, três candidatos registraram 8%: Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e Fernando Haddad (PT). João Amoêdo (Novo) e Alvaro Dias (Podemos) tiveram 3%.


Em visita ao Portal do Sertão, Rui garante apoio à agricultura familiar

Domingo, 0 de Setembro, por Camila Matos 

“A Bahia é o estado com maior número de agricultores familiares no país. Desenvolver a agricultura familiar é tornar a Bahia ainda mais forte”, afirmou o governador

Foto: Ulisses Dumas/ Divulgação

Presente no município de Terra Nova neste domingo (9), o governador Rui Costa fechou o percurso de visitas a 16 cidades dos territórios de identidade Litoral Sul, Médio Sudoeste da Bahia, Extremo Sul e Portal do Sertão. Na área de forte tradição agrícola, Rui prometeu apoio para a agricultura familiar da região.

“A Bahia é o estado com maior número de agricultores familiares no país. São eles que colocam 77% dos alimentos na mesa dos baianos. Desenvolver a agricultura familiar é tornar a Bahia ainda mais forte”, afirmou. Junto ao governador estiveram a primeira-dama Aline Peixoto e os candidatos a senador, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD),

Citando propostas constantes no Programa de Governo Participativo (PGP 2018), Rui fez questão de destacar itens que contemplam a agricultura familiar.

Entre esses, a importância de fazer um estudo sobre viabilidade do Programa Estadual de Agroindústria Familiar e de Pequeno Porte, com a criação da marca ‘Produtos da Bahia’; também fortalecer a ação da Defesa Agropecuária do Estado, entendendo o papel no adensamento das cadeias produtivas, além de ampliar a certificação de produtos da agricultura familiar. “A agricultura familiar merece mais, mais recursos, projetos, apoio e oportunidades que garantam cidadania, renda e desenvolvimento”, sinaliza o candidato.


Em Guanambi, Nilo Coelho diz que Zé Ronaldo ‘é do interior e sabe como tratar os baianos’

Domingo, 0 de Setembro, por Camila Matos /Foto: Divulgação

O candidato ao governo da Bahia pelo DEM, Zé Ronaldo, participou na noite deste sábado (8) de dois eventos no município de Guanambi. Ao seu lado, estavam a candidata a vice-governadora, Mônica Bahia, Jutahy Jr, candidato ao Senado, e o deputado federal Arthur Maia, candidato à reeleição.

“A Bahia precisa de Zé Ronaldo como governador. O semiárido baiano vai voltar a ser olhado com respeito e o povo terá assistência. Zé é do interior e sabe como tratar os baianos”, afirmou o ex-governador Nilo Coelho.

No distrito de Ceraíma, Zé Ronaldo foi recebido por colonos e conversou sobre o seu apoio a projetos de irrigação. “Como governador, darei todo meu apoio para que o povo volte a produzir. A irrigação vai viabilizar a retomada do trabalho rural e as famílias terão sustento”, garantiu o candidato.

Após a visita a Ceraíma, Zé Ronaldo participou de um encontro com lideranças no centro de Guanambi. “Fui presidente da União dos Prefeitos da Bahia e sou municipalista. Eleito governador, não vou diferenciar Jacus e Carcarás”, prometeu, referindo-se à política dos “Jacus” x “Carcarás”, ainda hoje presente no município.


Comandante do Exército diz que legitimidade do eleito pode ser questionada por rivais

Domingo, 0 de Setembro, por Camila Matos via Diário do Poder

General Villas Bôas diz que atentado a Bolsonaro leva dificuldades a próximo presidente

O general Eduardo Villas Bôas está no comando do Exército Brasileiro desde janeiro de 2015. Foto: EBC

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, disse que o ataque ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) materializa o temor de que a governabilidade do próximo presidente possa ser afetada.

“O atentado confirma que estamos construindo dificuldades para que o novo governo tenha estabilidade, para a sua governabilidade, e podendo até mesmo ter sua legitimidade questionada,” disse o militar, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Villas Bôas exemplifica dizendo que uma eventual derrota de Bolsonaro poderia ser atribuída ao ataque que o tirou da campanha pelas próximas semanas. Ao mesmo tempo, ele pondera que a comoção gerada após o atentado poderia beneficiar o candidato na corrida presidencial.

O general também criticou o acirramento de ânimos no cenário eleitoral brasileiro. “E esse atentado, infelizmente, veio a confirmar essa intolerância generalizada e a nossa falta de capacidade de colocar acima dessas questões políticas, ideológicas e pessoais o interesse do país”.

“Espero que isso prevaleça e que a sociedade tenha levado um susto, do que pode acontecer diante dos caminhos que estamos trilhando. Espero que as coisas se harmonizem a partir de agora”, disse Villas Bôas.

(mais…)


‘Meu pai não vai ser eleito por causa de uma facada’, diz Flávio Bolsonaro

domingo, 0 de Setembro, por Camila Matos via Diário do Poder

Filho de presidenciável diz que pai tomou a facada porque já estava eleito

Manifestação de solidariedade para o candidato a presidência Jair Bolsonaro na Praia de Copacabana. Foto: C.h. Gardiner/AGIF/Folhapress

No primeiro ato de campanha após o ataque ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), Flavio Bolsonaro afirmou que seu pai “não vai ser eleito por causa de uma facada. Ele tomou a facada porque já estava eleito. Essa é a realidade, doa a quem doer”.

O deputado estadual do Rio de Janeiro deu a declaração ao ser questionado sobre a fala do comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas. O general disse que o atentado pode fazer com que o próximo governo tenha sua legitimidade contestada.

“Por exemplo, com relação a Bolsonaro, ele não sendo eleito, ele pode dizer que prejudicaram a campanha dele. E, ele sendo eleito, provavelmente será dito que ele foi beneficiado pelo atentado, porque gerou comoção. Daí, altera o ritmo normal das coisas e isso é preocupante”, afirmou Villas Bôas em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Neste domingo (9), Flavio também afirmou que não acha que o país esteja dividido, como indicou o general. “Está mais do que nunca unido em torno do Bolsonaro e vai ser no primeiro turno. Eles queriam matar o meu pai para tirá-lo da disputa”, declarou, com a voz rouca.

O candidato a vice general Hamilton Mourão (PRTB) se limitou a dizer que “essa é a opinião dele [general Villas Bôas]”.

(mais…)


Fernando Haddad, com 6% nas pesquisa tem agenda com Rui Costa no norte da Bahia no dia 21/09

Sábado, 08 de Setembro, por Camila Matos via BNoticias foto Reprodução

Ainda candidato a vice-presidente da República pelo PT, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, já tem nova data para visitar a Bahia. O petista cumpre agenda no norte do estado no próximo dia 21 de setembro como parte da campanha do governador Rui Costa à reeleição.

Haddad deve ser anunciado como substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial nesta terça-feira (11), prazo limite estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, nenhum petista confirma publicamente a mudança na chapa.

Caso se confirme a alteração, Haddad deve vir à Bahia como candidato à presidência da República. Segundo informações de bastidores, a campanha petista na Bahia faz parte do grupo dentro do partido que pretende encampar a candidatura do ex-prefeito paulistano com mais agilidade.

A expectativa é que Haddad e Rui visitem Juazeiro e cidades da região, como parte da intensificação do nome do novo candidato à presidência pelo PT. O Nordeste é considerado uma área estratégica para o petismo


Juíza quebra sigilo de dados de celulares do agressor de Bolsonaro

Sábado 08 de Setembro  Por Camila Bomfim e Renan Ramalho, TV Globo e G1, Brasília  

Com a decisão, Polícia Federal poderá rastrear ligações, mensagens e contatos que Adélio Bispo de Oliveira fez antes do atentado.

A juíza Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho, da 2ª Vara Federal de Juiz de Fora, autorizou a quebra do sigilo dos dados de quatro celulares e um notebook usados por Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

Com a decisão, a Polícia Federal poderá rastrear ligações, mensagens e contatos que Adélio fez antes do atentado, gravados na memória dos aparelhos.

Ainda não há decisão sobre eventual quebra de sigilos bancário e telefônico, que poderia revelar transações financeiras e ligações recebidas ou efetuadas em períodos específicos.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse nesta sexta (7) que Adélio pode ter agido sozinho, mas a PF investiga outros dois suspeitos, que podem ter colaborado com o atentado.

Os investigadores que acompanham de perto o caso dizem que há “possibilidade do agressor ter recebido treinamento ou auxílio de organização criminosa”.

fonte via G1

Seguranças do Gov Rui Costa agridem jornalista o repórter da TV Band

Sábado 08 de Setembro por Juliana Ribeiro/Foto Divulgação Tv-Servidor

Neste sábado 08/09 no municio de Itamaraju, Rapahel Minho, repórter da TV Band,  Em sua conta particular do Facebook, acusa seguranças do governador petista Rui Costa de agressão. “Estava cobrindo a agenda de campanha do governador Rui Costa, em Itamaraju, e enquanto falava com o mesmo durante a passeata, fui agredido por um dos seguranças do candidato à reeleição. Após a confusão, precisou outros dois seguranças virem acalmar os ânimos. Tenho certeza que jamais Rui Costa daria uma instrução dessas a sua equipe, pois toda a imprensa é sempre muito bem tratada pelo petista, mas quero registrar o completo absurdo que é um jornalista durante o exercício da sua profissão, ser agredido por um segurança. A imprensa merece e precisa ser respeitada”, disse.

Prints