Conferência em Portugal destaca Moro por uso da Justiça ‘para arrasar a corrupção’

Terça feira, 30 de Maio por Juliana Ribeiro Foto Reprodução

Palestrante do “Estoril Conferences – Global Challenges, local answers”, que acontece de segunda (29) a quarta (31), em Portugal, o juiz Sérgio Moro é destacado em um outdoor do evento. Ao lado de personalidades, como o promotor público italiano Antonio Di Pietro, o magistrado brasileiro estampa a publicidade com o texto: “Eles utilizaram a Justiça para arrasar a corrupção. Eles mudaram o mundo”. Em sua pequena biografia no site da conferência, Moro é exaltado pelo seu trabalho à frente da Operação Lava Jato, descrita como um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro com o envolvimento de empresário e políticos de alto-escalão. O juiz integra a mesa de discussão “Combatendo o Crime na Democracia: Qual o papel e os limites do sistema criminal de justiça?”, que será realizada das 15h30 às 16h30 do horário local, nesta terça-feira (30).


Fachin autoriza PF a interrogar presidente Temer

Terça feira, 30 de Maio por Juliana Ribeiro Foto /Agência Brasil

O presidente da República Michel Temer será interrogado sobre as delações premiadas da JBS. A autorização foi dada pelo ministro Edson Fachin, relator da força-tarefa no Supremo Tribunal Federal (STF) à Polícia Federal. O presidente é acusado de corrupção, organização criminosa e obstrução à Justiça. O interrogatório deverá ser respondido pelo presidente 24 horas após a entrega das perguntas pela Polícia Federal.


‘Não faço nada de errado, só trafico drogas’, diz Perrella a Aécio

Terça feira, 30 de maio por Juliana Ribeiro

Em 2013, o helicóptero de Gustavo Perrella, filho do senador, foi apreendido pela Polícia Federal com 445 kg de cocaína

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Dois dias após a quebra de sigilo da delação da Odebrecht, em 13 de abril deste ano, a Operação Lava Jato interceptou uma conversa telefônica entre o então senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o colega e conterrâneo Zezé Perrella (PMDB).

No diálogo, o tucano cobra fidelidade do peemedebista e o critica pelo fato de o aliado ter dado uma entrevista à rádio Itatiaia e se gabar de não estar na lista de Janot e no “mar de lama” do Brasil.

“Qual a maneira que eu encontrei de rebater… Essas coisas que eles falam de mim do helicóptero até hoje”, explicou Perrella, que continuou: “Não faço nada de errado, só trafico drogas”. Não é possível saber se o parlamentar falou de forma séria ou ironizou a situação.

Em 2013, o helicóptero de Gustavo Perrella, filho do senador, foi apreendido pela Polícia Federal com 445 kg de cocaína. Na ocasião, o piloto do helicóptero, que foi detido em flagrante, era funcionário do gabinete de Gustavo Perrella na Assembleia de Minas.

Confira a conversa entre os parlamentares:


Itabuna: Promotor aciona prefeito após gestor se negar a demitir esposa e sobrinho

Terça, 30 de Maio, por Juliana Ribeiro/Foto: Francis Juliano

A promotoria do Ministério Público de Itabuna, no sul baiano, acionou na Justiça o prefeito Fernando Gomes (DEM). A medida foi tomada após o gestor se negar a demitir a esposa, Sandra Neilma Gomes, e o sobrinho Dinailson Oliveira das secretarias de assistência social e administração da prefeitura, respectivamente. Antes, a promotoria tinha emitido uma recomendação ao prefeito, pedindo a exoneração dos secretários (veja aqui). “Ele disse na sexta-feira [26] que não iria acolher a recomendação, e na mesma ocasião a gente ingressou com uma representação por improbidade administrativa”, disse o promotor de Justiça Inocêncio de Carvalho Santana ao Bahia Notícias. Na ação, o promotor pede que a Justiça suspenda as nomeações dos secretários, com a exoneração deles, além da devolução dos valores já pagos aos dois em salários. O promotor ainda espera que o processo, que corre na Vara da Fazenda Pública de Itabuna, surta efeito o mais rápido possível. Segundo o MP, a nomeação dos secretários caracteriza nepotismo, que é quando o gestor usa da posição para para favorecer parentes. Entre as argumentações, o promotor cita uma lei municipal, sancionada pelo próprio Fernando Gomes, em 2007, vedando a contratação de parentes pela prefeitura. Uma Súmula do Supremo Tribunal Federal (STF) [Súmula 13] também proíbe a nomeação de parentes até o terceiro grau. Por fim, acrescenta o promotor, os dois não teriam capacidade técnica para assumir os cargos, já que tanto a secretária como o secretário tem apenas o ensino médio completo. Ao BN, a secretária Sandra Gomes disse que a prefeitura manteria ela e Dinailson Oliveira nos cargos e não via conflito ético no caso (ver aqui)


Serraglio não aceita convite para ministério e decide retornar à Câmara

Terça, 30 de Maio, por Juliana Ribeiro/Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Recém-saído do Ministério da Justiça para assumir o Ministério da Transparência, Osmar Serraglio (PMDB-PR) decidiu não aceitar o convite para trocar de pasta e avisou, na manhã desta terça-feira (30), que voltará à Câmara dos Deputados. Segundo informações do Blog do Camarotti, o aviso foi dado aos integrantes da bancada peemedebista. Serraglio substituiria Torquato Jardim, que já assumiu, por sua vez, a cadeira do Ministério da Justiça. A decisão do parlamentar foi oficializada em nota (veja abaixo) ainda nesta terça-feira (30).

A medida deve complicar a situação do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que era assessor especial do presidente Michel Temer. Ele é um dos citados na delação da JBS e foi flagrado pela Polícia Federal quando carregava uma mala com R$ 500 mil em propina repassada pelo sócio da companhia, Joesley Batista. Suplente da bancada do PMDB na Câmara, Loures assumiu o mandato quando Serraglio foi nomeado para o MJ. Com a volta do ex-ministro à Casa, ele deixa de ser parlamentar e perde, com isso, o foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal.


Se não quer pagar, junta a base e revoga a lei’, sugere Coronel sobre emendas impositivas

Terça, 30 de Maio, por Juliana Ribeiro via BNoticias

A crise na base aliada ao governo Rui Costa continua na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Há mais de um mês, a Casa não vota projetos enviados pelo Executivo simplesmente porque deputados governistas têm se negado a comparecer ao plenário para apreciar as matérias. O movimento é uma espécie de retaliação ao governador pela falta de execução das emendas impositivas, que devem ser aplicadas nas indicações de parlamentares (entenda aqui). O secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, tentou até apaziguar os ânimos. Em entrevista ao Bahia Notícias na semana passada, o titular da pasta amenizou a insatisfação na base (leia aqui). Ao mesmo tempo, prometeu conversar com as bancadas para resolver o problema. Entretanto, de acordo com informações obtidas pelo BN, nenhuma reunião para tratar do tema, tanto com governo quanto com oposição, foi marcada, o que impede de se chegar a um entendimento sobre o assunto. Enquanto não houver resolução para o imbróglio, a ordem na base aliada é não votar propostas do governo. Para o presidente da Casa, Angelo Coronel (PSD), é necessário encontrar logo uma solução que restaure a paz entre os parlamentares. E ele sugeriu algo. “Se o governo não quer pagar as emendas, junta a base e revogue a lei. Se não pode pagar, que não pague. Mas é preciso cumprir o combinado na lei. Se é impositiva, que pague. O nome já diz: impositiva”, afirmou


Mantega admite conta não declarada na Suíça, mas nega propina

Segunda feira, 29 de Maio, por Camila Matos

Em documento enviado à imprensa por sua defesa, ele afirma que dinheiro foi obtido com a venda de um imóvel que pertencia à família

Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Foto: Divulgação
Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Foto: Divulgação

A defesa do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega entregou à Justiça, nesta segunda-feira (29), um documento em que reconhece a existência de uma conta não declarada na Suíça, com saldo de US$ 600 mil.

No documento, ele afirma que dinheiro foi obtido com a venda de um imóvel que pertencia à família e não ao suposto recebimento de propina – segundo ele, a conta foi aberta antes de assumir o cargo na Fazenda. Ele também abriu mão do sigilo fiscal e repassou às autoridades os dados da conta bancária.

“Aproveita, outrossim, para esclarecer que não espera perdão nem clemência pelo erro que cometeu ao não declarar valores no exterior, mas reitera que jamais solicitou, pediu ou recebeu vantagem de qualquer natureza como contrapartida ao exercício da função pública, conforme poderá inclusive confirmar o extrato da conta, documento que o peticionário se compromete a apresentar tão logo o obtenha da instituição financeira”, disse a defesa, em nota.

Lava Jato – Mantega foi alvo da 34ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada em 22 setembro de 2016 e batizada de Arquivo X. Ele é suspeito de ter solicitado pagamentos a campanhas do Partido dos Trabalhadores (PT), em 2012. O inquérito ainda está correndo na Polícia Federal e não há um processo aberto contra ele.

O dinheiro teria sido repassado ao casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura. A solicitação, conforme as investigações, foi feita por Mantega, em novembro de 2012.


Temer se encontra com FHC para evitar que PSDB saia da base governista

Segunda, 29 de Maio por Juliana Ribeiro /Foto: Agência Brasil

No centro de uma grave crise política, o presidente Michel Temer se reuniu na noite desta segunda-feira (29), em São Paulo, com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE). Segundo o blog da jornalista Andréia Sadi, do G1, o objetivo do encontro foi tentar evitar a saída do partido do governo. O desembarque ainda é avaliado pela sigla, um movimento que ocorreria em conjunto com o DEM. A saída dos dois partidos da base aliada é considerada como a sentença de morte do governo. Um dos principais aliados de Temer no Palácio do Planalto, o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, também participou do encontro. O presidente está na capital paulista para participar de um encontro com empresários.


Exclusivo: Em mensagem, Joesley combina ‘vinho’ com Marcos Pereira

Segunda, 29 de Maio por Juliana Ribeiro

Joesley Batista contou em sua delação ter acertado uma propina de R$ 6 milhões com o pastor Marcos Pereira já no cargo de ministro da Indústria e Comércio Exterior.

Segundo o dono da JBS, Marcos Pereira coletou R$ 700 mil num encontro na casa do empresário no dia 24 de março. O Antagonista obteve os prints da conversa por Whatsapp em que ambos combinam “um vinho” – que, segundo Joesley, era o codinome para propina. O empresário, que entregou a troca de mensagens para corroborar sua delação, orienta o ministro a entrar pela garagem.


Ex;Prefeito Betão diz está vivo e de olhos abertos para com os assuntos administrativo no município de Irajuba

Segunda, 29 de Maio por Juliana Ribeiro /Foto BCbule

” Na vida todos nós temos um destino e uma missão a ser cumprida, pois Deus, está no controle de todas as decisões a serem tomadas a respeito do processo político de sua terra natal” em pro do Povo Carente!

O ex-prefeito de Irajuba, Humberto Solon Sarmento Franco, popular (Betão PMDB), Em entrevista a redação do blogcafenobule,no domingo dia 28/05 ao lado de amigos e lideranças politicas locais   ele “BETÃO” como e carinhosamente conhecido da população de Irajuba,  diz que o fato de ter perdido as eleições no pleito eleitoral em 2016, isso não significa que o mesmo esta fora do cenário politico vindouro, mesmo porquê obteve 42.96%  do votos validos no total  de (1.814-votos) haja visto que o mesmo mantém o seu legado no município  e acima de tudo ficou comprovado que e  líder nato da oposição. Com uma base solida e apoio de uma bancada com 04 Vereadores na câmara Municipal, o qual os mesmos vem realizado um excelente trabalho buscando a fiscalizar as aplicações do recursos publicas  e dentre outras  no exercício de seus respectivos mandato em pro do povo.

O Ex Gestor, diz está vivo e de olhos abertos para com os assuntos administrativo no município de Irajuba, na qual a atual administração até agora com (05 Cinco) meses de mandato não disse para que veio, visto que o  Povo humilde deixaram de ser beneficiados e foram esquecidos  ao longo desses 08 anos.

A respeito dos concursados  que foram demitidos pelo ex Gestor Antônio Sampaio(PP) em 2005,o mesmo diz que  e preciso que o atual gestor Prefeito;Jeronimo Santos(PSD), venha a cumprir a decisão da justiça onde os mesmos obteram  Mais uma vitória  no Superior Tribunal de Justiça em Brasília

Na continuidade  Betão diz que em 2018, estará  firme ao lado do povo e seus amigos  juntos com a base aliada rumo as eleições de Governo da Bahia, onde estará ao lado do Dep Estadual Euclides Fernandes (PDT) e  Dep Federal Lucio Vieira Lima (Pmdb).em busca de dias melhores para o povo de sua querida Irajuba.

Betão como e carinhosamente chamado pelo povo, já exerceu por dois mandatos, a frente do Executivo no município de Irajuba,  onde o mesmo foi eleito no primeiro mandato nas eleições de  2000, e reeleito em 2004 onde governou até 2008