Marco Aurélio diz que só vai analisar denúncia de Aécio após julgar recursos

Sábado, 03 de Junho por Camila Matos  Foto: Carlos Humberto/ SCO/ STF

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou em despacho publicado nesta sexta-feira (2), que só vai analisar a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), após julgar os recursos apresentados pela defesa do tucano e dos três presos na investigação – a irmã dele, Andrea Neves, o primo Frederico Pacheco e o assessor parlamentar Mendherson Lima. Os três querem a revogação da prisão preventiva determinada pelo ministro Edson Fachin, que era o relator do inquérito, enquanto Aécio pede a revogação do afastamento do Senado também determinada pelo relator da Lava Jato. Mais cedo, no entanto, Marco Aurélio havia pedido para a Procuradoria-Geral da República se manifestar “urgentemente” sobre os pedidos das defesas. Somente após isso acontecer, ele vai levar os recursos para julgamento na Primeira Turma do Supremo, da qual faz parte. Nesta sexta, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou denúncia contra Aécio, Andrea, Frederico e Mendherson por corrupção passiva. O tucano também é acusado de obstrução da Justiça para tentar impedir o avanço da Operação Lava Jato. Após a PGR apresentar a denúncia, cabe ao ministro relator notificar os acusados, que terão 15 dias para apresentar suas defesas prévias.


MPF pede que Lula seja preso e pague multa milionária

Sábado, 03 de Junho por Camila Matos via Estadão

Força-tarefa da Lava Jato cobra R$ 87,6 milhões do ex-presidente relativos a suposto dano à Petrobrás

Depoimento de Lula a Moro em Curitiba (Foto: Reprodução/GloboNews)

A Procuradoria da República pediu, em alegações finais, nesta sexta-feira, 2, a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em regime fechado na ação penal do caso triplex. O petista é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção pela força-tarefa da Lava Jato, que atribui ao ex-presidente o papel de ‘comandante máximo do esquema de corrupção’ identificado na operação.

Documento

A denúncia do Ministério Público Federal sustenta que Lula recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. As acusações contra Lula são relativas ao suposto recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira OAS por meio do triplex no Guarujá, no Solaris, e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, de 2011 a 2016.


Desafio OGGI Alto do Paraguaçu de MTB movimentará Mucugê no feriado de 7 de setembro.

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos/Foto: /Reprodução Nosso Pedal

O município de Mucugê-BA sempre foi uma meca para os amantes do ciclismo, sejam eles cicloturistas ou atletas amadores e profissionais. E no feriadão de 07 de setembro a cidade sediará a 5ª edição do Desafio OGGI Alto do Paraguaçu de MTB onde durante quatro dias (07 a 10) toda a região respirará aventura e adrenalina, uma oportunidade única para ciclistas e familiares visitarem uma das regiões mais belas da Chapada Diamantina.

Por se tratar de um feriadão prolongado de quatro dias, começando no dia 07 de setembro (Independência do Brasil), a organização do desafio prevê que mais de duas mil pessoas viagem para Mucugê nesse período. O que em termos econômicos deve movimentar a economia local em quase R$ 400 mil entre gastos com hospedagem, alimentação, guias, lembranças, etc.

Diferente dos anos anteriores, nesta edição o ciclista contará com duas etapas.

A novidade fica por conta da prova de MTB XCO no dia 09, num circuito de aproximados 5km passando diversos trechos técnicos como o Balneário do Rio Mucugê, a descida da Igrejinha, o Tobogã de Varejão e por algumas ruas históricas da cidade, onde os atletas poderão pedalar ao lado do calor da torcida.

No dia 10 será a vez da prova de MTB XCM que será dividida em dois percursos: Sport e Pro. Onde o Pro valerá importantes pontos para o Ranking Baiano e Brasileiro de MTB XCM e poderá definir quem serão os campeões de 2017.

Com o percurso PRO tendo 76km e 870m de elevação e o SPORT com 57km e 580m de elevação, a prova de XCM acontecerá no mesmo cenário onde ocorria a maior ultramaratona de MTB das Américas, o Brasil Ride. Passando por vales, single tracks, rockgardens e percursos técnicos como a Subida do Merecimento onde os atletas subirão até o Capão do Correio com o visual dos gerais de Mucugê e um downhill técnico de 2km.

Pensando na família dos cicloturistas e atletas, a organização do Desafio, juntamente com o Trade Turístico, além dos emocionantes passeios nas trilhas da Chapada, preparou uma atrativa programação cultural e turística para os quatro dias do feriadão onde acontecerá a 2ª Mostra de Turismo e Negócio da Chapada Diamantina; passeio ciclístico; corrida Kids de MTB; e apresentações culturais e musicais durante as noites.

Nos dos dias de prova, enquanto os cicloturistas curtem as trilhas da Chapada Diamantina com toda a organização do Desafio OGGI e os atletas lutam pelo pódio e pelo título de campeão, a família dos ciclistas desfrutará de toda uma infraestrutura com stands de expositores, mostra de artesanato, DJ, etc.

Então se você é cicloturista e sempre quis pedalar nas trilhas da Chapada Diamantina com uma estrutura de primeiro mundo, chegou a sua oportunidade. E melhor: com sua família ao lado e durante um feriadão.Aos atletas amadores e profissionais será a oportunidade retornar a Chapada e lutar pelos valiosos pontos do Ranking Baiano e Brasileiro que definirá os campeões de 2017.

As inscrições do Desafio Oggi Alto do Paraguaçu são limitadas e os interessados podem se inscrever acessando o site https://www.ticketagora.com.br/Evento/3688/Desafio-Oggi-Alto-Paraguacu-Mtb-E-Cross-Country-Xco. Acesse a Fanpage do Desafio e tenha acesso a todas as informações, fotos e vídeos das outras edições da prova. https://www.facebook.com/DesafioOggiAltoParaguacu/.Conheça mais sobre Mucugê e suas belezas naturais: http://www.guiachapadadiamantina.com.br/cidades-e-vilas/cidades-e-vilas-mucuge/

Fonte: E informações via André F. Damasceno / Jornalista

Investidores entram com ação coletiva contra JBS nos EUA

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos /Reprodução

Segundo escritório americano, investidores que sofreram prejuízos com títulos da empresa têm até 21 de julho para integrar ação

Uma ação coletiva foi aberta contra a JBS nos Estados Unidos nesta sexta-feira, 2, por investidores que compraram ações da empresa entre 2 de junho de 2015 e 19 de maio de 2017.A informação foi divulgada pelo escritório de advogacia Vincent Wong, responsável pela ação.

Segundo o comunicado dos advogados, os investidores que sofreram prejuízos têm até 21 de julho para solicitar ao tribunal a nomeação como autor do processo, em tramitação na Corte do Distrito Leste de Nova York.


ALCKMIN PEDE PARA ALIADOS PAULISTAS BARRAREM MOVIMENTO CONTRA TEMER

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos /(FOTO: ROVENA ROSA/AR

GOVERNADOR OFERECEU JANTAR PARA PREFEITOS TUCANOS

GOVERNADOR OFERECE JANTAR NO PALÁCIO DOS BANDEIRANTES A PREFEITOS PARA QUE DIRETÓRIO ESTADUAL DO PSDB SE MANTENHA AO LADO DO PRESIDENTE 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), reuniu prefeitos aliados de cidades importantes do Estado, como São Bernardo do Campo e Santo André, para discutir a posição do diretório estadual do partido, que se reúne próxima segunda-feira, 5, sobre um possível desembarque do governo de Michel Temer. O peemedebista e o governador têm uma reunião marcada para a noite desta sexta-feira, 2, no Palácio dos Bandeirantes.

O tucano ofereceu um jantar no Palácio dos Bandeirantes na noite de quinta-feira, 1, para passar a orientação de que defender a saída da base não é a decisão mais acertada neste momento, diferentemente da posição adotada pelo presidente estadual do PSDB, Pedro Tobias, e pela ala jovem da legenda.

O recado passado por Alckmin a aliados foi acertado com o presidente do PSDB, Tasso Jereissati, e com o próprio Temer. Aos prefeitos, Alckmin teria dito que uma eleição indireta agora desorganizaria todo o processo de sucessão em 2018, no qual o tucano é declaradamente parte interessada.

Segundo interlocutores do governador, delegar para o Congresso a escolha de um eventual sucessor de Temer antes da eleição do ano que vem seria abrir caminho para a vitória do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já considerado o nome mais forte para um pleito indireto. Como ele é deputado e já tem o controle da Casa, a avaliação de Alckmim é de que mesmo Jereissati não conseguiria vencê-lo.

Se a orientação de Alckmin for seguida à risca, a reunião de segunda deve terminar sem uma posição clara dos tucanos paulistas a respeito do governo Temer. É esse o acordo que o presidente espera fechar nesta noite. (AE)


LULA DIZ QUE NÃO APOIA ELEIÇÃO INDIRETA NEM SE JOBIM FOR CANDIDATO

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos /Foto: Lula Marque / AGPTT

Abertura do 6º Congresso do Partido dos Trabalhadores em Brasília, com a presença do ex-presidente Lula, Rui Falcão e Dilma Rousseff. T

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, 2, que nem mesmo se o ex-ministro da Defesa Nelson Jobim (PMDB) for candidato em uma eleição indireta ao Palácio do Planalto apoiará o nome dele. Em reunião com 28 delegações estrangeiras que participam do 6.º Congresso Nacional do PT como observadores, Lula afirmou que o partido está em campanha por eleições diretas para substituir o presidente Michel Temer. A portas fechadas, repetiu que não respaldará um processo no qual votem apenas deputados e senadores.

“Estão falando aí que, se o Jobim participar, eu não poderia ser contra, mas sou contra eleger qualquer candidato em eleição indireta, até mesmo ele”, disse Lula. “Prefiro perder dez eleições diretas a ganhar uma indireta.”

Nos últimos dias, porém, o ex-presidente pediu a um interlocutor que sondasse Jobim – ministro em seu governo e também no de Dilma Rousseff -, com o objetivo de verificar se ele tinha interesse em se candidatar em eventual Colégio Eleitoral, caso Temer seja deposto. A reportagem apurou que Lula recebeu resposta negativa.

Na reunião com os estrangeiros, Lula disse não entender o funcionamento dos mecanismos de colaboração entre a Justiça do Brasil e a dos EUA. “Como pode um empresário como o Joesley Batista fazer um acordo e ir morar nos EUA?”, protestou o ex-presidente. Na véspera, em discurso na abertura do congresso ao lado de Dilma, Lula havia chamado o dono da JBS de “canalha”.

Réu em cinco ações penais, três das quais no âmbito da Lava Jato, o petista não foi questionado sobre as acusações de corrupção das quais é alvo, mas abordou espontaneamente o assunto ao dizer que “a única coisa” que pode oferecer aos partidos amigos é sua inocência. Estavam presentes ali representantes de siglas da América Latina, Europa e África.

Lula repetiu que será candidato em 2018 e avisou que, se for impedido pela Justiça, pretende rodar o Brasil para criar uma frente de partidos de esquerda com o PT.

Indagado por um dos estrangeiros sobre qual seria o programa de governo para um eventual terceiro mandato, o ex-presidente defendeu sua administração. “Nas eleições, não vamos falar apenas em passado, mas é o passado que nos dará base para falar sobre o futuro”, afirmou ele. Continuar  (mais…)


PGR APRESENTA DENÚNCIA CONTRA AÉCIO NEVES AO STF

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos /Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

JANOT APONTA CRIMES DE CORRUPÇÃO PASSIVA E OBSTRUÇÃO À JUSTIÇA

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF), denúncia contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) pelos crimes de corrupção passiva e obstrução à Justiça.Janot baseia a denúncia na delação e áudios apresentados pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, e do executivo da empresa Ricardo Saud.

Aécio foi afastado do cargo após a revelação dos áudios em que pede R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista para, segundo ele, pagar os advogados que fariam sua defesa no âmbito da operação Lava Jato.Além do senador mineiro, foram denunciados sua irmã, Andrea Neves, e o primo Frederico Pacheco. Ambos foram presos após operações controladas da Polícia Federal confirmarem os pagamentos em malas com R$ 500 mil.

O ministro Marco Aurélio Mello será o relator do caso, que deve ser julgado pela Primeira Turma do STF.


Coronel diz que ‘não está feliz’ com Rui e cobra obras no interior. Veja vídeo.

Sexta, feira  02 de junho por Camila Matos / Foto: Divugação

Chefe da AL-BA afirmou que há secretários que se acham “mais poderosos do que o governador” e mandou recado: “Abaixem a bola”

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel (PSD), disse que “não está feliz” na base do governador Rui Costa (PT) e cobrou do chefe do Executivo estadual obras no interior do estado. A declaração foi proferida durante a entrevista com o vice-governador e secretário estadual de Planejamento, João Leão (PP), no seu programa “Tetê à Tête” transmitido pelo Facebook.

No bate-papo, Coronel perguntou a Leão se o PP estava satisfeito no grupo de Rui. O vice-governador admitiu o descontentamento dos deputados federais do seu partido com governo, mas afirmou que os parlamentais estaduais estão “felicíssimos”. O presidente da AL-BA disse, porém, que não tem visto esse contentamento dos pepistas nos corredores do Legislativo baiano.

Nesse momento, Leão afirmou: “estão iguais a você, sorrindo à toa”. “Quem disse que estou feliz? Não estou feliz. Você está querendo colocar panos quentes na situação”, retrucou Coronel, ao ressaltar que tem secretários que não atendem e se acham “mais poderosos do que o governador”. “Abaixem a bola”, mandou.

O chefe da AL-BA disse também que o governador precisa fazer “obras tamanho P” no interior e não apenas grandes construções na capital baiana. “Tenho falado, em minhas entrevistas, que o governo gosta muito das obras do tamanho G, e tem que se preocupar agora com as obras tamanho P. O metrô é lindo, viaduto é show de bola, as encostas, mas você que está lá em Caculé, em Santa Rita, no interior, também quer ser lembrado com obras tamanho P. Não pode ser só obra tamanho G”, pontuou.

Ainda na entrevista, Coronel revelou que corre nos bastidores a informação de que Leão deseja deixar de ser vice-governador e ser candidato ao Senado nas eleições de 2018. O pepista afirmou “não decidiu nada ainda”, mas falou que “a dona Tereza [sua esposa] quer que eu continue na vice”.

Leão ainda pediu a Coronel para que os deputados do PP insatisfeitos no partido, como Ronaldo Carlletto, não migrem para o PSD. “Deixe Ronaldo [Carletto] comigo que tomo conta dele”, apelou.


TCM cobra prestação de contas de 2016 dos prefeitos

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos / Foto: Divulgação/Ascom

Presidente da Corte, Francisco Netto, advertiu que se “iludem os gestores” que imaginam que poderão se beneficiar com eventual atraso na apresentação das contas

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), conselheiro Francisco Netto, cobrou, nesta sexta-feira (2), prefeitos, ex-gestores municipais e os ordenadores de despesas a prestação de contas do exercício de 2016.

De acordo com a Corte, pelo menos 63 prefeituras, 15 câmaras municipais e 10 entidades vinculadas ainda não puseram em disponibilidade pública suas contas, de modo a permitir o devido controle social, por parte dos cidadãos. Segundo o TCM, o prazo legal se encerrou no dia 31 de março, e, quanto maior o atraso, mais graves serão as sanções a que os gestores serão submetidos. O presidente do TCM advertiu que se “iludem os gestores” que imaginam que poderão se beneficiar com eventual atraso na apresentação da prestação de contas.

(confira aqui a lista)

“Como o processo de contas está quase todo informatizado, o tribunal dispõe  de ferramentas e de pessoal capacitado para fazer o exame necessário e com rapidez, mesmo em processo de tomada de contas,  ou seja, quando o gestor não cumpriu com o dever de pôr as contas à disposição para análise. Evidentemente, toda e qualquer falha ensejará punição, e caso haja suspeita de irregularidade grave, como improbidade administrativa, a denúncia será apresentada ao Ministério Público Estadual, para que processo judicial crime seja instaurado”, advertiu.

Fonte e informações via Secom TCM/BA

DESCONFIADO, BANCO SUÍÇO ENCERROU CONTA DA JBS PARA LULA E DILMA, E A DENUNCIOU

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos / Foto – Divulgação

DINHEIRO FOI PARA BANCO DE NOVA YORK, ONDE JOESLEY VIVE AGORA

O banco suíço Julius Baer fechou as contas abertas pela JBS de Joesley Batista para abastecer os ex-presidentes Lula e Dilma, e grande parte do dinheiro ali depositado foi transferido para os Estados Unidos, ao suspeitar da origem dos recursos. O banco informou suas suspeitas às autoridades de combate à lavagem de dinheiro da Suíça.

Apos o fechamento da conta nº 06384985 do Julius Baer, o dinheiro foi transferido para o JP Morgan Chase Bank, em Nova York, onde agora vivem Batista com a família. Para ocultar os donos da conta, o dinheiro estava em nome da empresa de fachada Lunsville Internacional Inc. Uma empresa chamada Valdarco também foi usada.

Em depoimento sob acordo de delação, Joesley contou que a primeira das contas foi usada durante os anos do governo Lula e que, ao final do mandato, em 2010, teria ficado com um saldo de US$70 milhões (equivalentes a R$226,1 milhões). Quando começou a gestão Dilma, ele disse que fora instruído pelo então ministro da Fazenda Guido Mantega a abrir uma nova conta. Joesley diz que a partir de  novembro de 2014, com R$30 milhões de saldo, as contas deixaram de receber depósitos, quando ele diz ter comunicado o fato a Dilma em reunião no Palácio do Planalto. (Com informações do jornal O Estado de S. Paulo).