‘Populismo deve servir às pessoas e não incitar o ódio’, declara Papa Francisco

Sábado, 15 de Setembro por Juliana Ribeiro

O pontífice mencionou o modelo cristão de ‘populismo’ após ser criticado por políticos italianos quando defendeu imigrantes

Foto: Benhur Arcayan/ Malacañang Photo Bureau/EBC
Foto: Benhur Arcayan/ Malacañang Photo Bureau/EBC

Após ser atacado por políticos italianos em decorrência de sua defesa aos imigrantes, o Papa Francisco recomendou um populismo do tipo cristão.

Em uma missa ao ar livre realizada neste sábado (15) com cerca de 100 mil pessoas, o pontífice declarou que “o único populismo possível” é o do modelo cristão, que “ouve e serve ao povo, sem gritar, acusar e incitar brigas”. A declaração ocorreu em Palermo, capital da Sicília.

Centenas de milhares de imigrantes resgatados no mar Mediterrâneo nos últimos anos foram levados para os portos da ilha. Francisco defendeu com firmeza os direitos dos imigrantes.

O novo governo populista da Itália tem tentado desencorajar a chegada de mais imigrantes ao país. O ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, insiste que as pessoas que forem resgatadas no mar de barcos de traficantes não terão permissão de entrada na Itália.

Durante a visita à Palermo, para homenagear um padre morto pela máfia por tentar proteger jovens do crime organizado, o papa também se dirigiu aos membros do grupo, pedindo que renunciassem à busca de poder e dinheiro.

“Digo aos mafiosos: mudem, irmãos e irmãs. Parem de pensar em vocês mesmos e no seu dinheiro. Vocês sabem, uma mortalha funeral não tem bolsos. Você não pode levá-lo com vocês”, disse.


Eleições 2018 : Povo baiano de Jequié abraça Haddad e aclama: “vai dar PT”

Sábado, 15 de Setembro por Juliana Ribeiro /Foto -Ricardo Stuckert

O candidato à presidência foi recebido no Aeroporto Vicente Grilo,com muito carinho e apoio pelo povo de Jequié, na Bahia. Haddad falou sobre os planos para o Nordeste crescer

“Vai dar PT, vai dar PT”: esse foi o grito pelas ruas de Jequié (BA), durante a caminhada de Fernando Haddad, candidato à presidência da República pela coligação “O Povo Feliz de Novo”, na manhã deste sábado (14). Ele esteve no município baiano ao lado de sua vice Manuela d’Ávila, do governador Rui Costa que concorre à reeleição e do ex-governador e candidato ao Senado, Jaques Wagner.

Conhecida como cidade do Sol, Jequié, a cerca de 360 km de Salvador, fez uma linda festa para receber e demonstrar seu apoio ao candidato do PT.

Haddad ressaltou que o Nordeste está enfrentando a crise com as próprias pernas, porque plantou e semeou coisas boas quando Lula foi presidente, mas “se a gente não corrigir o rumo do país esse gás acaba e não podemos deixar o Nordeste voltar a viver como em séculos, totalmente desassistido pela União”.

O candidato do PT afirmou que “vamos fazer como no tempo do ex-presidente Lula que bastou a gente regar um pouquinho, bastou a gente semear um pouco que o Nordeste brotou com força”.

A candidata a vice, Manuela d’Ávila, disse que o povo da Bahia está mostrando para o Brasil todo “a força da nossa ideia de um Brasil que olha para o seu povo”, em que as mulheres têm escolas para seus filhos, com universidades e escolas técnicas para todos. E finalizou: “É esse Brasil que a gente quer construir com vocês”.

Antes, neste sábado, Haddad esteve no município de Vitória da Conquista apresentando o seu plano de governo.


Desempenho de Alckmin em pesquisa frustra aliados, aponta coluna

 Sábado, 15 de Setembro por Juliana Ribeiro

Os aliados de Geraldo Alckmin (PSDB) não estão nada satisfeitos com a oscilação do candidato à Presidência da República nas pesquisas de intenção de voto. O último levantamento, divulgado pelo Datafolha na noite dessa sexta-feira (14), mostrou que o tucano passou de 10% para 9% (veja aqui), surpreendendo o grupo político que esperava o inverso.

Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, o temor se deve ainda ao fato de que o candidato do PT, Fernando Haddad, cresceu a ponto de empatar com Ciro Gomes (PDT), “tomando” votos que antes eram indicados para Marina Silva (Rede). Diante desse cenário, os políticos que comandam a coligação do PSDB querem que Alckmin retome os ataques pesados a Jair Bolsonaro, que está internado para se recuperar da facada que o atingiu no último dia 6


Estado de Bolsonaro é estável e não apresenta complicações, dizem médicos

 Sábado, 15 de Setembro por Juliana Ribeiro

“Hoje prosseguirá com sessões de fisioterapia, incluindo exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular”, informou o boletim médico

O boletim médico divulgado na manhã deste sábado (15) informou que o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do centro médico, onde “encontra-se afebril e sem outros sinais de infecção. Evolui sem dor, recebendo as medidas de prevenção de trombose venosa.”

“Hoje prosseguirá com sessões de fisioterapia, incluindo exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular”, termina o comunicado divulgado neste sábado.

Bolsonaro está internado no Einstein desde o último sábado (9), um dia após ele sofrer ataque com facada no abdômen durante ato de campanha e passar por cirurgia em Juiz de Fora (MG).


Zé Ronaldo promete criar hospital regional de alta complexidade em Jacobina

Sábado, 15 de Setembro por Camila Matos /Foto: Divulgação

O candidato José Ronaldo (DEM) prometeu criar um hospital regional em Jacobina, na região do Piemonte da Diamantina. Além de Jacobina, Ronaldo esteve em campanha nesta sexta-feira (14) pelas cidades de Antônio Gonçalves, Pindobaçu, Saúde, Caldeirão Grande e Caém. Em discurso, o candidato disse que uma unidade de saúde de alta complexidade que existia na região “foi fechada em 2013, pelo governo do Partido dos Trabalhadores (PT), prejudicando e dificultando o atendimento dos pacientes”.

“Quase 2 mil leitos do SUS foram fechados em oito anos na Bahia. É inaceitável o descaso do PT com a saúde pública. As pessoas estão morrendo e, ao invés de abrirem hospitais e ampliarem o atendimento, eles fecham leitos”, discursou o candidato. Conforme Ronaldo, com o fechamento do antigo hospital, 18 municípios foram afetados. Zé Ronaldo concluiu a agenda de sexta em Jacobina, ao lado do prefeito Luciano da Locar, do vice-prefeito Cleriston Alves, dos candidatos ao Senado, Jutahy Magalhães Júnior e Irmão Lázaro, dos candidatos a deputado federal Elmar Nascimento, José Carlos Aleluia e Luciano Araújo, onde participou de uma carreata e conversou com lideranças, no Clube 2 de Janeiro.


Bahia lidera ranking de Estados com mais títulos de eleitores cancelados

Sábado, 15 de Setembro por Juliana Ribeiro Foto/ Divulgação

Pelo menos 3,6 milhões de brasileiros formam o grupo de pessoas que não poderão votar nas eleições deste ano porque não fizeram o recadastramento biométrico. Na lista, a Bahia aparece na liderança com um total de 710.636 mil cancelamentos.

O levantamento geral foi feito pelo G1 com base em dados de 862 cidades espalhadas em 17 estados do Brasil. De acordo com a publicação, outras unidades federativas em situação semelhante a da Bahia são o Paraná, com 700.688 mil títulos cancelados e São Paulo, com 375.169 mil. O prazo definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para os eleitores realizarem a biometria expirou no dia 9 de maio deste ano. Com a eleição em outubro, o cadastro eleitoral será reaberto apenas no dia 5 de novembro.


Em Vitória da Conquista; Haddad diz que PT precisa ganhar eleição e exalta Lula: ‘Prenderam o cara errado’

 Sábado, 15 de Setembro por Juliana Ribeiro

“Se ele tivesse a candidatura confirmada, ele venceria no primeiro turno”, disse o petista sobre o ex-presidente

Imagem: Carlos Casaes/ Divulgação

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, voltou a citar o ex-presidnete Luiz Ináco Lula da Silva em seu discurso durante uma to de campanha, na cidade de Vitória da Conquista, na manhã deste sábado (15).

Ao lado do governdor do estado e candidato à reeleição, Rui Costa (PT), e da candidata a vice-presidente, Manuela D’Ávila, Haddad disse que “prenderam o cara errado”.

“Eles já devem ter percebido que prenderam o cara errado e, desde que prenderam o cara errado, ele só cresce nas pesquisas. Se ele tivesse a candidatura confirmada, ele venceria no primeiro turno. As ideias de Lula estão mais soltas que nunca. O paíss é soberano, temos que parar de entregar nossas riqueza para os gringos e ficar com o que é nosso”, ressaltou.

“Nós temos que ganhar a eleição no dia 7 de outubro para dar uma resposta ao golpe. Temos na Bahia o maios especialista em ganhar a eleição, que é o Jaques Wagner; ele ganhou uma, duas, três vezes e vai ganhar mais uma com o Rui Costa e no primeiro turno”, completou.

Já Rui Costa, disse em discurso, antes de Haddad, que o “Brasil vai voltar a crescer” e que o correligionário representa o crescimento.

Rui e Haddad seguem para Jequié, onde realizam caminhada às 11h30. Depois, Rui segue para Manoel Vitorino, onde faz a terceira caminhada do dia, desta vez sem a presença do presidenciável.


Brumado: Casa pega fogo após fogos de artifício soltos durante passagem de Rui

Sábado, 15 de Setembro por Camila Matos /Foto: Reprodução / 97 News

Brumado: Casa pega fogo após fogos de artifício soltos durante passagem de Rui

Uma casa sofreu um incêndio na tarde desta sexta-feira (14) em Brumado, na região do Sertão Produtivo, sudoeste. Segundo o site 97 News, a suspeita é que as chamas ocorreram em decorrência de fogos de artifício que eram soltos durante caminhada do governador Rui Costa, que fazia campanha na cidade. Uma fumaça tomou conta da rua, o que apressou a atividade do governador no local.

Mesmo com o susto, ninguém ficou ferido. Também não houve registro de problemas com os participantes do evento. Ainda segundo o site, os fogos foram soltos por membro da campanha de Rui em Brumado. Os fogos caíram na residência, que estava fechada há meses, e, em segundos, a fumaça cobriu o local. As chamas foram controladas por moradores vizinhos da casa.


Gilmar Mendes acata recurso e manda soltar Beto Richa

Sábado, 15 de Setembro
Gilmar Mendes acata recurso e manda soltar Beto Richa

Foto: Reprodução / Gazeta do Povo

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) deixou a prisão na madrugada deste sábado (15) onde estava detido desde a terça-feira (11) em Curitiba (ver aqui). Richa foi beneficiado por um habeas corpus concedido na noite desta sexta-feira (14) pelo ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal (STF). Conforme o G1, o ex-governador estava preso no Regimento da Polícia Montada, no bairro Tarumã, em Curitiba.

Segundo a Coluna de Mônica Bergamo, da Folha, foram também soltos por decisão de Mendes, a mulher do ex-governador, Fernanda Richa; o irmão de Richa e ex-secretário de Infraestrutura, Pepe Richa; o ex-chefe de gabinete, Deonilson Roldo; e o ex-secretário Ezequias Moreira. Richa

Conforme o Ministério Público, Beto Richa é suspeito de liderar uma organização criminosa que ordenava o recebimento de propinas de fornecedores do governo do Paraná. Ele foi detido na 53ª fase da Operação Lava Jato deflagrada na última terça-feira (11). Um dos mandados de busca e apreensão foi cumprido em Salvador em que o alvo é um empresário com residência na capital baiana


Datafolha: Bolsonaro lidera com 26% Ciro e Haddad empatam em 2° lugar com 13%;

Sexta, 14 de Setembro ás, 19:21 Foto: Reprodução / G1

Apresentado oficialmente como o candidato substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições deste ano, Fernando Haddad (PT) alcançou o segundo lugar em uma nova pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (14). O ex-prefeito de São Paulo foi de 9% para 13% no novo estudo e empatou com o segundo colocado, Ciro Gomes (PDT). O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, ainda lidera as intenções de voto com 26%. 

Empatado numericamente com Ciro e Haddad, o tucano Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 10% para 9%. Em curva francamente descendente, Marina Silva (Rede) caiu de 11% para 8% e hoje tem metade das intenções de voto que tinha quando sua candidatura foi registrada em agosto.

Datafolha: Ciro e Haddad empatam em 2° lugar com 13%; Bolsonaro lidera com 26%

O levantamento do Datafolha foi feito entre quinta-feira (13) e sexta (14), ouvindo 2.820 eleitores em 187 cidades, com uma margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela Rede Globo e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) BR 05596/2018.

Os resultados da pesquisa foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 26%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Fernando Haddad (PT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 8%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 3%
João Amoêdo (Novo): 3%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 13%
Não sabe/não respondeu: 6%