“Febre pró-Bolsonaro” em MG pode derrubar candidatura de Dilma

Domingo 23 de Setembro por Juliana Ribeiro/Foto: Reprodução

Justamente Minas Gerais, o estado onde ocorreu o atentado contra o candidato à presidente da República Jair Bolsonaro, vive atualmente um momento de êxtase, que no meio político vem sendo tratado como “febre pró-Bolsonaro”.

Deputados de outros partidos, relata o jornal Folha de S.Paulo, estão “irritados, praguejam o que chamam de ódio irracional e relatam que o PSL está furando o teto do antipetismo na região, sendo encarado agora como a opção ANTISSISTEMA”.

Ainda segundo a Folha, “o clima na cúpula da campanha de Geraldo Alckmin, o presidenciável do PSDB que teve o crescimento travado pela evolução da candidatura de Bolsonaro, é quase de resignação. ‘Não há nenhuma racionalidade. Tem que aceitar, não dá para tentar entender’, diz um aliado do tucano”.

Por outro lado, atento observador, percebe que a tal “febre” tem força suficiente para também frear a candidatura da ex-presidente Dilma Rousseff e culminar numa inusitada “zebra” eleitoral no próximo dia 7 de outubro, com uma acachapante derrota da petista.

A derrota de Dilma seria ótima para o país. Uma demonstração de maturidade do eleitorado.

A conferir…


Aconteceu na Bahia: mulher se joga de prédio para escapar de incêndio em Senhor do Bonfim

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro/ Foto; Reprodução

Uma mulher se jogou do primeiro andar de um prédio de Senhor do Bonfim, Norte Baiano, para fugir de um incêndio que atingiu o imóvel, na tarde deste sábado (22). A cena foi gravada com um celular por uma das pessoas que estavam na rua e presenciaram a fumaça. Um idoso de mais de 70 anos, que mora no mesmo apartamento da mulher e que também estava no imóvel no momento do incêndio, foi socorrido com vida pelo Corpo de Bombeiros.

As chamas iniciaram numa loja de roupas que fica no térreo. Não há informações sobre o que provocou o fogo, que se alastrou rapidamente e desutruiu o estabelecimento comercial. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ajudou a debelar o incêndio. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde da mulher e do idoso, que foram levados para unidades hospitalares.


Haddad é vaiado por petistas ao citar viúva de Eduardo Campos em PE

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro/Foto:

Ele também foi vaiado ao mencionar Paulo Câmara, aliado do PSB, que apoiou impeachment de Dilma

Candidato foi vaiado ao falar da viúva de Eduardo Campos e logo recorreu a Lula para ser aplaudido. Foto: Divulgação

O candidato Fernando Haddad (PT) foi vaiado por militantes petistas, em Pernambuco, na manhã deste sábado (22), ao mencionar, durante discurso, os nomes de Renata Campos e João Campos, viúva e filho do ex-governador Eduardo Campos respectivamente.

Em outros trechos de sua fala, sobretudo quando citava o ex-presidente Lula, foi bastante aplaudido.

No comício, parte do público também vaiou por várias vezes o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Em coro, o pessebista foi chamado de golpista. Toda vez que o locutor citava Paulo, vaias eram ouvidas.

O governador apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2016. Em Pernambuco, a vereadora Marília Arraes (PT) acabou sendo retirada da disputa após acordo nacional entre o PT  e o PSB. (mais…)


‘Não é possível que não tenham aprendido nada’, diz Ciro sobre o PT

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro /Foto: Dida Sampaio / Estadão

Presidenciável do PDT afirmou que posição do partido tem contribuído para clima polarizado e voltou a relacionar Haddad com políticos do MDB

Ministro do governo Lula e aliado histórico do PT, o candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT), voltou a fazer duras críticas ao Partido dos Trabalhadores durante sua passagem por Salvador neste sábado (22). De acordo com Ciro, o partido perdeu a noção da política e tem contribuído para o clima polarizado do Brasil.

“Infelizmente há uma fração do PT dominado por uma cúpula que perdeu completamente a noção de Brasil. E para eles a política é um fim em si mesmo. Pra essa gente temos só que enfrentar do mesmo jeito que temos que enfrentar os fascistas da direita. É o mesmo comportamento”, afirmou.

Ciro falou ainda sobre sua atuação junto ao partido em momentos importantes e voltou a questionar a posição do PT no atual momento político nacional.

“Eu ajudei o Lula durante dezesseis anos, eu ajudei a Dilma já que o Ceará foi o único estado do Brasil que deu dois terços dos votos contra o Impeachment, ajudei contra a tentativa de golpe do mensalão. E agora que eu estou tentando construir um caminho para que o Brasil não tenha que se subordinar a esse enfrentamento que está rachando a sociedade, não é possível que eles não tenham aprendido nada”, avaliou.

“A gratidão pelo Lula, eu tenho. Não sou um cara que chegou ontem e todas as vezes que o Lula precisou de mim, eu estava do lado dele. E agora esse grupo tarado do PT resolveu aperfeiçoar a luta do Bolsonaro. Porque pra eles pode acreditar, é melhor que o Bolsonaro possa destruir o Brasil para que eles se apresentem de novo com a mentira deles”, atacou.

Haddad e o MDB – Ao falar do adversário Fernando Haddad (PT), Ciro voltou a relacioná-lo com políticos do MDB que defenderam o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

“A Dilma desastrou o Brasil. Não que ela seja má pessoa, mas chamou o Levy pra cuidar da economia do país. E agora o Haddad tá agarrado com o Renan Calheiros em Alagoas e com o Eunício Oliveira no Ceará. Então, o povo que decida”, disse.


Zé Ronaldo critica ausência de ambulâncias do SAMU em Macaúbas

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro/ Foto /Divulgação

Candidato democrata atacou gestão do governador Rui Costa por “promessas não cumpridas

Candidato da coligação Coragem para Mudar a Bahia, o ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (DEM), criticou a gestão do governador Rui Costa (PT) durante passagem por Macaúbas, a 673 quilômetros de Salvador. Na cidade, o democrata cobrou o petista pela entrega de ambulâncias  que foram prometidas.

“Eles prometeram a vocês a construção de uma clínica de hemodiálise e nada foi feito. Esse governo não consegue trazer para Macaúbas sequer uma ambulância do SAMU”, disse

Ronaldo afirmou ainda que outras promessas de governo do petista também foram esquecidas e que a Câmara dos Vereadores da cidade já indicou a insatisfação. “O repúdio a esse governo não deve ocorrer apenas por meio de nota da Câmara de Vereadores. Eu peço a vocês um voto de confiança. Vamos repudiar esse governo que nada faz por vocês no dia 7 de outubro”, criticou.


Colega de partido, Popó critica Ciro: ‘Brigador de rua na corda do chiclete’

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro/Foto: Rodrigo Aguiar / bahia.ba

Presente em ato do presidenciável do PDT, ex-pugilista afirmou que não possui candidato e que partido apenas “lhe concedeu a legenda” para a disputa pela Câmara Federal

Presente no comício do presidenciável do seu partido, o PDT, o candidato a deputado federal e ex-pugilista Popó, fez duras críticas a Ciro Gomes pela confusão em que o mesmo se envolveu com um jornalista em Roraima no dia 15 de setembro.

“Atitude infantil, que nós como atletas e candidatos, abominamos. Temos que fazer política com ordem e decência e ouvir de tudo. Principalmente a raiva da população”, falou Popó antes de ironizar:

“Dá pra ser lutador de boxe, apesar de que lutador de boxe não é temperamental. Quando você ouviu falar de um lutador de boxe dando soco em alguém na rua? Esse daí é como se fosse um brigador de rua na corda do chiclete”, disse.

Popó afirmou ainda que mesmo que concorra pelo mesmo partido, se vê como “apartidário” e o PDT teria apenas concedido a legenda para que ele disputasse a eleição. De acordo com o ex-pugilista, nenhum candidato tem seu voto pela ausência de bons projetos para o país.

“Não tenho candidato. Gostaria até de ter e dizer com segurança, mas infelizmente não vejo nenhum com um projeto que realmente vá me convencer que meu filho está em boas mãos, meus netos estão em uma boa escola. Não vejo nenhum. Só vejo candidato falando que vai tirar demônio, tirar gente do SPC e cortar os pintos das bichas. Não vejo proposta nenhuma”, afirmou.

Popó disse ainda que a sua presença no ato pró-Bolsonaro do próximo domingo (23) será apenas para fins de campanha.

“Eu vou lá fazer campanha. Não vou lá ser Bolsonaro. Vou lá fazer campanha, dar meu papelzinho. Sou apartidário, o partido só me deu a legenda. E quem vota em Bolsonaro pode votar em mim, pois não vota por partido”, esclareceu.


Durante visita a Porto Seguro, Rui promete instalação de unidade de saúde

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro/Foto: Carlos Casaes / Divulgação

O governador e candidato à reeleição Rui Costa visitou neste sábado (22) a cidade de Porto Seguro e prometeu investimentos na área de saíde para a região. Ele assegurou a estruturação da oncologia com implantação da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), com 78 leitos, sendo dez de UTI.

A Unacon de Porto Seguro deve ser instalada com a requalificação do Hospital Regional da Costa do Descobrimento, também habilitado para Assistência de Alta Complexidade Cardiovascular. Segundo Rui outras quatro unidades desse tipo serão implantadas no interior do estado.

Porto Seguro foi a centésima cidade visitada pelo candidato durante a campanha deste ano. Ele espera passar por 120 municípios até a eleição do dia 7 de outubro.


‘Primeiro tiro que Bolsonaro dará será no bolso do contribuinte’, diz Alckmin em Salvador

Sábado, 21 de Setembro por Juliana Ribeiro/foto Reprodução

“Vejo um candidato que quer resolver tudo na bala e o primeiro tiro que ele dará será no bolso do contribuinte”

Geraldo Alckmin, candidato do PSDB à Presidência da República, voltou a atacar Jair Bolsonaro (PSL) durante sua passagem por Salvador, nesta sexta-feira (21). O tucano vem aumentando o tom dos ataques contra o adversário nos últimos dias, como forma de captar votos do deputado federal. 

“O Brasil já tem problema demais. Nós não podemos ter um presidente para ser mais um problema. Precisamos de um presidente para resolver”, discursou Alckmin durante comício no Pelourinho. Ao lado de ACM Neto (DEM), José Ronaldo (DEM) e outras figuras do centrão, partidos que fazem parte da sua base aliada, o candidato também criticou o economista de Bolsonaro, Paulo Guedes, que recentemente defendeu o retorno da CPMF.

“Vejo um candidato que quer resolver tudo na bala e o primeiro tiro que ele dará será no bolso do contribuinte”, citou o ex-governador de São Paulo sobre a declaração de Guedes. 

Candidato do PT, Fernando Haddad também foi alvo de ataques pelo tucano. “O sonho de todo pai, de todo avó, de todo trabalhador, é o emprego e a renda. Esses 13 milhões de desempregados no Brasil é obra do PT. Foi dona Dilma e o PT os responsáveis. Haddad não conseguiu dar conta da prefeitura de São Paulo. Como vai dar conta do Brasil? Não vai”, completou. 

A estratégia de atacar os adversários pretende reverter a situação do ex-governador de São Paulo nas eleições deste ano. Alckmin está estagnado com 9% das intenções de voto, de acordo com a última pesquisa Datafolha


Bolsonaro sobe para 33% e Haddad vai a 16% em nova pesquisa BTG/FSB

Sábado, 21 de Setembro por Juliana Ribeiro/foto Reprodução

A pesquisa do BTG é a que tem dado maior pontuação a Bolsonaro na comparação aos outros levantamentos

São Paulo – Uma pesquisa de intenção de votos divulgada e feita pelo banco BTG Pactual em parceria com o Instituto FSB, traz Jair Bolsonaro (PSL) na liderança com 33% das intenções de voto.

Ele subiu três pontos percentuais em relação ao levantamento de uma semana atrás, fora da margem de erro.

pesquisa do BTG é a que tem dado maior pontuação a Bolsonaro na comparação aos outros levantamentos como o Datafolha e o Ibope.

Fernando Haddad(PT) dobrou suas intenções de voto de 8% para 16% após ter sido confirmado oficialmente como candidato no lugar de Luiz Inácio Lula da Silva.

Ciro Gomes  (PDT), subiu dentro da margem de erro e chegou a 14%, ante 12% da semana anterior. Geraldo AlckminPSDB) tem 6% e Maeina Silva (Rede) tem 5%.

9% disseram não votar em ninguém, 2% votariam nulo ou em branco e 4% não souberam responder. 1% dos entrevistados não responderam à pesquisa.


Bolsonaro tem alta da unidade de terapia semi-intensiva e vai para quarto

Sábado, 22 de Setembro por Juliana Ribeiro

Internado há duas semanas em São Paulo após ser atacado por uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG), candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, recebeu alta do tratamento semi-intensivo na manhã deste sábado (22).

De acordo com o G1, ele será transferido para um quarto e continua com a dieta oral. Os médicos também começaram a reduzir o fluxo de alimentação parenteral (nutrientes na veia). Bolsonaro está aceitando bem os alimentos por via oral.

Em postagem em uma rede social na manhã deste sábado, Bolsonaro afirmou que conhecer o país apenas em períodos eleitorais é oportunismo político.