MP solicita prisão preventiva de Garotinho

Sábado, 03 de Maio, por Juliana Ribeiro -Foto: Renato Araújo/ABr.

Os promotores afirmam que o ex-governador do Rio de Janeiro ameaçou de morte algumas testemunhas de acusação

Foto: Renato Araújo/ABr

O Ministério Público (MP) do Estado do Rio solicitou a prisão do ex-governador Anthony Garotinho. A solicitação foi feita ao juizado da 100ª Zona Eleitoral de Campos dos Goytacazes, onde o processo contra ele, por distribuição de cheques-cidadão na última eleição para prefeito, tramita.

Garotinho havia sido preso em 17 de novembro de 2016 e chegou a ser levado ao Complexo Prisional de Gericinó, em Bangu. Depois disso, no entanto, conseguiu ser transferido para prisão domiciliar e posteriormente teve a liberdade concedida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio de um habeas corpus.

O MP alega, no pedido, que Garotinho estaria pressionando e constrangendo testemunhas do processo, através de redes sociais, por meio de um blog que ele mantém na internet. Os promotores afirmam que Garotinho também ameaçou de morte algumas testemunhas de acusação.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas