Meirelles anuncia corte de R$ 42,1 bi nas despesas federais

Quinta, 30 de Março por Juliana Ribeiro //Foto: Reprodução

Segundo ministro da Fazenda, não haverá criação de imposto novo. Carga tributária sofrerá aumento

Ao contrário do que se esperava, com a criação de novos tributos e um corte menor no orçamento, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou nesta noite de quarta-feira (29), o corte de  R$ 42,1 bilhões das despesas públicas federais de para o cumprimento da meta fiscal do ano.

Ao anunciar o corte, o ministro ressaltou que há expectativa de que esse valor “seja substancialmente reduzido” após o reconhecimento de precatórios que não foram sacados pelos beneficiários e poderão voltar ao caixa do Tesouro Nacional.  “Nossa expectativa é que esse número (do corte) seja substancialmente reduzido, principalmente pelo reconhecimento dos precatórios. Estamos conversando com o Conselho de Justiça Federal e mostramos que é importante que tenhamos acesso a esses recursos”, afirmou.

Segundo Meirelles, o valor dos precatórios é de R$ 8,7 bilhões e não podem retornar ao caixa do Tesouro ainda por precisarem de liberação judiciária. “São recursos que já estão à disposição da União. À medida que esses recursos sejam liberados, vai diminuir substancialmente o valor contingenciado”, disse.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas