Lula chama Joesley de ‘canalha’ e diz: ‘Tá na hora de parar de palhaçada’

Sexta-feira 02 de Junho por Camila Matos,

O ex-presidente atacou a Operação Lava Jato e também criticou o PT, que para ele adotou um discurso focado apenas na própria militância

Foto: Ricardo StuckertFoto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou de “canalha” o empresário Joesley Batista, da J&F, que, em delação premiada, disse que pagou propina no valor de US$ 150 milhões para o petista e sua sucessora Dilma Rousseff por meio de contas no exterior.

“Um canalha de um empresário diz que fez uma conta no exterior pra mim e pra Dilma, mas a conta está no nome dele e ele que mexe na grana [plateia ri]. Tá na hora de parar de palhaçada, que o país não aguenta mais viver nessa situação, nesse achincalhamento”, completou o ex-presidente, sobre a Operação Lava Jato. A fala aconteceu durante o seu discurso na abertura do 6º Congresso Nacional do PT, em Brasília, na noite desta quinta-feira (1º).

Réu em cinco ações penais, Lula repetiu que “já provou” sua inocência e agora quer que “eles provem minha culpa”: “Eu não quero que vocês se preocupem com o meu problema pessoal, esse eu quero decidir com o representante do Ministério Público da Lava Jato”.

Reconexão – O ex-presidente também criticou o PT, que para ele adotou um discurso focado na própria militância, e recomendou que o partido se reconecte à esquerda e radicalize posições, se quiser voltar a governar o país a partir de 2018. Até o sábado (3), dirigentes do PT vão eleger o novo presidente da sigla – a favorita é a senadora Gleisi Hoffmann (PR), ré na Lava Jato


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas