Irajuba:Presidente da APLB diz que Prefeito não cumpriu com o que foi prometido a categoria

Sexta feira, 05 de maio por  Juliana Ribeiro -Foto: Ascom Aplb sindicato Irajuba
JOSÉ CARLOS (BIM) PRESIDENTE DA APLB-SINDICATO IRAJUBA, EM EVENTO REALIZADO EM JEQUIÉ 

Em Irajuba, cidade localizada no vale do Jequiriça o impasse entre executivo e professores continuam por descumprimento do  Piso Salarial  – Lei nº 11.738, em reunião no dia 08 de Março entre representantes da  APLB núcleo Sindical de Irajuba e o  Prefeito Jerônimo Santos (PSD), para discutir o cumprimento do piso e outros assuntos de interesses dos educadores do município onde o mesmo Veja Aqui.Garantiu que iria atender todas as reivindicações .Com relação ao pagamento do piso nacional dos professores em vigor desde Janeiro do ano em curso. De acordo com as informações a  redação do Blog nesta sexta 05/04 o presidente dá APLB/IRAJUBA, o Prefeito deu a sua palavra que pagaria em março ou abril e o retroativo referente a janeiro, fevereiro e Março seriam diluído nos meses subsequentes. Já os professores e funcionários de escolas que ganham acima do mínimo ficaram esperançosos que seus vencimentos seriam pagos corretamente, no entanto em Março isso não aconteceu e os professores foram surpreendidos no dia 04/05/17 ao perceberem que o prefeito não cumpriu com o que foi prometido a categoria.

Veja no Painel 
Repasses do Governo Federal para os favorecidos situados no município em março de 2017:R$ 1.214.987,04
Repasses do Governo Federal para os favorecidos situados no município acumulado em 2017:R$ 4.264.565,37

José Carlos afirma ainda que as alegações em não poder cumprir com a lei 11.738, segundo a gestão é por conta do índice de pessoal. no entanto o que observamos é que os recursos do  Fundeb estão sendo usados para cumprir as promessas eleitoreira, fazendo assim da educação cabide de emprego, aumentando mais ainda o índice e deixando cada vez mais os professores revoltados e com certeza afetando o seu rendimento nas salas, dessa maneira a categoria já se pepara para a qualquer momento deflagrar greve na educação Municipal.O interessante é que na abertura do ano letivo o prefeito deixou claro que iniciava verdadeiramente um novo ano letivo no município, com a educação sendo o carro chefe da administração ‘ a menina dos olhos’ e que faria tudo para aumentar o IDEB no município e hoje observamos que foram apenas falácias, não só pelo não pagamento do piso, mas por outros problemas estruturais que as escolas vem enfrentando. mas a APLB não para em buscar soluções para esse impasse e já tem uma  uma nova data para audiência e conseguir o melhor para os professores, funcionários de escolas e com certeza os nossos alunos que merecem uma educação de qualidade para estarem aptos as disputas , rumo as Universidade em buscas de dias melhores.

Fonte e informações via APLB/IRAJUBA – Matéria blogcafebule
Matérias Relacionadas

Irajuba: Jhonny Franco (PMDB) acusa o Prefeito Jeronimo Santos (PSD), por não cumprir a Lei nº 11.738,do Piso Salarial dos Professores!


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas