Falecida em Salvador Corpo de Stela Dubois, será sepultado amanhã, em Jaguaquara

Terça feira 18 de Abril por Juliana Ribeiro via Bmf
Professora Stela Dubois faleceu aos 78 anos. Foto: Arquivo familiar
Faleceu em Salvador, na madrugada desta terça-feira (18), onde realizava tratamento médico no Hospital da Bahia, há mais de dois meses, após ter sido acometida por enfermidade a professora Stela Dubois, aos 78 anos. Stelinha, que deixa filhos e netos, era filha dos professores Carlos Dubois e Stela Câmara Dubois; casal que ao lado dos filhos René, Stela e Emilie marcou a história do tradicional Colégio Taylor-Egídio e da Igreja Batista, além de ter sido fundador da Santa Casa de Saúde e Maternidade Maria José de Souza Santos-SBOTE,

O corpo da professora Stela Dubois, uma das históricas educadoras do município de Jaguaquara, de acordo com as informações do  BMFranh , o sepultamento será na quarta-feira, às 10h, no Cemitério Municipal do bairro Palmeira. O corpo será velado na Igreja Batista, na Avenida 2 de Julho, na Muritiba. A Prefeitura de Jaguaquara decretou luto oficial na cidade. Nascida na sede da Fazenda Bela Vista, em Jaguaquara, em 1938, Stelinha tem uma história que se confunde com a história do Colégio Taylor-Egídio. Filha de Carlos e Stela Dubois, ela sempre estudou no Taylor, da alfabetização ao curso de magistério de 1º grau. Assumiu a direção do colégio de 1993 a 2010, deixando um legado de amor e fé na vida de ex-alunos, professores e da comunidade jaguaquarense. Stela Dubois era Educadora, psicóloga e musicista. Em nota, a Convenção Batista Baiana lamentou o seu falecimento.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas