Com inadimplência, apenas 80 municípios se inscrevem em edital de festas juninas

Sexta, 09 de Junho de 20, por Luana Ribeiro

Com inadimplência, apenas 80 municípios se inscrevem em edital de festas juninas

Foto: Reprodução / Facebook

Após dois adiamentos da seleção pública para patrocínio de festas juninas dos municípios, encerrado nesta terça-feira (6), apenas 80 prefeituras se inscreveram para receber recursos da Bahiatursa para promover os festejos. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (8) pelo secretário de Relações Institucionais (Serin), Josias Gomes. “Fizemos dois adiamentos para que pudéssemos atingir o maior número de munícipios possíveis, não passou de 80 municípios. Os que conseguiram resolver farão os convênios, vamos começar a efetuar o repasse dos recursos”. Para firmar a parceria, os Municípios não podem estar inadimplentes e ter suas contas regularizadas. De acordo com Josias, a quantidade de prefeituras que conseguiram patrocínio foi semelhante ao último ano – menos de 90 gestores. Diante da situação, o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), prefeito de Bom Jesus da Lapa, se manifestou publicamente, sugerindo que o governador autorizasse a contratação direta de produtoras e atrações pela Bahiatursa. “Ocorre que o pleito feito pelo presidente carece de uma sustentação financeira do Estado também para atender a demanda. Se não todos, mais de 90% fazem os festejos juninos. Aí reside o problema, o Estado não é capaz de atender todos os municípios”, afirma o secretário. Josias afirma que o governo deve pensar como atender a mais municípios, mas, a 16 dias do São João, não é foco prioritário. “Não estamos pensando como solucionar essa questão agora não. Primeiro vamos ver o fluxo de caixa para os que estão com a situação de adimplência”, explica. De acordo com o titular da Serin, os recursos concedidos variam entre R$ 30 mil e R$ 100 mil. Segundo Josias, é considerado o histórico de festas juninas da cidade, entre outros critérios. “Tem várias questões que são cortejadas, têm municípios tradicionais. O governador decide o quanto vai ser vai ser destinado a cada um deles.

OBS: Segundo a Bahiatursa os Municípios devem apresentar adimplência total com:CAUC ;SICOM E TCM

Todos os documentos exigidos e as certidões devem ser apresentados juntamente.
A Bahiatursa não aceita receber o processo com pendencia e apresentar complementação posterior.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas