468 anos: pontos turísticos revelam uma Salvador de contrastes

Quarta, 29 de Março por Juliana Ribeiro // Foto:Reprodução BNews

Nesta quarta-feira (29), Salvador acordou mais velha. Cercada de incríveis belezas naturais, a capital baiana completa 468 anos de história. Notada pela sua riqueza cultural, gastronomia, música e arquitetura, a cidade também é conhecida pelos os seus pontos turísticos emblemáticos. Seja o Farol da Barra, Elevador Lacerda, Mercado Modelo ou o Pelourinho, o que não falta, são locais mágicos que embelezam ainda mais a primeira capital do Brasil.
Com tantos cartões postais, fica fácil notar as diversas mudanças sofridas nas atrações turísticas espalhadas pela cidade. E não é preciso andar muito para se deparar com essas transformações. Quem passa pelos bairros do Rio Vermelho, Barra, Itapuã ou no Passeio Público percebe o quanto esses locais mudaram.
Pensando nisso, a reportagem do Bocão News  / BlogCafenobule, separou alguns dos principais pontos turísticos da capital baiana para mostrar benefícios e malefícios apresentados pelos locais nesses 468 anos. Veja continue lendo

(mais…)


Tremor sentido na Bahia não foi abalo sísmico, diz centro

Segunda, 27 de Março por Camila Matos /  Foto Divulgação

De acordo com o Centro de Sismologia da USP ainda não há diagnóstico conclusivo sobre as causas dos tremores, mas linha de investigação já tem uma hipótese

O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) disse que os Tremores que atingiu Salvador, na manhã deste domingo e cidades da Região Metropolitana na manhã deste domingo (26) não foi um abalo sísmico. Conforme nota divulgada no site do centro, no final na noite desde domingo, “caso as vibrações tivessem sido causadas por um tremor de terra, o tamanho da área de percepção teria um raio de 20 km, e indicaria uma magnitude de pelo menos 3 na escala Richter” o que não aconteceu, pois nenhuma das estações da Rede Sismográfica Brasileira registrou qualquer sinal que pudesse ser associado a um abalo sísmico na capital baiana e adjacências.

Ainda de acordo com o órgão, os tremores e trepidações ainda não têm uma causa conhecida, mas uma possível linha de investigação sugerida é a quebra de barreira do som por jatos da Força Aérea nacional.

Meteoro – Já o geólogo Carlos Uchoa apontou, em entrevista para o Jornal da Manhã da TV Bahia desta segunda-feira (27), a possibilidade da queda de um meteoro ou uma reativação de uma falha geológica ter provocado o estrondo e tremores.

De acordo com especialista, há duas hipóteses: “uma é reativação de falhas geológicas na Baía de Todos-os-Santos, isso é comum ao longo das últimas décadas, vários sismos têm acontecido lá. E como teve relato de feixe de luz, é possível que tenha sido a queda de um meteoro que causou o barulho e o tremor nas casas das pessoas”.

 


A Bahia perde Eliana Kertész

Segunda, 27 de Março por Camila Matos /  Foto: Divulgação

A Bahia perdeu uma das artistas plásticas mais brilhantes de sua história. Eliana Kertész faleceu na manhã deste domingo (26), aos 71 anos, em Salvador, vítima de câncer. A cerimônia de cremação da artista e ex-vereadora aconteceu neste domingo, no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, às 17h.

A vida

Maria Eliana Pires Mascarenhas Kertész nasceu em Conceição da Feira, no Recôncavo Baiano, em 1945, e já aos seis anos mudou-se para Salvador, onde formou-se em administração pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Lá, conheceu Mário Kertész, com quem viria a se casar em 1971 e ter os filhos Marcelo, Maria Eduarda, Mariana e Francisco.

Especializada em ciências políticas e planejamento econômico, ela filiou-se ao PMDB, em 1981, um ano antes de se candidatar a vereadora. Em 1982, elegeu-se com 94 mil votos – o equivalente a 17,3% dos votos válidos, na maior votação para o cargo no país inteiro e até hoje uma marca inigualada entre as capitais.

Na segunda administração de Mário Kertész como prefeito de Salvador, Eliana licenciou-se do cargo e assumiu a Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Posteriormente, também foi coordenadora do Turismo da Bahia.

Já fora da vida pública, descobriu as artes em 1991. Autodidata, desenvolveu suas técnicas e deu à luz as primeiras 33 gordinhas, expostas pela primeira vez na galeria Paulo Darzé, em Salvador. O sucesso das esculturas – que começaram em barro e posteriormente evoluíram por pó de mármore, resina, bronze e fibra de vidro -, foi imediato e gerou outros inúmeros convites.

“Elas têm um pouco da minha rebeldia em não aceitar a ditadura e a imposição da beleza magra. As pessoas vivem em função não da felicidade, mas da magreza”

A partir daí, a mulher que fez história na política baiana passou a deixar sua marca também nas artes plásticas, expondo em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Macau, Lisboa, Firenze, Roma e Paris, entre outras. Na Bienal de Roma, em 2004, Aleluia, uma negra em resina, foi premiada. Naquele ano, a artista publicou o livro Gordas, com memórias de sua vida entremeadas a imagens de suas obras.

Os soteropolitanos também aprenderam a admirar o talento de Eliana Kertész. As “Meninas do Brasil” viraram ponto turístico e de referência na capital baiana, ficando conhecidas informalmente como as ‘Gordinhas de Ondina’. No último Carnaval, um painel com uma das esculturas foi exposto para os foliões do mundo inteiro no circuito Dodô.

Em 2014, as mulheres sensuais e “redondas como o mundo” estrelaram a mostra Mulheres do Brasil, no Palácio da Alvorada. À época, a então presidente Dilma Rousseff exaltou a genialidade de Eliana e sua capacidade de revelar as nuances da cultura tropical. “Nas curvas das esculturas de Eliana, há a alma da mulher brasileira. O padrão de beleza que ela mostra nos envolve e nos cativa”, declarou Dilma.

Eliana Kertész deixa quatro filhos e oito netos.


Tremor atinge Salvador, Lauro de Freitas e Itaparica na manhã deste domingo

Domingo, 26 de Março, por Juliana Ribeiro Foto: Divulgação

Um tremor de terra de origem desconhecida atingiu a capital baiana na manhã deste domingo (26). O fenômeno, de origem ainda desconhecida, pôde ser ouvido na Paralela, Politeama, Graça, Pituba, Santo Antônio Além do Carmo, Castelo Branco, Bonfim e outros bairros. “Eu ouvi, mas achei que foi alguém que bateu porta, algo assim. Moro no primeiro andar, qualquer coisa no ‘ap’ do lado ou embaixo faz um tremor”, comenta a assessora de imprensa Preta Oster, que mora na Vasco da Gama. Moradores de Brotas, Saúde, Barra e Federação afirmam ainda ter sentido a trepidação, com portas e janelas balançando. O susto também acometeu os moradores de Lauro de Freitas e da Ilha de Itaparica. Até o momento, a Capitania dos Portos desconhece o caso, mas ficou de investigar a situação. A imprensa tentou contato também com a Defesa Civil para apurar as causas do fenômeno, mas não houve retorno. No Observatório Sismológico da Universidade Brasília, que coordena todo o Brasil, não há nenhuma ocorrência registrada.


Subúrbio ganha intervenções em educação e da Defesa Civil

Sexta, 24 de Março, por Juliana Ribeiro  // Foto: Divulgação/Agecom

Duas importantes intervenções promovidas pela Prefeitura no Subúrbio Ferroviário foram destaque nesta sexta-feira (24), com a presença do prefeito ACM Neto e de gestores municipais. Uma delas foi a vistoria das obras de construção do Centro de Educação Integral (CEI) de Coutos. Em seguida, foi assinada a ordem de serviço para a implantação de geomanta em encosta na Rua Formosa de São João de Plataforma, em Plataforma.O CEI Coutos já em fase final de construção e deve ser inaugurado até o próximo mês, dentro das comemorações pelos 468 anos de Salvador. Com investimento de cerca de R$15,6 milhões, a nova unidade de ensino vai funcionar na Rua da Paz, s/n, e a proposta é de ser um centro educacional e multiuso, para a realização de diversas atividades para a comunidade.A estrutura é composta por cinco módulos e contará com ambientes como quadra poliesportiva, sala de alongamento, espaço de ciência e tecnologia, enfermaria, sala de aula para atividades de panificação e confeitaria, teatro, estúdio de áudio e vídeo, biblioteca e área de jogos. “O CEI Coutos é um dos maiores equipamentos já construídos pela administração municipal desde 2013. Ali funcionarão diversos serviços, a exemplo do primeiro Espaço Boca de Brasa. Estamos estudando a implantação de uma Escolab (Escola-Laboratório) e, possivelmente, será implantado também o primeiro Centro de Atenção a Crianças com Deficiência”, salientou o prefeito.

Com informações via Agecom/Ssa

Chuva: parte de teto de colégio desaba no Corredor da Vitória

quarta feira, 22 de Março ,por Camila Matos /Foto: divulgação

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) já registrou algumas situações provocadas pela chuva que cai na capital baiana nesta quarta-feira (22). A cobertura de uma área do Colégio Estadual Odorico Tavares, no corredor da Vitória, desabou por volta das 8h. A Codesal e uma equipe do Corpo de Bombeiros estão no local. De acordo com os bombeiros, o incidente foi no ginásio de esportes do colégio e ninguém ficou ferido.

Em contato com a imprensa, a Secretaria Estadual de Educação (SEC) informou que, a área que desabou já estava interditada e ninguém tinha acesso ao local. Ainda de acordo com a secretaria, as aulas estão suspensas por conta da paralisação contra a reforma da Previdência. A SEC disse também que, o processo para recuperação do espaço foi aberto e o incidente não vai alterar a rotina das atividades escolares.

De acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros, uma guarnição do 1º GBM foi deslocada por volta das 7h35 ao local e verificou que não houve feridos no desabamento de um muro dentro do colégio. Ainda segundo a nota, a Codesal foi acionada para adotar as medidas cabíveis.


Presidente da Embasa afasta possibilidade de racionamento de água em Salvador e a Região Metropolitana

Terça feira 21 de Março , por Juliana Ribeiro// Foto

001

Apesar da Embasa fazer publicidade pedindo que as pessoas economizem água, por conta da poucas chuvas nas regiões de barragem que abastecem Salvador e a Região Metropolitana, o presidente da empresa de economia mista, Rogério Cedraz, afastou a possibilidade de racionamento de água.
“A gente tem feito ações para impedir esse problema na Região Metropolitana de Salvador. Fizemos melhorias na barragem de Santa Helena, para garantir a operação”, afirmou, a imprensa baiana ;Apesar da estiagem, Cedraz afirmou que o Estado tem “condições de operar ainda um longe tempo” sem recorrer a ações emergenciais, como o volume morto.
“Não temos como prever as chuvas, mas vamos entrar no período de chuvas agora e temos condições de operar ainda um tempo longo em Santa Helena e Pedra do Cavalo. A gente não usa volume morto, nos pontos que captamos, mesmo no limite, ainda temos dentro do manancial 50% do volume”, explicou.

Sábado, 18 de Março por Julliana Ribeiro
Incêndio atinge Teatro Sesc Casa do Comércio antes de espetáculo; atores se desesperam

Foto: Ana Gordiano
Um incêndio atinge parte do Teatro Sesc Casa do Comércio, que fica na Avenida Tancredo Neves, em Salvador. O fogo começou por volta das 18h30 e teria iniciado no palco, após um tecido se aproximar de um refletor. O teatro é uma das principais casas de espetáculos da capital baiana e receberia neste sábado (18) a apresentação da peça A Bofetada, da Cia Baiana de Patifaria, a partir das 21h. Os atores da peça, Lelo Filho e Mário Bezerra, compartilharam o desespero após o ocorrido. Em um vídeo compartilhado em seu perfil no Facebook, Lelo chorou ao contar o que havia acontecido: “Oi, galera. Tô aqui pra não dar uma boa notícia pra vocês. O nosso teatro acaba de pegar fogo. A gente tá meio desesperado, sem saber o que fazer. O bombeiro não chega. Os funcionários foram heróis, porque tentaram conter o fogo, mas a gente não sabe exatamente o que tá acontecendo lá dentro. Torçam pela gente”, pediu. “O nome de nossa trupe hoje é desespero. Torçam por nós. Estamos bem. Só muito tristes”, lamentou, na publicação. Já Bezerra criticou, no Instagram, a demora na chegada do Corpo de Bombeiros. “Quem tava se programando para vir ao espetáculo A Bofetada hoje, não venham. Nós estamos com um problema sério. O teatro está pegando fogo”, informou, ao pedir ajuda para ligar para a brigada de incêndio. “Por favor, liguem para os Bombeiros para reforçar. É 193, a gente já ligou várias vezes e eles ainda não chegaram. Já tem mais de meia hora”, alertou. A Cia Baiana de Patifaria divulgou uma nota oficial para confirmar o cancelamento do espetáculo. “Por volta das sete da noite nosso elenco foi surpreendido por um incêndio no palco do Teatro. A equipe, que se preparava para a apresentação, se retirou imediatamente das dependências do local. […] No momento ainda não podemos dar maiores informações sobre as causas do incidente. Gostaríamos de tranquilizar a todos informando que nenhum de nós, elenco e equipe técnica, está ferido. Os funcionários do teatro também estão em segurança”, disse a companhia de teatro. Não havia plateia no momento do incidente.


Lista de Janot: Neto defende Lídice e refuta ‘fazer juízo’ sobre caixa 2

Evilasio Junior / Rodrigo Daniel Silva

“É preciso urgentemente quebrar o sigilo de tudo, porque assim todo mundo vai saber tudo o que tem. […] Não dá para querer juntar todo mundo no mesmo balaio”, diz prefeito

16032017-acm-neto-assinatura-andre-fraga-bruno-reis-sheraton-evento-operacao-chuva-foto-rodrigo-daniel-silva-bahiaba

O prefeito ACM Neto (DEM) defendeu, nesta quinta-feira (16), a “urgente” quebra de sigilo das delações premiadas feitas por executivos da construtora Odebrecht e que basearam o pedido de abertura de 83 inquéritos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, no âmbito da Lava Jato.

Perguntado sobre a chamada “Lista do Janot” pela imprensa, após a apresentação das ações da Operação Chuva 2017, no Sheraton Bahia Hotel, no Campo Grande, o democrata argumentou que é “impossível fazer qualquer juízo de valor” e defendeu a lisura até de adversários. Nesta quarta (16), o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), os deputados federais baianos José Carlos Aleluia (DEM) e Lúcio Vieira Lima, além da senadora Lídice da Mata, Veja aqui os mesmo tiveram os nomes envolvido”na relação. Todos são presidentes dos seus partidos e teriam recebido recursos ilegais da empreiteira em campanhas.

“A gente não pode avaliar exatamente o que é que está por trás. Tem que saber qual é o conteúdo. Se você me perguntar, eu tenho toda a confiança no deputado José Carlos Aleluia, na sua idoneidade, na sua integridade, como não acho, por exemplo, que a senadora Lídice da Mata cometeu nenhum ato de corrupção. Mesmo sem saber. Ela é minha adversária, não sei o que pesa contra ela, mas não acho”, opinou. Veja matéria verídica na íntegra – Click (mais…)


Treze obras de contenção estão em andamento; investimento é de R$ 22 mi

quinta feira 16 de Março por Juliana Ribeiro//Foto: Estela Marques / BNotíciasimagem_noticia_5-1

Entre as ações da Operação Chuva 2017, cujo decreto foi assinado nesta quinta-feira (16) pelo prefeito ACM Neto, está o relonamento de 200 encostas, que ainda estão em execução. “Não promovem a contenção definitiva da encosta. É trabalho de proteção para áreas que estão adequadas a esse tipo de solução. Temos quase 40 mil metros quadrados de geomantas em 68 áreas de risco. Autorizei aditivo no contrato pra espaço maior e dar continuidade à implantação das geomantas”, afirmou o prefeito. Já foram executadas 40 obras de contenção, com investimento de R$ 36 milhões e 13 estão em execução, ao custo de R$ 22 milhões com recursos do governo federal. Durante a Operação Chuva, toda a estrutura da prefeitura ficará “mobilizada e à disposição”. Nos órgãos de atuação direta, como a Codesal e a Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), o funcionamento será em regime de plantão de 24 horas, com o envolvimento de 740 servidores, 45 veículos leves e máquinas e equipamentos da Seman, Sucop, Desal e Limpurb.