Dep Paulo Azi nega manobra para beneficiar Cunha e diz que sempre foi contra peemedebista

Quinta feira, 03 por Juliana Ribeiro, // Foto Reprodução

PAULO-AZI-CONSELHO-DE-ÉTICA                                       Deputado  Paulo Azi (Dem Ba)

Acusado de fazer uma “manobra” para beneficiar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado baiano Paulo Azi disse que em “nenhum momento” fez “movimento para beneficiar Cunha”. Nesta quinta (3), a Folha afirmou que, por o relatório ter sido suprimido na parte em que Cunha era acusado de mentir na CPI da Petrobras (leia aqui), o peemedebista pode sofrer uma punição mais branda do que a perda de mandato. “Todos os meus posicionamentos foram contra os interesses dele [Cunha]. O meu voto sempre foi no sentido de abrir investigação. Eu fiz uma observação acatada pelo relator e pelo presidente para evitar a nulidade do processo”, observou o democrata. Ainda de acordo com Azi, o termo “manobra” foi colocado de maneira errada. “Se eu quisesse beneficiar Cunha, eu não teria votado pela continuidade do processo”, finalizou. Fonte via folha por BNoticias.