Familiares e amigos se despedem do ex-prefeito de Itaberaba; confira fotos

Sábado, 21 de Maio por Camila Matos, Foto: Jornal da Chapada 

Sepultamento-de-Jadiel-Mascarenhas-em-Itaberabara-FOTO-Jornal-da-Chapada-3-site                        Amigos e parentes se despedem do ex-prefeito de Itaberaba 

O falecimento do ex prefeito e empresario do município de Itaberaba, Jadiel Almeida Mascarenhas, na ultima sexta feira (20), comoveu a população da cidade e da região da Chapada Diamantina. Neste sábado (21), o corpo do político está sendo velado na Câmara de Vereadores do município e o sepultamento deve acontecer às 15h, no cemitério municipal, na Avenida Medeiros Neto, centro da cidade. Jadiel estava internado no Hospital da Bahia, em Salvador, após sofrer um acidente de carro no dia 29 de abril durante uma tentativa de assalto na BR-242.

Em redes sociais e por nota à imprensa, parentes, amigos e políticos que conheciam Jadiel emitiram seus pêsames à família. “Meu guerreiro, meu pai, meu exemplo, quanta saudade… O momento é de dor e de tantas lembranças que não cabem em nossos corações. Te amo eternamente, estará vivo a todo o momento em nossas vidas todos dos dias. Seus sonhos são os nossos sonhos. Saudades”, declarou em redes social o filho caçula de Jadiel, Ricardo Mascarenhas (PSB), um dos pré-candidatos a prefeito no pleito deste ano. A família Mascarenhas está toda reunida e recebe parentes e amigos para o último adeus ao político.

O ex-prefeito é irmão do atual gestor do município de Itaberaba, João Almeida Mascarenhas Filho (PP), que também emitiu, via prefeitura, uma nota de pesar e cancelou agenda institucional em respeito ao irmão. “A Prefeitura de Itaberaba, vem em público externar o mais profundo sentimento de PESAR, pelo falecimento do ex-prefeito Jadiel Almeida Mascarenhas, ocorrido neste dia 20 de maio de 2016. Solidarizamos com sua família e amigos. Pedimos a Deus que conforte seus corações e que dê forças para transformar toda a dor desta perca [sic] irreparável em fé e esperança”. A prefeitura também decretou luto oficial no município.Confira imagens do velório:


Ex-prefeito de Itaberaba morre depois de sofrer acidente ao fugir de assalto

Sexta feira 20 de Maio por Juliana Ribeiro //Fotos: Reprodução / JChapada

Morreu no Hospital da Bahia, nesta sexta-feira (20), o empresário e ex-prefeito de Itaberaba, Jadiel Almeida Mascarenhas. De acordo com matéria do site Jornal da Chapada, ele foi vítima de um acidente de trânsito em 29 de abril, quando tentava fugir de um assalto. O ex-gestor municipal foi atendido inicialmente em uma unidade de saúde de Itaberaba e em seguida o político foi levado para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, onde passou por cirurgias, vindo para Salvador em 1º de maio.

Jadiel tinha 62 anos, era casado com Maria Cristina, e deixa três filhos e dois netos. Ele chegou a se eleger prefeito em 2000, sendo empossado em 1º de janeiro de 2001. Em 2008, nas eleições municipais, 72 horas antes do pleito eleitoral, Jadiel mudou a chapa apresentando seu irmão João Almeida Mascarenhas Filho como candidato a prefeito e Alexandre Mascarenhas, seu filho, vice-prefeito, saindo assim vitoriosos com uma diferença de 2.539 para o segundo colocado. Jadiel ainda foi candidato a deputado estadual, mas não foi eleito.


Mucugê comemora 169 anos de emancipação política

Quarta Feira 18 de Maio por Juliana Ribeiro// Foto Reprodução Facebook

13235375_1954355341457388_4269260444969480717_o

O Município apelidado de ‘Joia da Chapada Diamantina’, Mucugê comemorou 169 anos de emancipação política nesta terça-feira, dia 17 de maio. Mucugê é o nome indígena de uma árvore de frutos adocicados que cresce as margens dos rios da Chapada Diamantina. Rodeada de montanhas e com temperaturas médias entre 18º e 19º graus, a cidade se ergueu como um presépio no centro da Serra do Sincorá no Coração da Bahia. Possui um dos maiores percentuais em áreas protegidas, abrigando 52% de todo Parque Nacional da Chapada Diamantina e o Parque Municipal, com belezas naturais bem preservadas, onde incluem rios com cachoeiras, uma fauna e flora exuberante, o legado histórico e cultural do ciclo do diamante. O padroeiro da cidade, São João.

A Cidade de Mucugê é uma das mais antigas da região da Chapada Diamantina. De ocupação anterior indígena, foi fundada no fim do século XVIII. Tem, como característica marcante, os antigos casarões coloniais de estilo português. O lugar foi um importantíssimo centro comercial no século XIX: a economia da época girava em torno da mineração de ouro e, sobretudo, diamantes. Diz-se que, devido à importância da Cidade naquela época, Mucugê dispunha até de uma “embaixada” da França.

Entre as principais atrações de Mucugê estão: o conjunto arquitetônico, o Cemitério Bizantino, o Cruzeirão, a Praça dos Garimpeiros, o Museu, o Projeto Sempre Viva, além da flora diversificada já descrita pela ciência com plantas endêmicas de flores raras. A cidade também abriga diversas cachoeiras como: Tiburtino, Piabinhas, Andorinhas, Funis, Cardoso, Sibéria, Cristais, Três Barras, Fumacinha, Cachoeirão e o Vale do Paty.Vale lembrar que o Mucugê de Mucugê, já foi administrada pelo Ex:Prefeito e lider politico na época o Sr.Tácio Medrado de Mattos, e sua esposa Marialda Gomes Mattos, no qual o casal durante o seu período a frente da administração publica municipal contribuiu muito em pro do desenvolvimento sócio econômico do municipio.Atualmente a cidade  é administrada pela atual Prefeita a Sra:Ana Medrado (PP) e a vice Zenilda Rebouças


Olimpíadas 2016: Tocha visitará poços, grutas e cachoeiras na Chapada Diamantina

Sexta feira 06 de Maio em esporte Foto: Jornal da Chapada

Lençóis-TochaNo dia 23 de maio, o turista terá mais um motivo para visitar a região, com um encontro cultural em Lençóis para receber a chama olímpica 

Como todos já sabem, a Chapada Diamantina foi escolhida pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para receber a tocha olímpica. Conforme a gestão local, a Chama Olímpica vai passar pela região no dia 23 de maio por ao menos cinco pontos turísticos, como cachoeiras, poços, grutas, além do centro histórico da cidade de Lençóis. O ponto especial deste roteiro será a visita da famosa tirolesa e Poço

Também acontecerá no dia da passagem da tocha um encontro de manifestações culturais com encerramento no Teatro de Arena, um dos principais pontos turísticos de Lençóis. Essa ação engloba grupos culturais de outras cidades da Chapada Diamantina. A tocha olímpica permanecerá no palco de eventos para receber as homenagens dos lençoenses e visitantes da região.

De acordo com texto enviado ao Jornal da Chapada, a prefeita Moema Maciel (PSB) diz que “a Chapada Diamantina foi considerada um lugar especial pelo qual a tocha deveria passar”. A gestora afirma que “Lençóis ser escolhida para representar a região, é uma honra para todos da cidade”. vejam o o roteiro das cidades na Bahia. (mais…)


Chapada: Ex-prefeito de Itaberaba passa por cirurgia e está na UTI em Feira de Santana

Domingo, 01 de Maio  por Camila Matos // Foto: Montagem do JC
jadiel-mascarenhas-1-1Jadiel Mascarenhas não teve lesão na medula e passou por uma cirurgia para tirar um coágulo do cérebro 

O ex-prefeito de Itaberaba, Jadiel Almeida Mascarenhas, continua internado no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, em decorrência  do acidente após fugir de uma tentativa de assalto à cidade de Rafael Jambeiro.Conforme informações  que chegaram a redação do blog via JChapada, Almeida não teve lesão na medula, ainda na sexta-feira (29) fez drenagem de um coágulo no cérebro e já está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Há possibilidade de ser transferido para o Sírio Libanês, em São Paulo.

De acordo com informações do hospital, publicadas pelo site G1, “o paciente passou por uma cirurgia na cabeça, por conta do traumatismo craniano, e outra para realizar um procedimento de drenagem no tórax. Ainda de acordo com o hospital, o ex-prefeito não tem previsão de alta”.


Ex-prefeito de Itaberaba sofre acidente em tentativa de assalto; estado de saúde é grave

 Sexta, 29 de Abril, por Camila Matos // Foto: Montagem do JC
jadielO empresário Jadiel Mascarenhas tentou reagir a um assalto e o carro capotou próximo ao município de Itaberaba

De acordo com informações preliminares, apuradas pelo Jornal da Chapada, o ex-prefeito do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, o empresário Jadiel Almeida Mascarenhas, foi vítima de uma tentativa de assalto nesta sexta-feira (29). Ao reagir ao assalto, Jadiel sofreu um terrível acidente em estrada próxima à Itaberaba, na região da Vila São Vicente, na BR-242. A camioneta em que viajava, uma Hilux, capotou na pista.

Ainda conforme dados iniciais, o ex-prefeito foi transferido para um hospital em Feira de Santana, já que “seu estado de saúde requer cuidados”. Ele teve os primeiros atendimentos no Hospital Geral de Itaberaba (HGI) e quando seguia para Salvador, teve de retornar para o Hospital da Chapada, onde aguarda uma UTI Aérea. Jadiel Mascarenhas é irmão do atual prefeito de Itaberaba, João Mascarenhas Filho (PP), e pai do odontólogo Ricardo Mascarenhas, que ensaia uma pré-candidatura a prefeito da cidade, no pleito deste ano.

Sobre a saúde
Mais informações são levantadas sobre o estado de saúde do ex-prefeito de Itaberaba. Segundo o Jornal da Chapada apurou, Jadiel continua internado no Hospital da Chapada aguardando uma UTI móvel para ser transferido para Feira de Santana ou Salvador. O quadro é grave, devido ao acidente os médicos tiveram que fazer uma abertura no pulmão para fazer uma drenagem por conta de uma hemorragia.

No início da noite desta sexta, Jadiel foi levado para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, onde passa por cirurgia. Familiares e amigos usam as redes sociais para enviar mensagens de apoio e até criaram uma corrente de oração para que supere mais essa diversidade.Fonte via informações do jornal da chapada


Mucugê desponta no turismo ecológico e suas belezas conquistam visitantes

Sexta feira 01, por Camila Matos // Foto Reprodução/Caiã Pires

foto67

A Cachoeira dos Funis é uma das opções de banho na região

O município de Mucugê guarda, em seus limites, atrações naturais de beleza ímpar e que estão ao alcance de qualquer pessoa com disposição para banho de cachoeiras, prática de rapel, passeios de bicicleta e até visitas a museu. No Parque Municipal de Mucugê está instalado o Projeto Sempre-Viva para proteger essa espécie de planta herbácea ameaçada de extinção. No local, estão expostas diversas flores, com destaque para um buquê coletado em 1999, intacto e que ainda abre e fecha de acordo com o clima.

foto67

Projeto Sempre-Viva reúne espécies ameaçadas de extinção | Foto Reprodução/Thais Albuquerque 

O Parque é considerado a principal atração do município, com opções de turismo pedagógico, cultural e de aventura. Em apenas um roteiro é possível visitar os três atrativos. O primeiro é a Cachoeira dos Funis. Em seguida, percorre-se o Cânion das Sete Quedas d’água, e por último, chega-se à Cachoeira das Andorinhas, que oferece hidromassagem natural. No Parque também é possível conhecer um trecho da Estrada Real, visitar o Museu Vivo do Garimpo e aproveitar o Rio Tiburtino, de acesso rápido e fácil, que oferece rapel e tirolesa.

foto6

Em Mucugê, um grande lago é conhecido como ‘Mar de Espanha’ | Reprodução/Thalisson Ribeiro

Em um antigo garimpo com suas antigas habitações ficam situados atrativos também interessantes. O acesso é realizado de carro ou bicicleta até as margens do Mar de Espanha, um grande lago, onde é possível fazer a primeira parada para contemplação e banho de rio. Depois, segue-se por uma trilha até a Cachoeira da Sibéria, com vários poços para banho.

No município também está localizada a Cachoeira do Cardoso, queda d’água de poucos metros que forma um agradável poço para banho e reserva um lugar aconchegante para descanso e contemplação. De acesso fácil e próximo à cidade, é um passeio recomendado para todas as idades. No caminho, o visitante pode apreciar as vistas para os vales dos rios Mucugê e Cumbucas. Com informações do Guia Chapada Diamantina. via JC por BCbule.


Chapada: Justiça condena prefeito que terá de pagar R$ 3,2 milhões por desvios

Quarta feira 30 por Camila Matos //Foto: Reprodução
Chapada: Justiça condena prefeito que terá de pagar R$ 3,2 milhões por desvios
O prefeito de Ibicoara, na Chapada Diamantina, Arnaldo da Silva Pires (PSL), terá de devolver aos cofres públicos R$ 1,6 milhão e ainda pagar multa no mesmo valor. A decisão da Justiça Federal acatou acusação do Ministério Público Federal (MPF) em Jequié, que acusa a gestão de Arnaldo Pires de desvio ou aplicação irregular de verbas recebidas da União. Os repasses foram oriundos dos ministérios das Cidades, Esportes, Educação e Saúde. Segundo o MPF, as irregularidades foram confirmadas pela Controladoria Geral da União (CGU). Entre as irregularidades apontadas pela CGU, uma empresa teria vencido uma licitação, mas os materiais adquiridos para pavimentar uma rua foram comprados pela prefeitura. Na área de esportes, foram encontradas fraudes em licitações para construção de dois ginásios esportivos, um em Ibicoara e outro no distrito de Cascavel. Na saúde, o MPF diz que o gestor não apresentou planos de saúde vigentes no município à época, como estava previsto na legislação. Os fatos da sentença da Justiça Federal que condenou Arnaldo Silva Pires por improbidade administrativa foram praticados durante mandato anterior do atual prefeito, novamente eleito em 2012 para chefia do Poder Executivo municipal. A Justiça ainda determinou a suspensão dos direitos políticos do gestor por oito anos; perda de função pública, se houver; e a proibição de contratar com o poder público, receber benefícios, incentivo fiscais ou creditícios pelo prazo de cinco anos.

Chapada Diamantina se destaca entre as opções para viagens na Semana Santa

Quarta feira23 por Camila Matos //Foto: Reprodução/Chapada Adventure

cachoeira-do-buracao-FOTO-Chapada-Adventure

A cachoeira do Buracão fica no município de Ibicoara 

A Semana Santa, que acontece entre os dias 24 e 27 de março, é uma época propícia a viagens e a Chapada Diamantina está entre as primeiras opções turísticas de toda a Bahia, chegando a ter entre 70% a 100% de ocupação nos hotéis e pousadas da região no período.

Para o secretário estadual de Turismo, Nelson Pelegrino, grande parte da demanda é doméstica. “A conjuntura econômica incentiva o turismo dentro do Brasil, e a Bahia figura entre os destinos mais queridos do país”.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), a Chapada deve ter bons números. A associação aposta na taxa de 90% a 100% de ocupação de leitos em Lençóis, uma das principais cidades da região, propícia ao turismo de aventura.

Além dessa, outras cidades tem atrativos e alternativas interessantes, como é o exemplo de Mucugê, Andaraí, Ibicoara e Palmeiras. Inclusive no Vale do Capão, em Palmeiras, acontecerá nesse período o “3ª Menor Maior Encontro dos Artistas de Rua da Galáxia”, com boas atrações de entretenimento culturais. Fonte ;Com informações da Tribuna da Bahia.

fumaça

Com mais de 300 metros de altura a cachoeira da Fumaça é uma das mais procuradas na região | FOTO: Reprodução/Vic Paes |

Mucugê é a única cidade da Bahia que ainda não registrou dengue, zika ou chikungunya

Quarta Feira, 09, por Juliana Ribeiro //Foto: Reprodução / Guia Chapada Diamantina

GEDSC DIGITAL CAMERA

Enquanto 288 municípios baianos sofrem com o zika vírus, outros 237, com a chikungunya e mais 380 registraram agravo da dengue no ano passado, uma cidade no território da Chapada Diamantina vive outra realidade. A 462 quilômetros de distância da capital baiana, Mucugê ainda não registrou casos autóctones de nenhuma das três doenças, cujos vírus são transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti. A superintendente de Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Ita de Cácia, contou ao BN que não foi encontrado nenhum vetor da dengue, zika e chikungunya na cidade, mas ainda não se sabe o porquê. “Merece estudo”, diz ela. Segundo levantamento da Sesab feito com dados coletados até 27 de fevereiro, mostra que outros 234 municípios vivem realidade semelhante à de Mucugê no que diz respeito aos casos de Zika: nenhum registro da doença neste ano. Fonte Sesab/Ba