Mucugê: Em ato pacifico população foi às ruas para protestar contra fechamento da comarca no município

Segunda feira 12 de Junho, por Juliana Ribeiro/Fotos BCBule

Conforme a OAB, estado tem déficit de 230 juízes e 25 mil servidores, moradores vão às ruas contra desativação, que pode atingir até 100 unidades.

Mucugê, na chapada Diamantina e uma das  cidades  que os  moradores estão unidos e indo  as ruas em manifestação contra a possibilidade de fechamento da comarca do município.

A possibilidade de desativação de comarcas na Bahia pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ-BA) tem gerado polêmica, mobilizado órgãos públicos contrários à medida e levado dezenas de moradores de cidades do interior às ruas para protestar. O fechamento das unidades, sobretudo em pequenas cidades do estado, vem sendo estudado pelo Tribunal, entre outros fatores, em razão da dificuldade orçamentária enfrentada pela Corte.

O TJ-BA evita falar sobre o assunto. A assessoria de comunicação do órgão confirma que estudos estão sendo realizados, mas diz apenas que ainda não há nada definido sobre a desativação de comarcas, e nem quando e quantas devem ser fechadas. Fontes ouvidas pela imprensa, no entanto, dizem que as desativações podem atingir até 100 unidades em todo o estado e que, com isso, haverá transferência de acervos e equipes de servidores.

A Cidade Mucugê, Município distante a 460 km  da capital do Estado da Bahia , com uma população estimada em 10.545 Hab. esta  localizado na chapada Diamantina, município de grande extensão, onde tem potencial turístico, e do agronegócio em grande escala que movimenta a economia local. Sendo assim os moradores foram as ruas contra a desativação  da Comarca em protesto que ocorreu ás 09:00hs, na manhã  desta segunda feira 12/06, onde saíram das Escolas Reunidas Dr. Rodrigues Lima, percorrendo a cidade, em sentido ao Fórum, a PASSEATA ” MUCUGÊ EM DEFESA DA SUA COMARCA” , uma luta contra o fechamento ou agregação da comarca e fechamento do Fórum de Mucugê., o ato pacifico contou com a presença de autoridade do Excecutivo Municipal na pessoal do Prefeito Manoel Luz , Vice Prefeito , Vereadores Representando o Legislativo Municipal, Delgada de Policia Local, a  Representantes a OAB- no município,  Representantes do comitê Municipal na pessoas da Dra ;Monica Fatima Ziliani e a Dra.Maridalva Mattos Guerra e demais membros presentes.Consórcio Chapada Forte, Vereadores do Município, OAB ( Ordem dos Advogados ) da região, empresários do agronegócio, comerciantes, alunos, professores, sociedade civil, entidades religiosas, autoridades, Lideranças Políticas, Serventuários da Comarca e cidadãos mucugêenses.

Veja vídeo com momentos importantes da Passeata  através do blog parceiro chapada News 

LEIA AQUI A CÓPIA NA INTEGRA DO MANIFESTO NO ABAIXO ASSINADO

Comitê está colhendo assinaturas em dois abaixo-assinados, um realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que será encaminhado ao Tribunal de Justiça (TJ), e outro, específico do comitê, inclusive com assinaturas de pessoas que moram na zona rural.

Segundo o comitê, a população será prejudicada sem o acesso fácil à Justiça. No município, por exemplo, há comunidades que se localizam a 80 quilômetros da sede, onde moram pessoas em situação de pobreza. “Como seria feito para garantir o acesso dessa pessoa à Justiça, que é um direito constitucional”, questiona o movimento.

Matéria e redação do Bcbule 

Desafio OGGI Alto do Paraguaçu de MTB movimentará Mucugê no feriado de 7 de setembro.

Sexta, feira 02 de junho por Camila Matos/Foto: /Reprodução Nosso Pedal

O município de Mucugê-BA sempre foi uma meca para os amantes do ciclismo, sejam eles cicloturistas ou atletas amadores e profissionais. E no feriadão de 07 de setembro a cidade sediará a 5ª edição do Desafio OGGI Alto do Paraguaçu de MTB onde durante quatro dias (07 a 10) toda a região respirará aventura e adrenalina, uma oportunidade única para ciclistas e familiares visitarem uma das regiões mais belas da Chapada Diamantina.

Por se tratar de um feriadão prolongado de quatro dias, começando no dia 07 de setembro (Independência do Brasil), a organização do desafio prevê que mais de duas mil pessoas viagem para Mucugê nesse período. O que em termos econômicos deve movimentar a economia local em quase R$ 400 mil entre gastos com hospedagem, alimentação, guias, lembranças, etc.

Diferente dos anos anteriores, nesta edição o ciclista contará com duas etapas.

A novidade fica por conta da prova de MTB XCO no dia 09, num circuito de aproximados 5km passando diversos trechos técnicos como o Balneário do Rio Mucugê, a descida da Igrejinha, o Tobogã de Varejão e por algumas ruas históricas da cidade, onde os atletas poderão pedalar ao lado do calor da torcida.

No dia 10 será a vez da prova de MTB XCM que será dividida em dois percursos: Sport e Pro. Onde o Pro valerá importantes pontos para o Ranking Baiano e Brasileiro de MTB XCM e poderá definir quem serão os campeões de 2017.

Com o percurso PRO tendo 76km e 870m de elevação e o SPORT com 57km e 580m de elevação, a prova de XCM acontecerá no mesmo cenário onde ocorria a maior ultramaratona de MTB das Américas, o Brasil Ride. Passando por vales, single tracks, rockgardens e percursos técnicos como a Subida do Merecimento onde os atletas subirão até o Capão do Correio com o visual dos gerais de Mucugê e um downhill técnico de 2km.

Pensando na família dos cicloturistas e atletas, a organização do Desafio, juntamente com o Trade Turístico, além dos emocionantes passeios nas trilhas da Chapada, preparou uma atrativa programação cultural e turística para os quatro dias do feriadão onde acontecerá a 2ª Mostra de Turismo e Negócio da Chapada Diamantina; passeio ciclístico; corrida Kids de MTB; e apresentações culturais e musicais durante as noites.

Nos dos dias de prova, enquanto os cicloturistas curtem as trilhas da Chapada Diamantina com toda a organização do Desafio OGGI e os atletas lutam pelo pódio e pelo título de campeão, a família dos ciclistas desfrutará de toda uma infraestrutura com stands de expositores, mostra de artesanato, DJ, etc.

Então se você é cicloturista e sempre quis pedalar nas trilhas da Chapada Diamantina com uma estrutura de primeiro mundo, chegou a sua oportunidade. E melhor: com sua família ao lado e durante um feriadão.Aos atletas amadores e profissionais será a oportunidade retornar a Chapada e lutar pelos valiosos pontos do Ranking Baiano e Brasileiro que definirá os campeões de 2017.

As inscrições do Desafio Oggi Alto do Paraguaçu são limitadas e os interessados podem se inscrever acessando o site https://www.ticketagora.com.br/Evento/3688/Desafio-Oggi-Alto-Paraguacu-Mtb-E-Cross-Country-Xco. Acesse a Fanpage do Desafio e tenha acesso a todas as informações, fotos e vídeos das outras edições da prova. https://www.facebook.com/DesafioOggiAltoParaguacu/.Conheça mais sobre Mucugê e suas belezas naturais: http://www.guiachapadadiamantina.com.br/cidades-e-vilas/cidades-e-vilas-mucuge/

Fonte: E informações via André F. Damasceno / Jornalista

Mucugê completou 170 anos de emancipação política com mega festa na praça

Segunda 22 de Maio por Juliana Ribeiro/ Fotos Ascom PMmugê

Em Mucugê  os festejos em comemoração aos 170 Anos de Emancipação Politica do Município ocorreu em grande estilo, neste sábado dia (21) Prefeito Manoel Luz (PSD) e o seu  Vice Prefeito; Professor Luizinho Martins Rocha, juntamente com  a Câmara Municipal de Vereadores e   Secretários Municipais e equipe recebem em Mucugê o Presidente do Desenbahia Dr. Otto Filho  e pré Candidato a Dep.Federal ao lado da Deputada Estadual Ivana Bastos  onde foram recebido no Aeroporto municipal juntamente com Assessores e convidados.Na programação, ambos visitaram o Projeto Sempre-Viva, a festa o Show  foi realizada com as  Bandas Flash Baack, Banda Nyppe, Asas Livres, Gang do Samba e André Oliveira e Banda Jós onde o povo curtiram na Praça,CelPropércio no Centro da Cidade, onde  Show  foi realizado com as Bandas; Flash Baack, Banda Nyppe Asas Livres ,Gang do Samba e André Oliveira e Bnada Jós

Vejam Fotos do Evento
De Sua História

O Município apelidado de ‘Joia da Chapada Diamantina’ Mucugê é o nome indígena de uma árvore de frutos adocicados que cresce as margens dos rios da Chapada Diamantina. Rodeada de montanhas e com temperaturas médias entre 18º e 19º graus, a cidade se ergueu como um presépio no centro da Serra do Sincorá no Coração da Bahia. Possui um dos maiores percentuais em áreas protegidas, abrigando 52% de todo Parque Nacional da Chapada Diamantina e o Parque Municipal, com belezas naturais bem preservadas, onde incluem rios com cachoeiras, uma fauna e flora exuberante, o legado histórico e cultural do ciclo do diamante.

Entre as principais atrações de Mucugê estão: o conjunto arquitetônico, o Cemitério Bizantino, o Cruzeirão, a Praça dos Garimpeiros, o Museu, o Projeto Sempre Viva, além da flora diversificada já descrita pela ciência com plantas endêmicas de flores raras. A cidade também abriga diversas cachoeiras como: Tiburtino, Piabinhas, Andorinhas, Funis, Cardoso, Sibéria, Cristais, Três Barras, Fumacinha, Cachoeirão e o Vale do Paty.

A Cidade de Mucugê é uma das mais antigas da região da Chapada Diamantina. De ocupação anterior indígena, foi fundada no fim do século XVIII. Tem, como característica marcante, os antigos casarões coloniais de estilo português. O lugar foi um importantíssimo centro comercial no século XIX: a economia da época girava em torno da mineração de ouro e, sobretudo, diamantes. Diz-se que, devido à importância da Cidade naquela época, Mucugê dispunha até de uma “embaixada” da França.

Mucugê,os habitantes se chamam mucujeenses. O município se estende por 2 455 km² e contava com 10 548 habitantes no último censo. A densidade demográfica é de 4,3 habitantes por km² no território do município.
Vizinho dos municípios de Andarai,Abaira e São Domingos, Mucugê se situa a 54 km a Sul-Oeste de Vera Cruz a maior cidade nos arredores. Situado a 1 077 metros de altitude, de Mucugê tem as seguintes coordenadas geográficas: Latitude: 12° 59′ 47” Sul, Longitude: 41° 22′ 11” Oeste,Mucugê é um município do Parque Nacional da Chapada Diamantina.


Chapada: Câmara de Vereadores em Itaetê é ocupada por 400 manifestantes; confira vídeo

Quinta, 20 de Abril l, por Juliana Ribeiro
Protesto cobra a votação de projetos importantes para o município  Foto: Divulgação 

Na sessão da última segunda-feira (17) da Câmara de Vereadores de Itaetê, cidade da Chapada Diamantina, mais de 400 pessoas realizaram uma manifestação popular e ocuparam o local. A informação é que a causa da ocupação foi por conta dos vereadores Almiro Pinheiro, Nelson Bispo, Elielder Farias, Morival Santiago e Gildemar Rodrigues, mais conhecido como Neguinho de Bananeiras, não votarem a favor do projeto de contratação de servidores.

Segundo os manifestantes, a alegação dos edis é que o município não necessita de contratação. No entanto, os populares afirmaram que o processo seletivo acabou apenas na última terça-feira (18). Após muito barulho, o presidente da Câmara encerrou a sessão e os manifestantes resolveram continuar a ocupação. Uma manifestante que não quis se identificar afirmou que o movimento não vai parar.

“Na próxima sessão estaremos aqui e ficaremos enquanto os vereadores não aprovarem”, disse. Ainda na pauta dos manifestantes, está também a votação, por parte dos vereadores, a favor do projeto que concede reajuste salarial aos professores. Alguns edis saíram às pressas do local e os que não conseguiram foram escoltados pela Polícia Militar. Jornal da Chapada cm informações de assessoria.

Confira vídeo do protesto em Itaetê


Chuvas aliviam estiagem prolongada na Chapada e colocam Lajedinho em alerta; veja fotos e vídeos

Sábado 01 de Abril, por Juliana Ribeiro //Foto: Divulgação/Edmundo Carvalho

As chuvas que caíram em praticamente todo o território baiano na última semana trouxeram alívio para as populações das cidades que estavam sofrendo com a seca, mas também deixaram em alerta outras localidades. Em Lajedinho, na Chapada Diamantina, por exemplo, o risco de enchentes é grande. Na noite da última sexta-feira (31), choveu 150 milímetros em duas horas na cidade, segundo a Defesa Civil. O que representa um volume de chuva esperado para cerca de três meses. Ruas, casas e prédios públicos foram atingidos pela água que se espalhou por toda a parte baixa da cidade.

Os moradores da cidade ainda recordam do temporal ocorrido em dezembro de 2013, quando a enxurrada deixou 17 mortos e 600 desabrigados. Quando a água transbordou, levou junto as casas, deixando famílias sem moradia. Desta vez os estragos foram menores, já que não existem mais estas casas na beira do rio. Mesmo assim 20 famílias ficaram desalojadas.

Segundo o prefeito de Lajedinho, Marcos Mota, a prefeitura já segue buscando resolver a situação dos atingidos. “Foi uma noite de grande tensão, por conta das lembranças do que vivemos em 2013, com a chuva que praticamente destruiu a nossa cidade”, declara em texto enviado a redação do blog.

Veja Vídeo

Chapada: Tromba d’água é registrada em vídeo no Rio Piaba entre Andaraí e Mucugê;

Sábado 01 de Abril, por Juliana Ribeiro 
Com a chuva, muitos pontos turísticos da região ganharam volume, principalmente os rios e cachoeiras | Foto: Reprodução/Túlio Saraiva

Depois do período de seca e queimadas, as Cachoeiras da chapada volta com suas belezas naturais e  emociona os turistas e visitantes  com o volume de água. As chuvas que finalmente chegaram à Chapada Diamantina esta semana trouxeram esperança e alegria para a natureza e para os moradores da região. as chuvas revitalizaram a flora, a fauna.

Para os turistas que se afastaram da região por conta dos focos de incêndio, este é o melhor momento para aproveitar a Chapada, pois os rios estão cheios e o fogo extinto. A seguir, confira as imagens recentes de como ficaram importantes pontos turísticos após as fortes chuvas, que atingiram as cidades de Mucugê, Lençóis (Ribeirão do Meio, Cachoeira da Primavera, Rio Lençóis e Capivari), Ibicoara (Buracão, Rio Espalhado e Cachoeira do Rio Preto), Jacobina (Cachoeira do Tombador), Morro do Chapéu (Cachoeira do Ferro Doido), Palmeiras, mais especificamente no Vale do Capão (Cachoeira da Fumaça e Cachoeirinha) e na região do Vale do Pati (Cachoeirão).

Em vídeo publicado no seu perfil do Facebook, o internauta Túlio Saraiva Barista flagra uma tromba d´água no Rio Piaba, entre os municípios de Andaraí e Mucugê, na Chapada Diamantina. O vídeo foi publicado neste sábado (1º) após fortes chuvas caírem na região na madrugada. De acordo com informações, muitos pontos turísticos estão cheios devido às chuvas.

Confira o vídeo publicado nas redes


Temperaturas devem cair na Chapada Diamantina; mínimas podem chegar a 16°C

quarta feira, 22 de Março por Juliana Ribeiro, Foto: Divulgação// Matéria Atualizada em 23/03

As áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste devem registar as temperaturas mais baixas da Bahia – Foto: Divulgação

A frente fria, mesmo se deslocando pelo Oceano Atlântico, continua provocando chuvas em algumas regiões, a exemplo do Recôncavo e das localidades mais próximas ao litoral do nordeste baiano. Com isso, a previsão para estas áreas é céu nublado a parcialmente nublado com chuvas frequentes no decorrer do período, quando não se descarta eventos isolados de chuvas intensas. Já no extremo-oeste da Bahia, onde também há previsão de chuvas, é o calor somado a umidade vinda da Amazônia os responsáveis pela ocorrência das mesmas.

Para a faixa central do Estado, ainda é a massa de ar quente e seco que deverá predominar, mantendo o céu parcialmente nublado a claro e com poucas chances de chuvas. Mesmo com essa previsão de chuvas para algumas regiões, as temperaturas se manterão elevadas em, praticamente toda a Bahia. Os maiores índices ainda estão previstos para o centro-norte e oeste do Estado, onde as máximas deverão variar de 34°C a 36°C. Por outro lado, temperaturas mais amenas são esperadas para as áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde as mínimas podem chegar aos 16°C.

A cidade de Salvador e região metropolitana, também são áreas de instabilidades decorrentes do deslocamento dessa frente fria que deixarão o céu nublado a parcialmente nublado com chances de chuvas a qualquer hora do dia. As temperaturas na capital baiana continuam sem grandes variações, oscilando entre mínimas de 23°C e máximas de 32°C. O início do outono se mantém com característica de verão, com altas temperaturas, chuvas mais intensas e aumento da incidência de radiação solar e, consequentemente, dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Tal situação pode ser vista na previsão para os dias 23 e 24 de março quando estes deverão variar de 11 a 12 em todo o Estado. As informações são do Inema.


Incêndio atinge, novamente, região da Chapada Diamantina

Sábado, 04 de Março  por Juliana Ribeiro//Foto: Divulgação/Secretaria de Meio Ambiente

Em novembro de 2016, chamas destruiram mais de 230 hectares que ficam entre o município e Livramento de Nossa Senhora

incendio-chapada-diamantina

Um incêndio de grandes proporções atinge a o Parque Natural Pico das Almas, na cidade de Rio de Contas, região da Chapada Dimantina. Brigadistas do próprio local e do Corpo de Bombeiros atuam no local, desde a manhã de sexta-feira (3), na tentativa de conter das chamas.

Não há informações de quando as chamas começaram e nem do que pode ter provocado o incêndio. Em novembro de 2016, chamas destruíram mais de 230 hectares que ficam entre o município e Livramento de Nossa Senhora.

Já no ano de 2015, cinquenta e um mil hectares de vegetação foram devastados pelo fogo em três meses.


Bombeiros resgatam corpo de turista francês na Cachoeira da Fumaça

Segunda, 27 de Fevereiro, por Juliana Ribeiro , via G1 /BA

Vítima tinha 72 anos e caiu durante trilha na região da Chapada Diamantina. Corpo foi encaminhado para DPT; causas da morte não foram confirmadas.

foto2_aazt5k3

Bombeiros usaram helicóptero durante resgate na Bahia (Foto: Divulgação / Bombeiros )

Na manhã desta segunda-feira (27), o Subgrupamento de Bombeiros Militares de Lençois resgatou o corpo do turista francês que caiu no último domingo (26) da cachoeira da fumaça, em Lençóis, na região da Chapada Diamantina. A vítima tinha 72 anos, e morreu após a queda, equanto fazia uma trilha no local, no domingo (26).

Corpo da vítima foi restado pelo Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (27) (Foto: Divulgação / Bombeiros )

O corpo foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade de Irecê, a cerca de 190 quilômetros do local do crime. Ainda de acordo com os bombeiros, as causas do ocorrido serão esclarecidas após perícia do órgão competente.

A vítima fazia parte de um grupo que estava com um guia local e fazia o passeio na trilha da Cachoeira da Fumaça por cima. O local é um dos mais visitados da região. O corpo já havia sido localizado no domingo, mas o resgate só pode acontecer nesta segunda porque a região é de difícil acesso.Corpo da vítima foi restado pelo Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (27) 


Chapada: Prefeitos da região debatem com governador preservação do rio Utinga

Terça, 14 de Fevereiro , por Juliana Ribeiro via  informações são da Secom-GOVBA. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Reunião com representantes de movimentos e gestores da região chapadeira reuniao-com-representantes-de-movimentos-e-gestores-da-regiao-chapadeira-foto-mateus-pereira-govba

O governador Rui Costa se reuniu na última segunda-feira (13), na Governadoria, em Salvador, com prefeitos e produtores de municípios da Chapada Diamantina para debater medidas para controlar e monitorar a vazão do Rio Utinga, subsistema hidrográfico integrante do Rio Paraguaçu. “Queremos ouvir todas as sugestões e o depoimento de quem conhece a área e buscar soluções negociadas, porque na escassez nós precisamos ter bom senso e equilíbrio para priorizar o abastecimento humano, mas cuidar também da produção agrícola e criação de animais”, afirmou o governador. Veja Vídeo

A reunião integra o plano de ações do Governo do Estado para lidar com a diminuição no nível das águas causada pela seca na região nas proximidades do rio, muito importante para a agropecuária desenvolvida nas cidades de Utinga, Wagner, Andaraí e Lajedinho. No início do mês, uma equipe com representações da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e Secretaria de Infraestrutura Hídrica (Sihs) fez uma visita técnica à região no início do mês para apresentar aos prefeitos, estratégias para controlar a situação. Leia (mais…)