Cacá Leão nega insatisfação do PP com Rui: relação está mais forte

Sábado 10 de Junho , por Juliana Ribeiro;Reprodução

O governador chamou para ele a relação com o PP e com os demais partidos da base

Liderança do Partido Progressista (PP) na Bahia, o deputado federal Cacá Leão pôs fim, pelo menos por ora, às conversas de bastidores de que havia um movimento de insatisfação generalizada entre os deputados estaduais da legenda com o governador Rui Costa (PT). Nos bastidores, voltou a se falar em rompimento, possibilidade que Cacá Leão nega com veemência. “Se a gente for fazer uma avaliação hoje, eu digo a você a relação está muito mais forte.

O governador chamou para ele a relação com o PP e com os demais partidos da base. Ele tem conduzido pessoalmente reuniões com os deputados e ouvido a demanda de cada um deles com atenção. É claro que pode um parlamentar ou outro cobrar a questão das emendas, mas não tem jeito. O País passa por um momento muito ruim. Todos os governos são afetados, e com Rui não está sendo diferente. Tem também aquelas queixas dos parlamentares com relação via Relações Institucionais (com o secretário Josias Gomes). Mas o próprio governador superou isso, e hoje o diálogo existe e funciona”, garantiu Cacá.

Embora seus principais líderes neguem em público, o PP, do vice-governador João Leão, continua a circular nos bastidores informações sobre a suposta insatisfação com o governo. Além do trato com o Executivo, que é feito preliminarmente com o secretário Josias Gomes (deputado federal licenciado), parlamentares de partidos da base têm ajudado os da oposição a reclamar do governo pelo atraso no pagamento das emendas dos parlamentares. Mas em público, ainda não apareceu um progressista a admitir o movimento de insatisfação com o Executivo.

Em entrevista à Tribuna, o deputado estadual Luiz Augusto também minimizou a suposta insatisfação. “Não tem nada disso. Tivemos uma reunião essa semana com o governador. Está tudo tranquilo. É calundu de alguns deputados de vem em quando, e isso é normal em qualquer democracia. João Leão conduz bem o partido ao lado de Rui. O governo não deixa de atender seus deputados.

Não existe risco de rompimento, nem mesmo existe essa insatisfação. O governador vai pagar as emendas. Ele já nos deu garantia, e temos certeza de que isso vai acontecer”, afirmou o parlamentar. Do lado do governo, o clima também é de tranquilidade com o partido que lhe garante a segunda maior base de apoio na Assembleia Legislativa (o PSD do senador Otto Alencar é o maior).

fonte e informações via Tribuna da Bahia

Comentários fechados.

Notícias Relacionadas