Barroso pede desculpas por chamar Barbosa de ‘negro de primeira linha’

Quinta feira, 08 de Junho, por Juliana Ribeiro

Ministro do Supremo disse ainda que pretendia fazer referência a um “acadêmico negro de primeira linha”, ao falar do ex-presidente do STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso pediu desculpas públicas, nesta quinta-feira (8), por ter chamado o ex-presidente da Corte Joaquim Barbosa de “negro de primeira linha” em discurso durante cerimônia realizada nesta quarta-feira (7).

“Manifestei-me de modo infeliz e utilizei a expressão ‘negro de primeira linha’. Não há brancos ou negro de primeira linha porque as pessoas são todas iguais em dignidade e direitos, sendo merecedoras do mesmo respeito”, declarou Barroso, logo no começo da sessão do plenário no Supremo.

Segundo o ministro, é necessário enfrentar o racismo, “mesmo o que se esconde em nosso inconsciente”.

O magistrado disse ainda que pretendia, na verdade, fazer referência a um “acadêmico negro de primeira linha”, ao comentar a trajetória de Barbosa na cerimônia de aposição do retrato na galeria de ex-presidentes do tribunal.

“Gostaria de pedir desculpas às pessoas a quem possa ter ofendido ou magoado com esta frase infeliz. Gostaria de pedir desculpas sobretudo se, involuntária ou inconscientemente, tiver reforçado um estereótipo racista que passei a vida tentando combater e derrotar”, acrescentou o ministro. Com informações de O Globo.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas