Afastamento e pedido de prisão de Aécio serão julgados próxima semana

Terça feira, 13 de Junho por Juliana Ribeiro  Foto Reprodução Montagem

O senador afastado pede para voltar ao cargo, enquanto a PGR solicita a prisão preventiva do tucano, sob a suspeita de ter recebido “vantagem indevida”

Ministro Marco Aurélio de Mello  

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), confirmou, nesta terça-feira (13), que os recursos de Aécio Neves (PSDB-MG) e da Procuradoria-Geral da República (PGR) serão julgados na próxima terça (20).

O senador afastado pede para voltar ao cargo, enquanto a PGR solicita a prisão preventivamente do tucano, sob a suspeita de ter recebido “vantagem indevida” no valor de R$ 2 milhões da JBS. “Eu vou trazer a julgamento o agravo da Procuradoria e o agravo dele. Aí você tem extremos. A Procuradoria, pedindo a prisão, e ele, querendo voltar à cadeira”, afirmou Marco Aurélio.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas