Janot quer fim de foro privilegiado a delegado-geral da Polícia Civil

Domingo, 25 de Setembro , Juliana Ribeiro Foto: Divulgação

rodrigo janot foto lula marques pt

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, propôs Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o artigo da Constituição de São Paulo que dá foro privilegiado ao delegado-geral da Polícia Civil. “Prerrogativa de foro, como preceito que destoa da regra geral de isonomia emanada do princípio republicano, precisa ser interpretada de maneira restritiva, visto que a igualdade é basilar ao Estado democrático de Direito”, avaliou Janot.Folha de São Paulo

Candidato a prefeito se retrata após dizer que vomitou com “cheiro de pobre”confira no vídeo

Domingo, 25 de Setembro , Juliana Ribeiro Foto:Reprodução

O candidato Rafael Greca (PMN), que disputa a prefeitura de Curitiba, deu uma declaração que trouxe uma enorme repercussão negativa a sua campanha. Na última quinta-feira (22), ele falou em entrevista que vomitou por causa do cheiro de pobre (confira no vídeo abaixo).

001

“Eu coordenei o albergue Casa dos Pobres São João Batista, aqui do lado da Rua Piquiri, para a igreja católica durante 20 anos. E no convívio com as irmãs de caridade, eu nunca cuidei dos pobres. Eu não sou São Francisco de Assis. Até porque a primeira vez que eu tentei carregar um pobre no meu carro eu vomitei por causa do cheiro”, disse o candidato.
Depois de toda repercussão negativa, nesta sexta (23) Greca fez um post no Facebook esclarecendo o ocorrido na sabatina realizada na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).
“Peço perdão por não ter sabido me expressar em minha fala na sabatina da PUC ontem, quis dar ênfase ao grande mérito do trabalho de assistência social. Não usei a palavra ‘pobre’ no sentido de classe social. Aqui, meu pedido de perdão com sinceridade, respeito e amor”, escreveu na rede social.
Na pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira (19), Rafael Greca apareceu na liderança, com 45% da intenção dos votos dos eleitores da capital paranaense.

Eleições 2016: Gameleira venceria com quase 50% das intenções de voto em Jequié

Domingo, 25 de Setembro , Juliana Ribeiro Foto: Reprodução/ Facebook

Resultado de imagem para foto campanha sergio gameleira

O vice-prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) seria eleito no próximo domingo (2) em Jequié com quase 50% das intenções de voto, de acordo com pesquisa Tecnodados/ Bahia Notícias. De acordo com o levantamento, Gameleira teria 49,5%, frente aos 21,67% do segundo colocado Dr. Fernando (PV). Como terceiro colocado ficaria Tadeu Cafezeiro (PDT) 9,5%; e completando a lista teriam 3,33% de Eduardo Barbosa (PP), 2,33% de Marcos Ferreira (PSOL) e 1% de Paulo Vasconcelos (PTC). Não souberam ou não responderam 5,85% dos entrevistados e 6,83% apontaram não votar em nenhum dos nomes da pesquisa estimulada. Clique nos gráficos para ampliar

A Tecnodados também verificou a rejeição dos candidatos a prefeito de Jequié. Neste cenário, Tadeu Cafezeiro aparece com o maior índice, com 20,33%, seguido por Eduardo Barbosa, com 19,18%. Dr. Fernando não seria opção para 10,83% e Marcos Ferreira e Sérgio da Gameleira teriam o mesmo percentual: 9,33%. Paulo Vasconcelos seria rejeitado por 9% dos entrevistados. Não souberam ou não opinaram 15,5% e 6,5% apontaram não ter problema para votar em nenhum dos candidatos a prefeito. 

A pesquisa ouviu 600 pessoas entre os dias 15 e 17 de setembro de 2016 e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo nº BA-07469/2016. O levantamento possui margem de erro de 5% para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%. Materia reproduzida com Fonte e informações via Bahia Noticias.


Mega-sena, concurso 1.860: aposta de MG ganha sozinha

Domingo, 25 de Setembro , Juliana Ribeiro Foto:Divulgação

Veja das dezenas sorteadas: 10 – 30 – 36 – 40 – 44 – 60. Quina teve 5 apostas ganhadoras; cada uma levou R$ 33.491,77.

megasena-foto-rafael-neddermeyer-fotos-publicas-6-1024x768

Uma aposta de Juiz de Fora (MG) acertou sozinha as seis dezenas do concurso 1.860 da Mega-Sena e ganhou R$ 57.628.178,83. As dezenas sorteadas foram 10, 30, 36, 40, 44 e 60. O sorteio aconteceu em São Gonçalo do Rio Abaixo, (MG). Outras cinco pessoas acertaram na Quina; cada uma leva R$ 33.491,77. Na Quadra, foram outros 4 acertadores, que levam R$ 457,79, cada.

O sorteio fez parte do especial “Mega-Sena da Primavera”, que alterou o calendário dos demais sorteios desta semana: o concurso 1.858 ocorreu na terça (20) e o 1.859, na quinta (22).

O próximo sorteio da Mega-Sena acontece na quarta-feira, e tem previsão de pagar R$ 2,5 milhões para quem acertar as seis dezenas.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa. Fonte e informações  via G1


Com 161 leitos e 11 salas cirúrgicas, HGE 2 vai desafogar urgência e emergência de Salvador

Domingo, 25 de Setembro , Juliana Ribeiro Foto: Elói Corrêa / GOVBA

IMAGEM_NOTICIA_5

Com inauguração marcada para a próxima segunda-feira (26), o Hospital Geral do Estado 2 (HGE 2) terá como principal impacto o desafogamento de unidades que atendem urgência e emergência em Salvador, especialmente do HGE original. “Vai gerar o desafogamento de salas cirúrgicas que viviam pressionadas na emergência do HGE. Como é a maior porta de emergência do estado, tinha sempre pacientes com ferimentos por arma de fogo ou arma branca precisando de cirurgias”, afirmou o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Secretário da saúde visita HGE 2 Foto: Elóio Corrêa/GOVBA

A nova unidade, que funcionará como um anexo do HGE, contará com 161 novos leitos, 11 salas de cirurgia e equipamentos de última geração. O governo do Estado investiu mais de R$ 90 milhões entre obras e equipamentos, que consolidam o complexo como referência estadual no atendimento a vítimas de traumas. O HGE 2 terá um andar inteiramente ocupado por seu centro cirúrgico, que conta com salas de cirurgia geral, transplantes e queimados, um dos mais modernos do país. “Hoje o HGE atende quase 6 mil pacientes por dia. Como a porta de emergência continuará sendo a mesma, o que nós vamos conseguir ampliar é a resolutividade e a qualidade do atendimento desses pacientes. Antes, muitos pacientes ficavam esperando horas para serem operados ou precisavam esperar transferência para outros hospitais quando o centro cirúrgico acabava ficando lotado”, explicou Vilas-Boas. Segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o HGE 2 será referência em cirurgia geral, traumato-ortopedia, cirurgia oftalmológica (proveniente de trauma), cirurgia plástica reparadora, cirurgia torácica, cirurgia buco-maxilo facial e cirurgia de coluna. Confira o vídeo neste

link: https://goo.gl/Z7NYBJ

Fonte via Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia

Governador decreta reformulação e extingue EBDA e Bahiatursa; entenda

Domingo, 25 de Setembro , Juliana Ribeiro Foto: Carol Garcia/GOVBA//Divulgação

001

Por meio de decreto publicado neste sábado (24), em edição extra no Diário Oficial do Estado, o governador Rui Costa encerrou o processo de liquidação da Empresa Baiana de Desenvolvimento Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A (EBDA) e da Empresa de Turismo da Bahia S.A (Bahiatursa), extinguindo ambas as empresas. Com isso, elas passam por reformulação para se adequarem ao novo modelo da gestão estadual, que tem como objetivo aumentar o controle interno sobre os órgãos.

Uma parte das atribuições da EBDA já foi absolvida pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). No caso da Bahiatursa, ela deixou de ser empresa há cerca de um ano e acabou transformada na Superintendência de Fomento ao Turismo. O acervo obrigacional das duas antigas empresas foi transferido ao Estado, através da SDR e da Secretaria de Turismo (SETUR), respectivamente.

Com o decreto, a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a Secretaria da Fazenda (SEFAZ), a Secretaria do Planejamento (SEPLAN), a Secretaria da Administração (SAEB), a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a SETUR serão autorizadas a praticar todos os atos necessários ao encerramento da liquidação das duas empresas, “em especial o encerramento dos mandatos dos liquidantes e dos membros do Conselho Fiscal, e da equipe de apoio à liquidação”.

Fonte :Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia

Candidato a reeleição em Ibirataia é expulso de feira livre sob grito de ‘Fora Saruê’

Sábado 24 de Setembro. por Juliana Ribeiro// Foto: Reprodução

IMAGEM_NOTICIA_5 (2)

O prefeito da cidade de Ibirataia, Marcos Aurélio (PP), foi expulso de uma feira livre do município neste sábado (24) durante a sua campanha de reeleição. Um vídeo gravado por participantes da manifestação contra o político flagra gritos de “Fora Saruê”. As concorrentes de Marcos para assumir a prefeitura de Ibirataia são Ana Cleia (PSD) e Aniela Sales (PHS). Veja as imagens:


Mesmo com um a mais, Bahia cede empate fora de casa com o CRB por 2 a 2

Sábado 24 de Setembro. por Juliana Ribeiro// Foto: Douglas Araújo/CRB Oficia

22724,mesmo-com-um-a-mais-bahia-cede-empate-fora-de-casa-com-o-crb-por-2-a-2-2

O Bahia viajou até Maceió para enfrentar a equipe do CRB neste sábado  (24), no estádio Rei Pelé, em partida válida pela 27ª rodada da Série B. O Tricolor chegou a vencer com dois gols de diferença, com um jogador a mais dentro de campo, mas acabou cedendo o empate por 2 a 2 no final da partida. Com o resultado, o Tricolor deixou o G-4 da competição e ficou na quinta posição, com 40 pontos.

O Esquadrão começou arrasador, marcando um gol com o atacante Allano aos dois minutos de jogo. Mesmo em vantagem, os baianos sofreram pressão dos alagoanos, que tinham mais posse de bola, mas não conseguia criar chances de gol. O Bahia ainda contaria com a expulsão do zagueiro Flávio Boaventura, que acertou um chute no pescoço do atacante Hernane ainda na etapa inicial.

Com um a mais, o Bahia veio mais ofensivo no segundo tempo. Juninho, em bela cobrança de falta, ampliou a vantagem em 2 a 0. Foi aí que o CRB tomou conta da partida e chegou a diminuir o placar. Zé Carlos sofreu pênalti de Tinga, foi para a cobrança e mandou a bola no travessão. No entanto, ela acertou o goleiro Muriel e acabou entrando. Aos 40 minutos, o camisa nove recebeu dentro da área e conseguiu empatar após falha de marcação do zagueiro Jackson.


MPF recomenda ao prefeito de Irecê (BA) que coloque em operação o aterro sanitário do município

Sábado 24 de Setembro. por Juliana Ribeiro// Divulgação

Prefeitura assinou documento no qual se comprometia a instalar o aterro, mas, mesmo após utilização de mais de R$ 3 milhões em recursos públicos, não concluiu a obra

24310-3

O Ministério Público Federal (MPF) em Irecê (BA) recomendou, no último dia 19 de setembro, ao prefeito do município, Luiz Pimentel Sobral, a adoção das medidas indispensáveis à entrada em plena operação do aterro sanitário da cidade até o dia 31 de dezembro de 2016.

Segundo o documento, Sobral firmou, em 2013, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), no qual concordava em implantar, no prazo máximo de dois anos, aterro sanitário em Irecê, bem como deixar de depositar resíduos em áreas irregulares. No entanto, a prefeitura não cumpriu nenhuma das obrigações – mesmo após ter empregado, na obra, recursos federais e municipais no valor de R$ 3.463.106,14, durante gestão anterior.

O procurador da República Márcio Albuquerque de Castro assinalou que Irecê não dá destinação adequada aos seus resíduos, contrariando o previsto na Lei n° 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos – segundo a qual o município é responsável pela gestão de seus dejetos, incluindo o descarte. A lei prevê ainda que “a disposição final ambientalmente adequada dos resíduos, em aterros sanitários, deveria ser integralmente implementada até o dia 2 de agosto de 2014”, o que não ocorreu na cidade.

Castro destacou que, quando o aterro sanitário de Irecê for posto em operação, outros sete municípios serão beneficiados (João Dourado, Jussara, Lapão, Presidente Dutra, São Gabriel, Central e Uibaí), tendo seus lixões eliminados. O procurador chama a atenção para o fato de que “o lixão acarreta diversas e expressivas lesões ambientais, como a liberação de chorume e outras substâncias, em notória agressão ao ecossistema em geral e aos seres humanos em particular”. O prefeito deverá apresentar um planejamento específico das ações que já foram ou ainda serão empreendidas, com cronograma detalhado, para atender à recomendação do MPF.

Confira a íntegra da recomendação.

Fonte:Via Assessoria de Comunicação Ministério Público Federal na Bahia

MPF denuncia prefeito e tesoureira de Gongogi por desvio de mais de R$ 100 mil

Sábado 24 de Setembro. por Juliana Ribeiro// Divulgação

O recurso era do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação, destinado à construção de uma creche

Sapão-31

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra o prefeito de Gongogi (BA), Altamirando de Jesus Santos, e da tesoureira do município, Ilka Juliana Gualberto Nascimento, por desvio de verbas de mais de R$ 100 mil de recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O recurso foi recebido pelo município para a construção de uma creche no valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão, por meio de termo de compromisso. Em setembro de 2011, o FNDE repassou mais de R$ 250 mil para a conta do município. Todavia, em março de 2012, o prefeito transferiu cerca de R$ 100 mil da conta do convênio para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

No mesmo dia, com auxílio da tesoureira municipal, foram efetuados três saques do FPM equivalentes ao mesmo valor transferido da conta do convênio. Segundo declarações de testemunha, a tesoureira fez os saques e entregou o dinheiro ao prefeito. Ambos os denunciados confirmaram as informações.

Para justificar os saques, o prefeito alegou que as verbas foram utilizadas para pagamentos de serviços de terraplanagem e na construção de muro de contenção no local em que seria construída a creche. Altamirando declarou ainda que, ao ser informado da irregularidade no uso da verba, promoveu a restituição do valor à conta do convênio, mediante três depósitos.

Concedeu-se prazo de dez dias para o prefeito comprovar as alegações. Contudo, não se apresentou nenhum documento que comprovasse as despesas, tampouco os comprovantes de depósito.

A denúncia aguarda recebimento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A pena para o crime varia de dois a doze anos de reclusão. INQ. nº: 1609-36.2016.4.01.0000/BA

Fonte: Via Assessoria de Comunicação Social Ministério Público Federal Procuradoria Regional da República – 1ª Região