Prefeito de Milagres anuncia antecipação do 13º salários, e garante o Piso Nacional para os professores

Segunda, 19 de Junho //por Camila Matos//Fotos Ascom PMM

o Prefeito Cézar de Adério anunciou o Piso Nacional sob aplausos dos professores. Acompanhado pelo vice-prefeito Marcos Queiroz, o vereador Roberto de Lourival e a secretária Sandra Mara, da Educação, 

O jovem gestor Cézar de Adério garantiu o resgate integral do Piso Nacional do professor.

A categoria dos professores está em festa no município de Milagres, crescendo a animação em torno da Festa de São João, pois o prefeito Cézar Rotondano Machado, o popular Cézar de Adério (PP) garantiu em reunião plenária na secretaria de educação, que todos os educadores, a partir deste ano, receberão o piso nacional da categoria. “Demorou, mas chegou a hora de fazermos justiça com estes profissionais que preparam as nossas gerações para o futuro”, disse Cézar durante o encontro com os educadores.

O prefeito anunciou o piso nacional, salientando que só agora passará a ser religiosamente pago pelos cofres da Prefeitura, através os recursos do FUNDEB, pois nenhum professor era respeitado pelas gestões passadas, afirmou o prefeito Cezar de Adério completando: “Depois de anos Milagres honra esse compromisso e paga  o piso nacional, valorizando a classe dos professores, que é nosso objetivo primordial”.

Antecipação salarial e parcela do 13º

Atentos ao novo piso salarial os professores lotaram a plenária da reunião com o prefeito.Atentos ao novo piso salarial os professores lotaram a plenária da reunião com o prefeito.

 

Mas, a alegria não ficou só entre os professores, todas as demais categorias dos servidores municipais estão festejando, pois o prefeito anunciou o pagamento antecipado no próximo dia 22, para todos os trabalhadores do município, desde os garis, aos assistentes, educadores e os cargos de confiança. O jovem prefeito Cézar de Adério garantiu ainda o pagamento da 1ª Parcela do 13º Salário para todas as categorias, elevando o clima de animação para os festejos juninos deste ano.

Todos os servidores do município de Milagres, na atual Administração da Reconstrução, passaram a ser remunerados com base no piso nacional de cada categoria, além dos acréscimos de outras vantagens como, diárias, auxilio deslocamento, insalubridade etc. elevando a autoestima de todos os servidores municipais.

Piso superior a R$2.000
Cézar de Adério: Desde 2009 os ex-prefeitos nunca respeitaram o Piso Nacional dos nossos professores.

“Desde 2009 os ex-prefeitos nunca respeitaram o Piso Nacional dos nossos professores”, criticou o prefeito Cézar de Adério.Servidores mais antigos comentam que no passado, as gestões fraudulentas lideradas pelo ex-prefeito derrotado Antônio Galego, não pagava o piso das categorias e, para engabelar os professores, inventava 14º salário, que a Câmara derrubou e fazia um rateio a cada final de ano, com a verba acumulada do FUNDEB, fazendo-se passar por falso benfeitor.

Com a decisão do prefeito Cézar de Adério, em fazer justiça com o setor de educação, todos os professores com 20 horas de atividades, receberão R$ R$ 2.298,80.

O encontro dos professores com o prefeito foi participativo.O encontro dos professores com o prefeito foi participativo, tendo a secretaria Sandra Mara agradecido pelas inovações salariais.

Segundo fontes do Ministério da Educação, o reajuste do Piso Nacional do Professor para este ano ficou 1,35% acima da inflação medida em 2016, que fechou o ano em 6,29%. Em oito anos, o piso salarial dos professores aumentou quase 142%, de R$ 950, em 2009, para R$ 2.298,80, em 2017.


Governo da Bahia investe no São João, maior festa regional do Brasil

Segunda, 19 de Junho //por Camila Matos//Foto Divulgação

A maior festa regional do Brasil tem apoio do governo da Bahia no interior e na capital do estado. Em Salvador, são mais de cinquenta atrações garantidas para animar o público que for conferir a festa com os palcos montados no Centro Histórico e também no Subúrbio Ferroviário de Salvador. Os artistas vão se dividir durante os três dias de festa. De quinta (22) a sábado (24) tem forró e outros ritmos para animar o público. No interior, mais de 80 municípios têm apoio do governo para promover as festas juninas, que incluem o Santo Antônio, o São João e também o São Pedro.


Vitória vence Sport por 3 a 1 e deixa o Z-4

Domingo 18 de Junho por Camila Matos //Foto: Ademar Filho/ Futura Press/ Estadão Conteúdo

Rubro-negro conquista seu primeiro triunfo fora de casa e sai da zona de rebaixamento da Série A pela primeira vez

O Vitória venceu o Sport por 3 a 1, neste domingo (18), na Ilha do Retiro, em Recife (PE). Os gols do Rubro-negro baiano foram marcados por Uillian Correia, Kanu e André Lima, enquanto Diego Souza descontou para os donos da casa. Com o resultado, o time comandado pelo técnico Alexandre Gallo chegou aos oito pontos e deixou a zona de rebaixamento. Agora, a equipe ocupa a 16ª posição.


SVAZIAR SESSÃO DEVE SER ESTRATÉGIA PARA EVITAR DENÚNCIA CONTRA TEMER

Domingo 18 de Junho por Camila Matos//Foto:Agencia Câmara

ALIADOS DE TEMER DEVEM ESVAZIAR SESSÃO PARA IMPEDIR 342 VOTOS, SEM QUÓRUM, OPOSIÇÃO NÃO CONSEGUIRÁ OS 342 VOTOS PARA ACEITAR DENÚNCIA DA PGR

Aliados do presidente da República, Michel Temer, definiram a principal estratégia para mantê-lo no cargo quando o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentar a denúncia contra o peemedebista: esvaziar as sessões da Câmara dos Deputados.

O objetivo é simples. Como no caso de um pedido de impeachment, são necessários 342 votos para que a denúncia seja aceita, Temer seja afastado do cargo e o Supremo Tribunal Federal (STF) seja autorizado a prosseguir com o julgamento.

Na prática, Temer não precisa de votos de nenhum deputado, mas a oposição fica obrigada a atingir votação de dois terços dos 513 deputados para retirá-lo do Planalto, ainda que temporariamente.

A votação é idêntica à do impeachment, com chamada nominal de cada um dos deputados. A segunda chamada dos faltosos não é obrigatória e as regras serão definidas pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Pelas contas de membros do alto escalão do governo, a base de apoio a Temer na Câmara gira em torno de 240 parlamentares e a oposição conta com pouco mais de 100. Com esses números, é bastante improvável que sejam atingidos os 342 votos necessários, apesar de todo o barulho da oposição.

“A chance da oposição ter os 342 votos para aprovar a denúncia é a mesma que o sargento Garcia tem de prender o Zorro”, disse o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), um dos principais aliados do Planalto.


Serviço ‘e-Sedex’ deixará de ser prestado por Correios na próxima segunda

Domingo 18 de Junho por Camila Matos, //Foto: Divulgação / Correios

O serviço de e-Sedex, prestado pelos Correios, vai acabar na próxima segunda-feira (19). A decisão foi anunciada na última quarta-feira (15). De acordo com os Correios o serviço, que é exclusivo para comércio eletrônico e opera com prazos de entrega expresso, seria cancelado no inicio do ano. A decisão, no entanto, foi embargada por uma liminar obtida pela Associação Brasileira de Franquias Postais (Abrapost), que foi revogada nesta semana. Como o conselho da empresa já havia aprovado a decisão no fim de 2016, o serviço deixará de ser oferecido na segunda e os contratantes terão que utilizar Sedex tradicional ou PAC. Os acordos atuais não serão renovados e não valem mais. De acordo com informações da Exame, a decisão deve afetar os consumidores, tendo em vista que 30% do faturamento das lojas franqueadas advém do e-Sedex. O custo extra deverá ser repassado diretamente aos consumidores.


Bahia leva 4×2 do Palmeiras e perde invencibilidade dentro de casa

Domingo 18 de Junho por Camila Matos//Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Com 10 pontos, o Tricolor caiu para a 11ª posição na tabela do Brasileirão e ainda pode descer mais uma casa, ao final da 8ª rodada do torneio

O Bahia perdeu a invencibilidade dentro de casa após ser derrotado pelo Palmeiras por 4 a 2, neste domingo (18), na Arena Fonte Nova. Com 10 pontos na bagagem, o Tricolor caiu para a 11ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro e ainda pode descer mais uma casa ao final da 8ª rodada do torneio.

Primeiro tempo – Logo no início do jogo, que começou quente, os visitantes começaram com mais posse de bola. Aos 2 minutos, o atacante Keno foi derrubado pelo zagueiro Tiago próximo à grande área tricolor. O lateral Egídio cobrou a falta, mas Jean estava esperto e afastou o perigo. Três minutos depois foi a vez do Esquadrão. Pela direita, Renê Júnior invadiu a área do Verdão e bateu em direção à meta. O goleiro Fernando Prass conseguiu defender a bola venenosa, que sobrou para Edigar Junio. O atacante chutou para o gol, mas o arqueiro da equipe paulista conseguiu nova defesa.

Aos 15, pênalti para o Palmeiras. O meia Alejandro Guerra lançou para Keno, que caiu após disputa com Rodrigo Becão. O árbitro viu falta do zagueiro na jogada e marcou a penalidade. Róger Guedes cobrou bem e deixou o seu: 1 a 0 para o Verdão. Aos 19, o Tricolor chegou a balançar as redes dos adversários, mas o assistente Bruno Boschillia anulou bem, já que Tiago, que tocou na bola, estava impedido no lance.

Aos 27, o atacante Keno tomou o primeiro cartão amarelo do confronto. O jogador palmeirense derrubou Mendoza no meio-campo e recebeu a advertência. Aos 37, Juninho recebeu de Mendoza e chutou de fora da área. Sem grandes esforços, Prass conseguiu encaixar.Continuar Lendo (mais…)


Em meio a crise política, presidente do Senado goza de luxo em Portugal

Domingo 18 de Junho por Camila Matos//Foto: Reprodução/ Instagram

Eunício Oliveira (PMDB-CE) foi flagrado no restaurante mais caro de Lisboa, no Hotel Four Seasons, ao lado da esposa, Mônica Paes de Andrade Oliveira

Em meio à crise política que acomete o país, sobretudo o seu colega de partido, o presidente Michel Temer (PMDB-SP), o comandante do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), foi flagrado neste domingo (18) no restaurante mais caro de Lisboa.

Ao lado da esposa, Mônica Paes de Andrade Oliveira, ele almoçou no luxuoso hotel Four Seasons de Lisboa. De acordo com o jornal Estado de São Paulo, outros brasileiros presentes ao local evitaram cumprimentar o parlamentar.O peemedebista também é alvo de inquérito da Operação Lava Jato, após ser identificado nas listas de propina da Odebrecht com o apelido “Índio”.


Vaticano avalia excomungar mafiosos e corruptos

Domingo 18 de Junho por Camila Matos//Foto: Evilásio Júnior/ Arquivo Pessoal

A pena é a mais severa para a religião e trata-se de um fato histórico, uma vez que equipara as duas classes criminosas

O Vaticano avalia estabelecer uma medida para excomungar todos os seus membros mafiosos e corruptos, de qualquer país, informou a imprensa italiana neste domingo (18), após o fim de uma reunião internacional sobre o tema na sede da Igreja Católica.

A pena é a mais severa para a religião e trata-se de um fato histórico, uma vez que equipara as duas classes criminosas. Em julho de 2014, o papa Francisco já tinha excomungado a Ndrangheta, grupo que controla o crime organizado na região da Calábria, no sul da Bota.

A punição também foi aplicada a mafiosos da Sicília, mas a Santa Sé ainda não possui um documento jurídico de valor universal para oficializá-la.


NÃO CABE À OAB “COMENTAR RITOS” DE PEDIDOS DE IMPEACHMENT, DIZ MAIA

Sábado, 17 de Junho, por Camila Matos //Foto:Agencia Câmara

PRESIDENTE DA OAB DISSE QUE MAIA PRECISA DECIDIR COM URGÊNCIA SOBRE PEDIDOS

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rebateu neste sábado as declarações do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, de que é preciso “pautar com urgência a análise dos pedidos de impeachment” contra o presidente Michel Temer. Para Maia, não cabe à OAB “comentar ritos do processo legislativo”.

“Não me cabe comentar as resoluções do Conselho Federal da OAB, não sou comentarista de agenda de advogados”, ironizou. “Como também não creio que caiba ao presidente da OAB comentar ritos e procedimentos do processo legislativo”, disse.

As declarações de Maia foram uma resposta ao comunicado divulgado mais cedo pela OAB sobre a entrevista concedida pelo empresário Joesley Batista, da JBS, à Revista Época. Diante das acusações feitas por Joesley na entrevista, Lamachia afirmou que a Câmara “não pode continuar agindo com cinismo, como se nada estivesse acontecendo no país”.

“O presidente da Câmara deve satisfação à população e, por isso, precisa pautar com urgência a análise dos pedidos de impeachment”, argumentou o presidente da OAB em nota. A OAB protocolou um pedido de afastamento do peemedebista na Câmara em 25 de maio. A entidade máxima da advocacia atribui a Temer crime de responsabilidade, em violação ao artigo 85 da Constituição no episódio JBS. No total, já são 20 pedidos de impedimento contra o presidente da República.

Na entrevista, Joesley afirmou que o presidente Michel Temer é chefe de organização criminosa. “O Temer é o chefe da Orcrim (organização criminosa) da Câmara. Temer, Eduardo (Cunha, deputado cassado), Geddel (Vieira Lima, ex-ministro da Secretaria de Governo do governo Temer), Henrique (Eduardo Alves ex-ministro do Turismo no governo Temer), (Eliseu) Padilha (atual ministro da Casa Civil) e Moreira (Franco, atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência). É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto. Essa turma é muita perigosa”, afirmou Joesley.


Imbassahy é o ministro que mais se aproximou de Temer na crise

Por  Julliana Ribeiro Fotos: Agência Brasil

Nos últimos dias, foi revelado, por meio dos próprios tucanos, que o PSDB se prepara para abandonar o presidente, tragado pelas explosivas acusações do empresário Joesley Barista, dono da JBS, de que o peemedebista atuou para obstruir a Lava Jato incentivando a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
O partido, considerado hoje a mais importante base de apoio do governo do peemedebista, avalia que é “insustentável” caminhar ao lado de Temer caso as declarações sejam confirmadas. O PSDB mantém hoje quatro ministérios no governo Temer: Secretaria de Governo (Antônio Imbassahy), Relações Exteriores (Aloysio Nunes), Cidades (Bruno Araújo) e Direitos Humanos (Luislinda Valois).
Responsável pela articulação direta entre o Palácio e o Congresso, Imbassahy representa ainda uma certa resistência dentro do tucanato. Ele defende que, em nome da estabilidade, o partido tenha mais cautela. Imbassahy tem passado esta quinta-feira ao lado de Temer em busca de uma solução para a crise. Os demais auxiliares do presidente da República dentro do PSDB, porém, não devem seguir a orientação de Imbassahy e preparam uma saída em conjunto.